Afinal, o que uma administradora de consórcio faz?

Afinal, o que uma administradora de consórcio faz?

Consórcio diz respeito a uma reunião de pessoas físicas ou jurídicas em grupo, com número de cotas e prazo de duração previamente determinados, promovida por uma administradora. O objetivo é garantir que seus participantes adquiram bens ou serviços por meio de autofinanciamento e de forma isonômica.

A administradora de consórcio é a pessoa jurídica que vai prestar os serviços focado na administração dos grupos. Escolher a melhor administradora de consórcio entre as várias opções disponíveis no mercado é fundamental para fazer um negócio que proporcione vantagens para o investidor.

Diante disso, falaremos sobre as funções da administradora de consórcio durante o período de pagamento e apresentaremos algumas dicas para que você possa escolher a melhor. Continue acompanhando e confira.

Consórcio: como funciona?

O consórcio funciona como uma reunião de pessoas que busca cofinanciar determinados bens, na proporção de uma unidade para cada integrante.

Esse agrupamento é feito por uma administradora que gera os recursos arrecadados e prepara assembleias periódicas para o sorteio das cartas de crédito e para prestação de contas.

Para que você compreenda melhor, eis como funciona a contemplação: vamos supor que você aderiu a um consórcio de automóveis e que a carta de crédito é de R$ 40 mil, sendo que as mensalidades precisam ser pagas em até 100 meses.

Então, no valor da sua parcela, vai constar uma taxa de administração, que é destinada à empresa de consórcio. A cada mês, nas assembleias, o consorciado pode ofertar lances para ser contemplado mais rápido e, assim, receber o seu crédito.

Quais suas vantagens?

Confira as principais vantagens do consórcio.

Redução da carga tributária

A única taxa extra que deve ser paga é para a manutenção do consórcio. Comparada aos juros praticados pelos bancos e ao IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), trata-se de um valor significativamente menor.

Ou seja, o valor pago, no final do parcelamento, será essencialmente o que está preestabelecido no contrato.

Flexibilidade

Esse é um tipo de investimento que permite que o prazo de pagamento seja adequado à realidade de cada consorciado.

Sendo assim, detalhes podem ser alinhados conforme a necessidade e o desejo do investidor, como o valor a ser recebido no final, a duração do contrato e se haverá reajustes referentes à inflação.

Poder de compra à vista

Um dos benefícios do consórcio é que, embora o produto seja parcelado, o pagamento do bem vai ser à vista.

E como isso é possível? É simples: quando chegar a vez de você ser contemplado, a carta de crédito será entregue com o valor integral contratado.

Planejamento da compra

O consumidor pode se programar para quitar a aquisição do bem com parcelas livres de juros.

Ou seja, é possível ter uma noção melhor de quando o bem vai poder ser comprado, favorecendo o planejamento a médio e longo prazo.

Poder de antecipar a compra

Caso sobre dinheiro no seu orçamento durante o consórcio, é possível adiantar a sua contemplação.

Além dos sorteios, as reuniões também possibilitam que o integrante oferte lances para tentar receber a carta antecipadamente. Essas ofertas precisam ser maiores do que as mensalidades e menores ou iguais ao abatimento do valor total.

Versatilidade do uso do crédito

Assim que o consorciado recebe o crédito, ele não é obrigado a usá-lo para comprar o produto do consórcio e, sim, um da mesma categoria.

Por exemplo, em um consórcio de automóveis, além de poder adquirir um carro de qualquer marca, é possível ainda usar o crédito para comprar qualquer outro veículo, como máquinas agrícolas, embarcações e até aeronaves. Afinal, todos pertencem à mesma classe.

Menos burocracia

O consórcio é também uma linha de crédito. Isso significa que é preciso cumprir determinados pré-requisitos básicos. Na contemplação, é preciso comprovar renda e apresentar alguns documentos. No entanto, a burocracia aqui é menor da praticada em um financiamento tradicional.

Isso ocorre porque o comportamento do integrante no grupo de consórcio durante o tempo que antecede o recebimento da carta de crédito e o valor amortizado também contam como análise de crédito.

Onde a administradora entra no negócio?

Consórcio é moderno porque tem tudo a ver com colaborativismo. Porém, é claro, é preciso ter uma empresa para administrar tudo isso, caso contrário, os riscos seriam imensos.

O papel da administradora, portanto, é garantir a saúde do grupo.

Por exemplo: se alguém deixa de pagar as parcelas, a administradora colocará outro consorciado no lugar. Além disso, ela garante as atualizações e rendimentos das cotas por meio de fundos rentáveis. A pergunta que muitos podem se fazer é se seria possível fazer um consórcio sem uma administradora.

Historicamente, existem consórcios entre amigos ou família, sem a participação de uma administradora. Mas, obviamente, são grupos informais e arriscados. Ainda que não tenha tirado o crédito, quando alguém deixa de pagar a contribuição mensal, afeta profundamente ao grupo.

Consórcios devem ser feitos com uma administradora. Além disso, é importante consultar o site do Banco Central para saber mais informações sobre a empresa.

Como escolher a empresa ideal?

Antes de fechar um negócio, é imprescindível buscar o máximo de informações confiáveis sobre as empresas da área.

Para tanto, o ideal é considerar aspectos como histórico da companhia, tempo de fundação, canais de atendimento que ela disponibiliza, número de consorciados ativos, entre outros.

Outra dica relevante é consultar sites como o Reclame Aqui, pois nele você encontra informações sobre a satisfação dos clientes, bem como a maneira com que a administradora de consórcio se relaciona com essas pessoas — prazos, assistências e taxas de resposta. Seguindo essas dicas, certamente você vai escolher a melhor.

Quer uma dica de empresa confiável e responsável para que você possa investir em um consórcio? Então, aproveite para ler este texto “Por que você deve escolher o consórcio Embracon?” e saiba mais!

Leia também:

• Tire todas as dúvidas sobre documentação em consórcio

• Fraude em consórcio? Aprenda a não cair em golpes

Imagem Consorcio Embracon CTA
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva