Guia completo sobre o consórcio de veículos pesados

Guia completo sobre o consórcio de veículos pesados

O consórcio é a melhor forma de investir em bens de alto valor. Por muitas décadas, a categoria ficou conhecida por permitir que milhões de brasileiros realizassem o sonho de comprar o primeiro carro.

Com o passar dos anos, porém, a categoria se consolidou em nossa economia: a partir do momento que passou a ser regulada pelo Banco Central do Brasil (Bacen), não demorou para que as administradoras ampliassem seu portfólio de ofertas.

Foi assim que surgiu o consórcio de imóveis, serviços e, também, de veículos pesados.

Da mesma forma que funciona para a compra de um carro, com o consórcio você pode investir em veículos que cumprem funções específicas, seja para o carregamento de cargas pesadas, para ajudar com o trabalho ou até mesmo para aumentar a capacidade produtiva de sua empresa.

Assim como as pessoas físicas contam com a facilidade do consórcio para realizarem seus sonhos, as pessoas jurídicas têm muito a se beneficiar com a modalidade. É possível renovar frotas inteiras com a modalidade, ou até mesmo comprar uma das muitas opções de veículos pesados.  

Mas, o que realmente queremos dizer quando mencionamos veículos pesados? Vamos explicar a seguir.

O que é possível comprar com consórcio de pesados

Com o consórcio de pesados, você pode investir em veículos maiores, seja para transporte de carga, transporte de pessoas ou para realizar tarefas específicas - como o maquinário agrícola, por exemplo.

Ele funciona da mesma maneira que o consórcio de modalidades mais conhecidas, como automóvel e imóvel.

Confira o que é possível comprar com esse tipo de consórcio.

Caminhões

Embora a pandemia tenha agravado bastante a economia do país, o setor de caminhões apresentou um sólido crescimento nesse período. De acordo com dados da  Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), entre 2020 e 2021 estava “faltando caminhão no mercado” para a demanda tão crescente: somente em maio de 2020 houve um crescimento de mais de 140% na compra comparado ao mês anterior. Em maio de 2021, esse índice cresceu ainda mais, representando um aumento de mais de 15% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Portanto, ao possibilitar a compra de caminhões por meio do consórcio, mais pessoas podem ter a oportunidade de investir em um modelo que realmente atenda às suas necessidades.

Com o consórcio de pesados, é possível comprar caminhões de diferentes tamanhos: seja somente a carroceria, por exemplo, ou um modelo pronto para ir para a estrada. É você que define o veículo que deseja comprar ao utilizar a carta de crédito. E, como o consórcio não cobra entrada ou juros, você tem flexibilidade para investir no modelo que realmente precisa.

Carretas

Assim como acontece com os caminhões, é possível utilizar a carta de crédito para a compra de uma carreta com o consórcio de veículos pesados.

Porém, é preciso tomar alguns cuidados antes de comprar uma carreta: observe bem qual tipo de carreta você precisa, observando tração, peso máximo de carga que pode suportar, entre outras características.

Com a carta de crédito, você pode investir na carreta que precisa para transportar cargas pesadas pelas estradas de todo o Brasil.

Ônibus

Se você precisa de um ônibus para trabalhar, ou pretende até mesmo construir uma frota de ônibus para a sua empresa, pode contar com o consórcio de veículos pesados para essa finalidade.

Verifique o valor (ou os valores) e prossiga com a simulação, para determinar o melhor valor de compra para o seu próximo ônibus.

Vans e micro-ônibus

Da mesma forma que é possível comprar caminhões e carretas, com a carta de um veículo pesado você pode investir em vans e micro-ônibus para diversas finalidades: seja para trabalhar com transporte escolar, para montar uma empresa de turismo que realiza pequenas viagens, entre muitos outros casos.

O valor da carta de crédito pode ser utilizado para a compra de uma unidade ou de uma frota completa - para isso, claro, é preciso conversar com a administradora com antecedência (iremos explicar ainda neste artigo como você pode comprar uma frota de veículos).

Máquinas agrícolas

Quem trabalha no mercado agrícola lida o tempo inteiro com a necessidade de comprar e trocar maquinários específicos. Com o consórcio de pesados, é possível comprar novos veículos desse tipo com toda a flexibilidade da categoria.

Agora que você já conhece todas as suas opções com o consórcio de pesados, vamos explicar como funciona o consórcio, para que você tire todas as suas dúvidas e possa iniciar, o quanto antes, a aquisição do seu próximo bem.

Como funciona o consórcio

O consórcio é a melhor forma de investir em um bem de alto valor. Primeiramente, você precisa selecionar a categoria do bem que deseja comprar para, então, determinar o valor que irá pagar por ele e a quantidade de mensalidades.

Trata-se de uma modalidade de autofinanciamento, porque cada pessoa que investe em um bem se organiza para pagar pelo que realmente deseja. Diferentemente do financiamento, por exemplo, em que você tem acesso ao bem ao ser aprovado pela instituição financeira, com o consórcio você precisa participar das assembleias para ser contemplado.

Com o consórcio, porém, você paga por um valor mais justo pelo bem, afinal, a modalidade não tem juros e nem precisa de valor de entrada.  

Peguemos o consórcio de veículos pesados como exemplo. Caso você queira comprar pelo financiamento, muito provavelmente terá que passar por uma longa etapa de aprovação por parte da instituição financeira.  

Para viabilizar a aprovação, a instituição exige um valor de entrada, que geralmente corresponde a 20% do valor total do bem. Se aprovado, o valor restante é financiado, com um percentual de juros que tende a aumentar com a quantidade de parcelas. Por exemplo, se você investir em um caminhão em 60 mensalidades, no fim das contas pagará por um valor a prazo que pode custar quase o dobro de seu valor a prazo, fazendo com que o veículo seja ainda mais afetado pela desvalorização.

Com o consórcio, por outro lado, você investe o valor de mensalidade que determinar, para a carta de crédito que escolher. E, quando você for contemplado, poderá usar o valor com poder de compra à vista, o que, além de dar uma ótima margem de negociação, evita que o bem seja desvalorizado no processo de compra.

Você não paga juros com o consórcio. Os únicos valores cobrados são de taxa de administração, que remunera as empresas de consórcio por todos os serviços prestados, como formação dos grupos, organização das assembleias, entrega das cartas de crédito, entre outros; e de fundo de reserva, que evita que a inadimplência de alguns integrantes comprometa o fundo comum.

O fundo comum viabiliza as cartas de crédito nas assembleias, que são realizadas mensalmente. Portanto, ao pagar pelas mensalidades, você contribui para que todos os integrantes do sistema de consórcio possam ser contemplados.

Mas, como realmente funciona o sistema? Como fazer para investir em um veículo pesado por meio do consórcio? Vamos mostrar o passo a passo a seguir.

Simulação de consórcio

O primeiro passo para fazer um consórcio é realizar a simulação. A primeira coisa antes disso é selecionar uma administradora que tenha autorização do Banco Central do Brasil (Bacen), responsável por regular o setor, para operar. A Embracon, por exemplo, é considerada uma das melhores administradoras independentes e já ajudou milhões de brasileiros a realizarem seus sonhos por meio do consórcio.

Para fazer a simulação, escolha a categoria de veículos pesados e selecione o valor ideal para a compra de uma das opções dentro dos valores estipulados pela administradora. Caso o valor seja insuficiente para a compra do veículo, é possível investir em mais de um consórcio.

Você pode simular o valor para compra e quantidade de parcelas quantas vezes quiser. Depois disso, basta inserir seus dados pessoais, para que um especialista de consórcio entre em contato e possa prosseguir com os detalhes do contrato, direitos e deveres de um consorciado e tirar todas as suas dúvidas para que você tenha uma boa experiência em sua compra.

Após assinar o contrato, a administradora tem até 90 dias para fazer a inserção em um grupo de consórcio, que reúne outros consorciados com interesses parecidos com o seu.  

Participação nos grupos

A partir do momento que você se torna um consorciado, a administradora precisa incluí-lo em um grupo.

Um grupo é composto de dezenas ou até centenas de consorciados que têm interesses parecidos. Dentro dos grupos, todos precisam contribuir com as mensalidades, que vão formar o valor do fundo comum, responsável pelas contemplações das cartas de crédito.

É com a contribuição de cada consorciado que o fundo comum possui os recursos necessários para a entrega das cartas de crédito. Por isso que, quando um consorciado deixa de pagar a mensalidade, fica impedido de participar das assembleias. Afinal, não é justo com os demais pagantes que um inadimplente tenha as mesmas chances de ser contemplado com a carta de crédito.

Os grupos são geridos por consorciados selecionados em assembleia e respondem pelos demais integrantes em assuntos mais complexos diante da administradora. Alguns grupos possuem regras específicas, sempre levando em consideração o fundo comum. Pode acontecer de, em alguns momentos, os grupos estimularem diversas formas de ofertas de lance, por exemplo, para gerar mais caixa para o fundo.  

Para evitar que o fundo comum seja afetado caso um ou mais integrantes deixem de pagar pelo consórcio, é cobrado o valor de fundo de reserva nas mensalidades - que não chega a 3% do valor da carta de crédito. Se todos os integrantes, ou a maioria deles, contribuir corretamente com as mensalidades, o valor do fundo de reserva é devolvido aos integrantes com o término do grupo.

Todos os meses, os administradores dos grupos são responsáveis por realizar as assembleias, momento em que acontecem as contemplações. É possível acessar o link das assembleias pela Área de Clientes e acompanhar as contemplações online (todos esses acessos são passados a partir do momento que você fecha o contrato).  

A seguir, vamos explicar quais são as formas de ser contemplado com a carta de crédito.

Formas de contemplação

Pelo consórcio, você pode ser contemplado de duas formas, que iremos detalhar a seguir. Esse formato é válido para todos os produtos de consórcio, incluindo veículos pesados.

Sorteio

Para realizar os sorteios, a Embracon utiliza o sistema da Loteria Federal.  

Os consorciados podem ser sorteados do primeiro mês de assembleia até o término do pagamento da cota. Nenhuma administradora pode garantir quando cada um será sorteado, afinal, trata-se de um sistema em que todos possuem as mesmas chances de serem contemplados.  

Mas, se quiser antecipar a contemplação da sua carta de crédito, você pode contar com a possibilidade de ofertar um lance, que iremos explicar em seguida.

Oferta de lance

Quem deseja ser contemplado com antecedência, pode contar com o lance. Mas, assim como acontece com o sorteio, a simples oferta de um lance não garante a contemplação do consorciado.

O lance funciona da seguinte forma: pela Área de Clientes, é possível fazer a oferta de um valor maior que você gostaria de dar pelo seu bem. O valor mínimo de lance é determinado pelas regras do grupo.

Todos os consorciados que realizam o pagamento das mensalidades podem fazer a sua proposta de lance. O valor deve ser registrado na Área de Clientes e só é debitado quando o lance vencedor é definido.

Portanto, se você ofertar um valor, e outro lance for vencedor, seu valor não chega a ser debitado e você pode tentar nos meses seguintes.

Pelo lance livre, que é a modalidade mais comum de lance, o maior valor ofertado define o vencedor. Porém, existem outras formas de fazer a tentativa de um lance, confira:

  • Lance livre: É o tipo mais conhecido de lance. Nele, o consorciado faz uma oferta dentro da Área de Clientes pelo bem que selecionou. Dessa forma, quanto maior for o valor que você ofertar, maiores são as chances de ser contemplado.
  • Lance fixo: Alguns grupos trabalham com a possibilidade de ofertar lance fixo. Funciona da seguinte maneira: a administradora determina um valor fechado, que corresponde a um percentual da carta de crédito. Se for determinado que este percentual seja de 30%, significa que os clientes que investem em uma carta de R$ 200 mil, por exemplo, têm que oferecer R$ 60 mil como lance. Como critério de desempate, a administradora pode utilizar o sorteio somente com os consorciados que ofertaram o lance.  
  • Lance embutido: Nessa modalidade de lance, o cliente pode utilizar parte da carta de crédito para oferecer como lance.  Por exemplo, se o cliente estiver investindo em uma carta de crédito de R$ 200 mil para consórcio de veículos pesados, pode tentar o lance embutido para dar R$ 50 mil como lance. Se for contemplado, ele sai com uma carta de crédito de R$ 150 mil.

Porém, cada grupo pode ter regras específicas e limitar alguns tipos de lance.

Cada consorciado pode tentar o lance quantas vezes quiser enquanto estiver pagando as mensalidades. Ao ser contemplado, o valor do lance é debitado pela administradora e quita as últimas mensalidades de seu consórcio. Portanto, além de aumentar as suas chances de ser contemplado, o lance faz com que você termine de pagar o seu consórcio de veículos pesados com antecedência.

Análise da administradora

Independente da forma que você tenha sido contemplado - seja por lance ou por sorteio - a próxima etapa é a análise de crédito pela administradora.

Nessa etapa, a administradora pede todas as documentações do contemplado, para verificar se está tudo correto. É neste momento, também, que ela consulta seus dados nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, para identificar se existe alguma pendência financeira em nome do consorciado. É importante estar com o nome limpo, senão você não tem sua carta de crédito liberada.

O processo de análise de crédito é mais criterioso porque a administradora precisa garantir que o contemplado tenha condições de continuar pagando pelo consórcio após receber a carta de crédito.  

Caso o consorciado seja reprovado neste momento, o valor de lance não chega a ser debitado. No caso de uma contemplação por sorteio, o consorciado acaba ‘perdendo a vez’, para que outro sorteado passe pelo mesmo processo. Se isso acontecer, não desanime. Tente entender quais foram os motivos que inviabilizaram a contemplação, para que fique tudo certinho da próxima vez que passar pela análise de crédito.

Além da verificação nos órgãos de proteção ao crédito e documentações, a administradora também analisa a renda do consorciado e o valor das mensalidades. Caso a parcela tenha um valor 30% superior aos rendimentos mensais, é solicitada a indicação de um devedor solidário, que é uma pessoa que irá compartilhar a responsabilidade da dívida com o consorciado.

O devedor solidário deve entregar as mesmas documentações e passar por todo o processo de análise de crédito. Portanto, seja transparente com a pessoa que indicar e mantenha-se comprometido com as mensalidades do consórcio, para evitar problemas posteriores.

Depois de passar pela análise de crédito, finalmente você tem direito de usar a sua carta de crédito para a compra do seu veículo.

Uso da carta de crédito

Com a análise de crédito aprovada, é hora de escolher o bem que deseja comprar com o valor da sua carta de crédito.

Quando você passa pelo processo de simulação, escolhe um valor que seja necessário para a compra do que deseja. Mas, dependendo da quantidade de mensalidades que foram pagas até a contemplação, pode acontecer de você ter um valor de carta maior do que originalmente contratado.

Isso acontece por conta das correções da carta de crédito que acontecem anualmente. Por exemplo, se você começou a pagar pelo consórcio de pesados em janeiro de 2021, quando chegar janeiro de 2022 a carta de crédito passará por uma correção por conta dos índices inflacionários.  

Dessa forma, o valor da sua carta não desvaloriza com o tempo. Com a correção, o valor da mensalidade é corrigido, e você pode pagar por um valor maior de mensalidade. Porém, essa alteração é em benefício da sua carta de crédito, não da administradora. Isso significa que, ao pagar a mais de mensalidade, você está investindo em um valor maior da sua carta de crédito, que não perde o seu poder de compra com o passar dos anos.

Por isso, ao ser contemplado, você pode contar com um valor maior - que pode ser utilizado para a compra do seu veículo.

Se o valor do veículo for menor que a sua carta de crédito, é possível utilizar até 10% da carta para despesas burocráticas, como idas ao cartório e transferência de propriedade, por exemplo. Mas, se quiser comprar um caminhão, van ou ônibus com valor superior à sua carta de crédito, sem problemas: a administradora libera o valor, e você negocia com o proprietário como pagar pelo valor restante.

É preciso indicar à administradora o proprietário ou concessionária em que irá comprar o seu veículo. Além de ficar responsável pela transferência do valor integral, a administradora segue com os trâmites para compartilhar a propriedade do veículo e deixar alienada em seu nome, até que o consorciado termine o pagamento total da sua cota.

A vantagem da carta de crédito é seu poder de compra à vista. Isso pode dar uma excelente margem de negociação na hora da compra, afinal, os vendedores dão preferência a esse tipo de pagamento e podem dar um bom desconto no valor final. Já pensou pagar 10% a menos em um veículo de R$ 200 mil? Com certeza se trata de uma ótima vantagem!

Ao ser contemplado com a carta de crédito, é você que define o melhor momento da compra. Se quiser deixar o dinheiro no fundo comum da administradora, sem problemas. Até o seu resgate, você pode ter juros a seu favor no valor final.  

Agora que você já sabe como funciona toda a mecânica para iniciar, pagar as mensalidades e ser contemplado com o consórcio, vamos mostrar quais são as vantagens dessa modalidade para a compra do seu caminhão, carreta, van ou ônibus.

Vantagens de fazer um consórcio para pesados

A seguir, vamos listar algumas vantagens de investir em um consórcio para a compra de seu próximo veículo.  

Economia a longo prazo

Com o consórcio, o valor a prazo sai bem mais em conta do que o valor de um financiamento, por exemplo, em que existem cobranças de juros que podem fazer com que o bem custe mais que o dobro de seu valor original.

Por ser uma espécie de autofinanciamento, com o consórcio você investe em um bem de alto valor aos poucos, sem ter que se preocupar com valor de entrada ou pagamento de juros. Só é preciso pagar uma taxa de administração. E, caso o dinheiro do fundo de reserva não seja utilizado para repor valores de inadimplentes, este valor é devolvido ao encerramento do grupo.

Dessa forma, você tem uma economia considerável a longo prazo na compra do bem que deseja.

Melhor forma de planejar a compra de um bem

Se você não tem pressa de ter o seu veículo, o consórcio é a melhor solução de compra para você.

Ao pagar as mensalidades e participar dos sorteios, você conta com a isonomia de um sistema transparente e que não exige demais do seu orçamento. Aproveite a flexibilidade do consórcio para ter tempo de pesquisar e identificar o que realmente deseja comprar.

Não é preciso usar toda a carta de crédito

Com o consórcio, você não precisa se preocupar com o valor da carta de crédito. Afinal, caso o valor da carta seja maior que o bem que deseja comprar, é possível utilizar até 10% para despesas relacionadas ao veículo ou até mesmo quitar as últimas parcelas da sua cota.

E, se o valor for insuficiente, também não tem problemas: você pode completar a transação com os seus próprios recursos, tendo como benefício o fato de que a carta de crédito tem poder de compra à vista.

Portanto, não limite o seu sonho ao valor da carta de crédito. Pesquise bem o que deseja comprar e use o tempo a seu favor para a melhor negociação possível.

Você define o valor da carta de crédito

O consórcio é uma forma bem flexível de possibilitar a compra de um bem - principalmente bens de alto valor, como veículos pesados, que precisam de um longo planejamento.

Com o consórcio, é você que define o valor necessário para a compra do bem que deseja. Para definir o valor que realmente necessita, o ideal é fazer uma pesquisa inicial, para ter uma ideia do quanto realmente precisa para a compra.

Não é preciso se preocupar em definir o valor exato de compra. O consórcio é bem flexível, tanto que dificilmente você conseguirá definir um valor de carta de crédito que seja exatamente igual ao bem que deseja comprar.

Sem falar que, com as correções que acontecem anualmente na sua carta de crédito, o valor final pode ter um acréscimo quando você for contemplado.

Portanto, aproveite a flexibilidade para definir um valor de carta que esteja condizente com os seus objetivos.

Você define o valor da mensalidade

Pela simulação de consórcio, é você que define o valor ideal para a sua mensalidade.

O ideal é que o valor da parcela não pese demais em seu orçamento. Além de evitar a inadimplência, você consegue se organizar para ter uma vida financeira mais saudável. Vale lembrar que, anualmente, as mensalidades passam por correções: caso tenha selecionado um valor de mensalidade muito alto, por exemplo, por fim você terá que comprometer demais seu orçamento para pagar a sua cota, e pode acabar tendo uma experiência ruim.

Aproveite para selecionar um valor de mensalidade que seja tranquilo para pagamento.  

Para evitar qualquer tipo de inadimplência, as administradoras só permitem que o valor da mensalidade chegue a, no máximo, 30% dos seus rendimentos mensais. Portanto, converse com todos os integrantes da família e veja como encaixar as mensalidades do seu consórcio de veículos pesados no seu orçamento.

Você pode ser contemplado com o lance  

A melhor forma de se ter uma boa experiência com o consórcio é pagar pela cota e guardar um dinheiro para tentar o lance.

Assim, você não fica dependente dos sorteios e pode tentar a contemplação com o valor do seu lance.

Uma boa dica é criar uma poupança à parte, para guardar um percentual de seus rendimentos mensais e juntar para o lance.

Nos primeiros meses de grupo, muitas pessoas tentam o lance, tornando-o mais competitivo. Observe quais são os valores ofertados e identifique os melhores momentos para fazer a sua proposta.

Para fazer a sua oferta é bem simples: basta entrar na Área de Clientes e inserir o valor que deseja dar de lance. Você pode tentar o lance quantas vezes quiser, até que seja contemplado. Portanto, caso outro consorciado seja contemplado quando efetivar sua tentativa, não desista. Aproveite para juntar um valor ainda maior, para aumentar as suas chances de ser contemplado pelo consórcio.  

É você que define o bem que vai comprar

Com o consórcio, você tem acesso ao valor da carta de crédito, que pode ser utilizado da forma que você desejar.

Não é preciso ter pressa para escolher o bem que deseja comprar. Somente ao ser contemplado você precisará indicar o proprietário ou concessionária responsável pelo bem, para que ela faça a transferência da carta de crédito e possibilite a compra à vista.

É nesse momento que você pode escolher o bem que deseja comprar. Use o tempo a seu favor para pesquisar a melhor oferta possível e conte com o consórcio: caso não saiba de imediato o bem que irá comprar, você pode manter o seu dinheiro no fundo comum do grupo e, assim, ter um juros positivo a seu favor a cada mês.

É possível investir em mais de uma cota

Caso você queira investir em um veículo pesado que tenha um valor superior ao limite da carta de crédito, você pode investir em mais de uma cota de consórcio.

Digamos que você queira uma carta de crédito de R$ 400 mil para a compra de uma carreta, por exemplo. Para isso, você pode investir em duas cotas de R$ 200 mil cada, que podem ser parte de um mesmo grupo de consórcio.

Para isso, converse com o especialista de consórcio antes de fechar o contrato. Vale lembrar que a soma das mensalidades das duas cotas não pode ultrapassar 30% dos seus rendimentos mensais. Caso precise de um valor ainda maior para a compra do seu bem, é possível investir em três, quatro, enfim, quantas cotas forem necessárias. Para isso, você pode utilizar o CNPJ da sua empresa para a compra de veículos.

Melhor forma de investir em uma frota de veículos

É comum que empresas de médio e grande porte tenham interesse em comprar ou até trocar a frota inteira de caminhões ou ônibus. Com o consórcio, isso também é possível.

Para esse tipo de compra, é possível entrar em contato com a administradora e solicitar o interesse em investir em uma frota. Dependendo da quantidade de veículos que deseja comprar, é possível que o interessado tenha que acompanhar mais de um grupo. Afinal, uma pessoa física ou jurídica só pode ser detentora de 10% do volume total de cartas de crédito de um grupo.

Mesmo assim, vale a pena ter o consórcio como aliado na hora de trocar ou investir em uma frota inteira de veículos pesados, seja ônibus, vans ou caminhões. Com a oferta de lance, você tem poder de compra à vista em todas as transações, o que representa uma vantagem para quem precisa usar o tempo a seu favor na hora de realizar compras de bens de alto valor.

Faça agora o seu consórcio de veículos pesados

Deu pra perceber que, com toda essa flexibilidade, o consórcio se destaca como a melhor forma de investir em seu novo veículo pesado.

Você tem a liberdade de determinar o valor da carta de crédito e a quantidade de mensalidades que deseja pagar - dentro das limitações do produto, é claro.

Antes mesmo de fechar o contrato de consórcio, um especialista tira todas as dúvidas e explica como funciona a categoria, para que você não tenha surpresas negativas.

Ao entrar em um grupo, você pode ser contemplado por meio do sorteio ou com a oferta de um lance, que quita as últimas mensalidades da sua cota, caso o seu valor seja selecionado.  

Mesmo se não for contemplado, mas quiser quitar as mensalidades do consórcio, também é possível. Assim, você termina de pagar a sua cota com antecedência.

Ao ser contemplado, caso tenha mensalidades para pagar, seu bem fica alienado à administradora até a quitação total. Dessa forma, a administradora protege os grupos, que contam com as mensalidades para manter o fundo comum com os recursos necessários para as contemplações de todos os integrantes.

Dessa forma, você paga por um valor a prazo mais justo pelo seu veículo, conta com a flexibilidade de alterar o valor da carta de crédito, se necessário, e pode planejar para a realização do seu sonho ao tentar um lance.

Portanto, invista desde já no seu sonho. Faça uma simulação de consórcio de veículos pesados e conte com a Embracon, que possui mais de 30 anos de experiência como administradora.

Simulação
chat Eva