Dando um lance: como se planejar e como funciona

Dando um lance: como se planejar e como funciona

Na maioria dos casos, quando uma pessoa procura pelo consórcio, uma das primeiras coisas que está interessada a saber é quando será contemplado com o seu bem. E, naturalmente, ela acaba se deparando com a possibilidade de lance.

Antes de explicarmos como funciona esse tipo de modalidade, que é bem complexa e, dependendo do contexto, envolve muitas variáveis, vale a pena entender o que é e como funciona o consórcio.

Diferente de qualquer outra modalidade, o consórcio é uma forma planejada de investir em um bem de alto valor, como automóveis, imóveis ou diferentes tipos de serviços. Você não sai com o bem na hora, porque se trata de um modelo de autofinanciamento: é preciso se organizar com o pagamento das mensalidades e participar dos grupos, para que seja contemplado por meio dos sorteios ou pela oferta dos lances.

Para começar a fazer um consórcio é muito simples: a primeira etapa consiste na simulação de um bem. Digamos que você queira comprar um apartamento por meio do consórcio, por exemplo. Neste caso, é preciso ter uma ideia do valor do bem que deseja comprar, para selecionar como carta de crédito.  

Em sua pesquisa, você identificou que precisaria de R$ 400 mil para a compra do apê dos seus sonhos. A próxima etapa é utilizar este valor como carta de crédito e simular a quantidade de parcelas em que deseja realizar o pagamento. Para a compra de imóveis por meio do consórcio, você pode dividir em até 240 mensalidades.

O consórcio não realiza nenhuma cobrança de juros. Portanto, logo na simulação você já tem uma ideia do quanto teria que pagar pela mensalidade. Como o simulador é uma ferramenta bem dinâmica, você determina o valor que pagaria por mês antes de avançar para a etapa de análise de contrato.

O bom é que, já com o simulador, você consegue identificar o valor da mensalidade com o acréscimo das taxas de consórcio, como a taxa de administração, que remunera a empresa de consórcio pela formação dos grupos, realização dos sorteios e entrega das cartas de crédito; e fundo de reserva, que garante que a inadimplência de alguns integrantes não comprometa o valor do fundo comum, que é utilizado para as contemplações. A soma das taxas não ultrapassa 20% do valor total do bem - um valor bem inferior aos juros do financiamento que, em alguns casos, podem fazer com que um bem custe o dobro de seu valor original.

A partir do momento que você fecha o contrato com uma administradora de consórcio, a empresa tem até 90 dias para inseri-lo em um grupo, que reúne outros consorciados que têm interesses parecidos com o seu.

A partir desse momento, é preciso manter seu compromisso com o pagamento das mensalidades, para que possa participar dos sorteios que são realizados nas assembleias e, claro, poder propor o seu lance - que iremos explicar como funciona a seguir.

O que é o lance?

Quando você entra em um consórcio, está investindo em um bem de alto valor aos poucos. Por ser um tipo de autofinanciamento, não existe cobrança de juros ou exigência de valor de entrada. Aliás, é você quem define o valor da mensalidade, sempre de acordo com o seu orçamento. Para garantir segurança ao modelo, as administradoras só permitem que o valor da mensalidade atinja, no máximo, 30% dos seus rendimentos mensais.  

É essencial manter a saúde financeira do grupo, afinal, o investimento de cada um é extremamente importante para manter o fundo comum, responsável pelas contemplações.

Para garantir que o fundo comum aumente seus recursos com mais rapidez, as administradoras contam com a oferta de lances, que nada mais é que a quitação parcial de uma quantidade considerável de parcelas.

A melhor forma de explicar como funciona o lance é trazendo exemplos práticos.

Ainda utilizando como exemplo o consórcio de imóveis de R$ 400 mil. Digamos que, após 3 anos se comprometendo com as suas parcelas, você queira tentar o lance, com o objetivo de ser contemplado com antecedência. Você simulou o pagamento em um total de 10 anos, ou seja, 120 meses, e já quitou o equivalente a R$ 150 mil até o momento.  

Nesse caso, o valor restante, ou seja, R$ 250 mil, pode estar passível para o lance. Caso tenha à disposição este valor total, pode fazer a quitação total com o seu lance, que dará acesso direto à carta. Porém, o lance também pode ser utilizado para quitar um percentual significativo da sua cota.  

Digamos que você tenha R$ 150 mil para ofertar como lance, o que ajudaria a quitar um bom percentual da sua cota. Se o seu valor for o maior dos ofertados em determinada assembleia, você é contemplado. Com isso, as últimas mensalidades da sua cota são quitadas, sempre partindo da última para a mais recente. Por isso mesmo, o lance é tido como uma excelente oportunidade de antecipar a sua cota porque, no fim, você fica comprometido por menos tempo com o pagamento das parcelas.

Porém, se outro consorciado fizer uma oferta mais atrativa para a administradora, sem problemas; o seu valor não será debitado, e você pode tentar o lance em outras oportunidades, com o objetivo de ser contemplado com antecedência.

Se o seu lance for o escolhido, você passa por uma etapa de análise de crédito, até chegar o momento de ter acesso à sua carta. Vamos explicar os detalhes de como funciona essa etapa.

Fui contemplado por lance, e agora?

Seja por lance ou por sorteio, sempre que um consorciado é contemplado, precisa passar por uma nova análise de crédito por parte da administradora.

Essa etapa é crucial, porque permite à administradora entender se o contemplado terá condições de continuar se comprometendo com as parcelas mesmo após ter recebido sua carta de crédito.

Para isso, basta seguir as diretrizes da administradora: mantenha seus dados atualizados, entregue as documentações financeiras e não se esqueça de ficar com sua situação regularizada nos órgãos de proteção ao crédito. Embora seja possível começar a pagar o consórcio com o nome sujo, nessa etapa é imprescindível que sua situação esteja regularizada, para que a administradora tenha certeza de estar diante de um bom pagador antes de entregar a carta de crédito.

Ao receber a aprovação da administradora, o próximo passo é receber a sua carta de crédito. A carta é o valor integral do valor simulado lá no comecinho - com a vantagem de ter juros positivos a seu favor, além de conter os reajustes que acontecem nas mensalidades anualmente, por conta das correções da inflação.

Portanto, é comum você se deparar com um valor maior de carta de crédito do que o originalmente contratado.

A grande vantagem é que a carta de crédito possui poder de compra à vista. Por exemplo, ao ser contemplado com a carta de imóveis de R$ 400 mil, você pode utilizar o valor integral para a compra da sua casa ou apartamento dos sonhos. Ao negociar diretamente com o proprietário, você pode obter um bom desconto: já pensou conseguir de 5% a 10% em uma transação dessas? Trata-se de uma economia pra lá de significativa!

Além disso, você pode utilizar até 10% do valor da sua carta de crédito para despesas com transferência de propriedade, idas ao cartório, entre outras burocracias. Por isso mesmo, não se preocupe em utilizar o valor inteiro para a compra do bem - você pode adiantar o pagamento de alguns documentos importantes, e acelerar a conquista do seu sonho.

Caso o valor da sua carta de crédito seja insuficiente para a compra do bem, você pode ter acesso ao valor do mesmo jeito. Neste caso, basta negociar diretamente com o proprietário, para pagar o restante de outra forma, com os seus próprios recursos.

O valor integral da carta de crédito não é debitado na conta do consorciado. É preciso indicar à administradora o proprietário, seguindo as indicações recomendadas. Com o aceite de ambas as partes, o valor é repassado diretamente para o dono, e você tem acesso ao bem que investiu por tanto tempo.

Em que momentos você pode ofertar o seu lance?

A oferta de um lance é uma das principais vantagens do consórcio, porque você não precisa ter o valor total para realizar a sua oferta e possui a flexibilidade de montar sua oferta quando bem entender.

Por isso mesmo, a partir do momento em que você entra em um grupo de consórcio, já pode trabalhar com o seu lance. De fato, muitos consorciados já entram com o objetivo de, em algum momento, fazer a sua oferta.

Nos primeiros meses, é comum que a oferta de lance seja mais competitiva. Afinal, muitos consorciados já vêm com a proposta de serem contemplados com antecedência. Vale a pena observar os valores ofertados, para tentar no mês em que for melhor para você.

É importante lembrar que o mínimo a ser ofertado como lance é 10% do total da sua carta. No exemplo da carta de imóveis de R$ 400 mil, o mínimo para um lance seria R$ 40 mil - ainda assim, sem a certeza da contemplação.

Aliás, nenhuma administradora pode prometer quando o consorciado será contemplado durante o pagamento da cota. Isso pode acontecer tanto nos primeiros meses, quanto na última mensalidade. Mesmo ao tentar o lance, não existe garantia de que o seu valor será o contemplado, uma vez que a administradora leva em consideração as ofertas de outros consorciados em uma assembleia.

Conheça os tipos de lance

Bom, agora que você conhece o funcionamento de um lance, vamos apresentar todos os tipos existentes na Embracon.  

Para fazer a sua oferta, é necessário entrar na Área de Clientes e inserir o valor que deseja ofertar como lance. Por lá, você verá que é mais fácil determinar uma quantidade de parcelas para essa finalidade. Quanto mais parcelas você quitar com o lance, maiores serão as suas chances de ser contemplado.

Confira a seguir todos os tipos de lance da Embracon.

Lance livre

É a modalidade mais comum e utilizada pelos consorciados. Você faz o registro do valor antes da assembleia; se o valor que você ofertar for o maior, você é contemplado.

Essa modalidade está disponível em todos os grupos. Para fazer a oferta, porém, é preciso considerar pelo menos 10% do total da carta de crédito.

Lance fixo

Nessa modalidade, o consorciado tem condições de prefixar um percentual para o valor do lance. Pode ser 25% ou 50% do total da carta de crédito, dependendo das regras do seu grupo de consorciados.

Nem todos os grupos dão essa possibilidade. Com o lance fixo, acontece o seguinte: a administradora lista todos os consorciados interessados nesse tipo de lance e realiza um sorteio somente entre eles, para definir o vencedor.  

A mecânica do sorteio entre os que ofertam o lance fixo é a mesma do sorteio tradicional: a Embracon, no caso, utiliza a numeração da Loteria Federal, relacionando-a com a numeração da cota dos interessados.  

Lance embutido

Dentro da modalidade de lance fixo, você pode utilizar a própria carta de crédito como oferta de lance. Trata-se do lance embutido.

Se estiver investindo em uma carta de consórcio imobiliário de R$ 300 mil, por exemplo, pode descontar 25% desse montante para fazer a oferta de um lance. Ao ser contemplado dessa forma, você recebe uma carta de crédito de R$ 225 mil - e o valor de R$ 75 mil, utilizado como lance, ajuda a pagar as mensalidades restantes do consórcio.

É uma ótima oportunidade para quem está descapitalizado ou quer abrir mão de parte da sua cota para ser contemplado mais rápido. Porém, é preciso observar as regras do grupo, para ver se existe essa possibilidade.

Lance quitação

Como o próprio nome diz, você pode usar o lance como forma de quitar de vez as mensalidades restantes e já ter o bem em mãos.  

A grande vantagem desse tipo de lance é que você já paga de uma vez o seu consórcio. Porém, é preciso observar as regras do grupo, para saber quando é válido aplicar esse tipo de lance. O bom é que, ao ser efetivado, você já sai com a carta e termina de pagar de vez por sua cota.

Lance com FGTS

Essa opção é exclusiva para quem investe em consórcio imobiliário. Você pode utilizar os recursos do FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço) com o objetivo de fazer a oferta de um lance para a conquista da sua casa ou apartamento.

É importante lembrar que a Caixa só libera os recursos do FGTS para essa finalidade quando se trata do primeiro imóvel em seu nome.

Para prosseguir com o lance por FGTS, é necessário fazer a proposta dentro da Área de Clientes com o valor dos recursos que você gostaria de ceder para o lance. É necessário solicitar o extrato do seu FGTS e coletar a assinatura do gerente, para oficializar sua oferta. Converse com o gerente antes da proposta, para se certificar de que poderá utilizar o valor para essa finalidade.

Caso você seja contemplado, a administradora dá toda a orientação para que você possa sacar o dinheiro e utilizá-lo com a finalidade de ofertar o lance para o consórcio imobiliário. É uma excelente alternativa para quem possui um bom dinheiro guardado em seu fundo de garantia e queira acelerar a contemplação do seu sonhado imóvel.

Lance Troca de Chaves

Essa modalidade é específica para troca de veículos. Se você tem interesse em fazer um consórcio de automóveis para a compra de um novo ou seminovo, também pode utilizar o seu veículo usado como oferta de lance.  

O Troca de chaves é uma baita vantagem. Basicamente, você deve avaliar seu parceiro de estrada em qualquer concessionária, ou loja da sua escolha.

O valor dessa avaliação é que você irá utilizar como lance no dia da assembleia. E precisa também garantir que a concessionária, ou a loja, onde quer comprar o carro novo, fique com seu carro, como parte do pagamento, e dar o seu lance.

Esse valor da avaliação, dado no lance, será abatido do crédito que a Embracon irá pagar para a concessionária, ou para a loja, em que você escolheu trocar seu carro.

Dicas para você planejar o seu lance

Agora que você conhece todas as modalidades de lance e sabe muito bem como ele funciona, vamos dar algumas dicas para que você consiga se planejar para a oferta de lance.

Mantenha seus dados atualizados

É sempre importante manter suas informações pessoais atualizadas dentro da Área de Clientes, para que não tenha nenhum tipo de problema na hora de comprovar as documentações na etapa de análise de crédito.  

Pague as mensalidades na data

Para que o consórcio funcione da melhor forma possível, é necessário que todos contribuam com as mensalidades. Portanto, se organize para não atrasar nenhuma parcela e, assim, conseguir participar das assembleias, onde acontecem os sorteios e são efetivadas as propostas de lance.

Vale lembrar que os inadimplentes não podem participar das assembleias. Caso esteja com mensalidades atrasadas, resolva sua pendência com a administradora.

Juntar dinheiro enquanto paga o consórcio

Enquanto realiza o pagamento das mensalidades, você pode formar uma poupança à parte exclusivamente com a intenção de ofertar o seu lance. A vantagem de fazer isso é que suas chances de ser contemplado com antecedência aumentam.  

Acompanhe as ofertas que são feitas mensalmente e defina um objetivo para determinar como lance. Você pode enviar a sua proposta pela Área de Clientes quantas vezes quiser; caso outro seja contemplado, aproveite para aumentar a sua oferta nos meses seguintes e, assim, ter um valor mais competitivo para os lances.

Esteja com o nome limpo

Embora seja possível iniciar o pagamento de uma cota mesmo com o nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito, é necessário resolver a sua situação na etapa de contemplação.  

A administradora só libera o valor da carta de crédito para os consorciados que estejam com o nome limpo e consigam comprovar sua renda sem nenhum tipo de pendência. Organize-se para estar com sua situação devidamente regularizada, para não ter a experiência frustrante de ter sua carta recusada após a proposta do lance.

Atenção às comprovações do consórcio

Na etapa de análise de crédito, a administradora pede uma série de documentos, para comprovar que você se manterá comprometido com as parcelas restantes mesmo após receber a carta de crédito e ter acesso ao bem.

Entregue todos os documentos solicitados e, se necessário, indique um devedor solidário, que irá compartilhar o restante da dívida.  

Com o lance, você pode antecipar a aquisição do seu bem e, ainda por cima, terminar de pagar mais rapidamente pela sua cota de consórcio. Quanto mais você se organizar, maiores serão as suas chances de contemplação.

Faça uma simulação desde já do seu consórcio e invista o quanto antes na realização do seu sonho.
Simulação Consórcio
chat Eva