Quer trocar de carro? Veja como o consórcio pode te ajudar

 Quer trocar de carro? Veja como o consórcio pode te ajudar

Depois de muitos passeios e viagens, a alta quilometragem do veículo costuma vir acompanhada de alguns problemas. Por mais que você cuide bem do seu carro, quanto mais velho ele fica, aumentam as chances de visitas indesejáveis ao mecânico.

Antes que isso possa acontecer, vale a pena trocar de carro.

Entretanto, não se trata de uma decisão fácil. A compra de um novo veículo exige planejamento: é preciso entender o quanto você pode pagar a mais por um novo carro – seja um seminovo ou zero km – e, principalmente, de que forma investir.

Felizmente, o consórcio pode ser um aliado importante para que você possa trocar seu carro. Confira a seguir.

Consórcio para trocar de carro

Você sabia que é possível usar o seu carro usado como lance para a aquisição de um novo automóvel – seja ele um seminovo (de até 3 anos) ou um zero km? Para isso, é preciso selecionar normalmente uma carta de crédito de automóvel no momento da simulação.

O valor total da carta equivale ao preço do carro que você deseja obter.

Após passar pela etapa de comprovações, você entra em um grupo com outros consorciados. Todos os meses são realizadas assembleias, que fazem o sorteio do bem.

Antes da assembleia, é possível registrar o valor de lance, que funciona da seguinte forma: primeiramente, você entra na área logada e registra um valor simbólico que desejaria pagar, para ser contemplado na próxima assembleia.

Se o valor que você ofertar for o maior, a administradora faz a cobrança deste valor, que abate as parcelas restantes.

Como usar o lance para trocar de carro

É exatamente na hora da oferta do lance que você pode utilizar o seu carro usado. Para isso, procure uma concessionária antes mesmo de ofertar o lance. A loja fará uma avaliação do veículo – são observados detalhes como pintura, acabamento, ano, modelo, entre outras informações – para chegar ao valor final. Cada concessionária tem suas próprias regras e especificidades. Portanto, tenha paciência e realize a venda para quem valorizar mais o seu automóvel.

Se o consumidor estiver de acordo, pode vender o carro para a concessionária e utilizar o valor como lance para trocar de carro.

Mas, se mesmo assim o seu valor de lance for insuficiente, fique tranquilo. Você pode juntar mais dinheiro com o passar dos meses e continuar ofertando os lances nos meses seguintes.

Lembrando que, para ser contemplado, é preciso estar com a situação regularizada nos órgãos de proteção de crédito (ou seja, não pode estar com o “nome sujo”) e entregar as documentações exigidas pela administradora.

Após essa etapa, o valor do seu antigo carro será utilizado para quitar parte (ou o total) das parcelas restantes do consórcio.

Essa é a forma mais econômica de garantir a troca do seu carro. Afinal, no consórcio não existe a cobrança de juros ou de entrada. O consumidor paga apenas uma taxa de administração e de fundo de reserva para a empresa. É uma opção que compensa muito mais que o financiamento!

Faça uma simulação e invista no sonho de trocar de carro por um novo na garagem!

Consórcio de Automóveis

Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.

chat Eva