Consórcio: a melhor aplicação para o seu dinheiro

Consórcio: a melhor aplicação para o seu dinheiro

Aplicar o dinheiro hoje em dia se tornou muito fácil. Com todas as formas de investimento disponíveis, às vezes fica até difícil saber qual a melhor aplicação.  

Fizemos este artigo para falar especialmente do consórcio, uma das melhores aplicações que existem atualmente. Tire suas dúvidas sobre a modalidade e veja porque é a melhor aplicação para você que deseja crescer patrimonialmente.

Atualmente, o consórcio é uma boa solução para quem deseja adquirir bens como veículos ou imóveis. Na verdade, por meio de um plano de consórcio, você pode até comprar viagens.  

Além disso, o consórcio também pode ser considerado um investimento financeiro. Como entender o modo de operação do consórcio como melhor aplicação? Vamos entender como funciona o consórcio.

Funcionamento do consórcio

Podemos definir um consórcio como uma forma de aquisição colaborativa que conecta as pessoas que sonham em realizar seus sonhos.  

No início da década de 1960, com a instalação da indústria automobilística em território nacional e pela falta de crédito ao consumidor, surgiu o primeiro consórcio - criação de bancários para agregar valor suficiente à compra de veículos por todos que participassem da arrecadação. Atualmente, esse modelo já apareceu em outros países da América do Sul, como Venezuela, Colômbia, Uruguai, Chile, Paraguai, Peru e Argentina.

Para que funcione, deve haver uma administradora, pois é ela quem vai formar um grupo de pessoas com os mesmos interesses. Os consórcios são diversos, como imobiliários, automotivos, veículos pesados ​​e máquinas agrícolas. Também é possível fazer consórcio para custear viagens, cirurgia plástica, graduação e pós-graduação, sabia?  

As opções são muitas, desde que haja um grupo de interessados. Lembre-se de que o Banco Central é uma instituição que supervisiona as administradoras de consórcio, e tem plena autoridade para regulamentar e fiscalizar as empresas nesta região, a fim de salvaguardar os interesses dos membros do consórcio.

Todos os contratos entre administradores e participantes de consórcios são regidos pela Lei 11.795 / 2008, que garante a segurança necessária na realização de operações envolvendo mercadorias de alto valor. Portanto, antes de obter as ações, você deve verificar se a empresa com a qual vai formar o consórcio está realmente homologada pelo Banco Central, certo?

Como entrar em um consórcio?

Para entrar em um consórcio é basicamente o seguinte:

Escolha da administradora

A administradora do consórcio é a principal organização neste tipo de negócio. Seu impacto nos resultados é tão grande que uma escolha errada pode custar meses (ou até anos) do investimento dos seus sonhos.  

Em nossos posts sempre alertamos: ao ingressar no consórcio, primeiramente analise a reputação da administradora! Contanto que você saiba o que está contratando e quem é a outra parte, não correrá riscos. Seu papel é tão importante que o Banco Central - responsável pela supervisão das atividades do país - é quem decide quais empresas podem ou não operar. Ele avalia isso com base em um conjunto de requisitos.

Adesão ao plano

Ao entrar em contato com a administradora, você pode escolher o plano de consórcio que melhor atende aos seus objetivos e necessidades. A duração do contrato, o valor da carta de crédito e o número de prestações são determinados neste momento.

As parcelas

O parcelamento deve ser efetuado de acordo com a forma acordada em contrato. As partes contratantes devem estar atentas às variações do valor das parcelas - possibilidade está estipulada em contrato, geralmente em função da valorização da mercadoria no mercado.  

Lembrando também que o pagamento em dia é um dos requisitos para poder usufruir dos benefícios do consórcio, principalmente para participar dos sorteios.

As assembleias

A primeira reunião somente será realizada após a administradora ter reunido o mínimo de membros. Após a primeira reunião, será realizada uma reunião mensal. Existem duas formas de contemplação no consórcio: sorteio ou lance. Vale ressaltar que todos os integrantes do grupo receberão a carta de crédito até o final do contrato.

Aquisição

Com uma carta de crédito, os participantes do consórcio podem escolher os bens que desejam comprar em sua categoria de grupo. O crédito equivale a dinheiro, portanto o beneficiário tem maior poder de barganha no momento da compra. Ou seja, ele comprará a mercadoria a preço total e continuará parcelando.

Final do plano

Quando o integrante acabou com suas obrigações e direitos relacionados ao grupo, afinal, ele recebeu a carta de crédito e pagou todas as parcelas.

O consórcio possui taxas?

Ao contrário das principais formas de compra, o consórcio não cobra juros sobre o valor dos ativos exigidos. Essa característica é um dos principais fatores que têm promovido a popularização desses serviços nos últimos anos e o tem tornado a melhor aplicação. No entanto, a composição das parcelas pagas pelos membros do consórcio inclui alguns custos. Quer saber o que são? Veja a seguir.

Taxa de administração

Por trás do plano de consórcio está sempre uma empresa responsável pela sua gestão, cuja apropriação passa por encontrar gerenciar o negócio, formar grupos com participantes com os mesmos objetivos, realizar reuniões e definir as regras e padrões de funcionamento do grupo.  

Uma taxa de administração é projetada para compensar a administradora pela prestação de serviços.  

Fundo comum

O fundo comum inclui recursos que serão usados ​​para comprar bens ou serviços elegíveis para os participantes. Portanto, ele é usado para formar o caixa do grupo.  

Fundo de reserva

O objetivo do fundo de reserva é garantir o funcionamento normal do grupo. Para que a administradora não fique vulnerável diante de um volume de inadimplentes em um grupo, é realizada a cobrança do fundo de reserva.

Vale lembrar que caso o fundo disponha de recursos no final do grupo, o valor será devolvido aos associados na proporção.

Seguro

O seguro de consórcio é um serviço que garante a segurança do consorciado.  

O seguro de consórcio tem como objetivo apoiar os membros do consórcio e suas famílias em um evento que impeça a continuidade dos pagamentos mensais.

O que considerar antes de firmar um consórcio?

Antes de optar pelo consórcio como melhor aplicação, é importante ter as seguintes informações.

Formas de contemplação

A contemplação é o direito que o consorciado tem de utilizar o crédito que pertence, o qual pode ser utilizado para uma aquisição de bens. Existem duas formas de contemplação no consórcio: sorteio e lance, ambas na assembleia, de acordo com as regras estipuladas no contrato e na disponibilidade de caixa do grupo.

Sorteios

Esse tipo de contemplação reflete a natureza do consórcio, porque todos os membros ativos do consórcio competem em condições iguais.  

Durante a assembleia, não importa quantas parcelas tenham sido pagas, um ou mais consorciados do grupo serão sorteados para receber sua carta de crédito no valor do plano que aderiram.  

Portanto, o sorteio define uma ordem de obtenção da carta de crédito, pois todos os participantes do grupo receberão suas recompensas ao final do programa.

Lances

O lance é um valor que você pode ofertar para aumentar suas chances de contemplação. Ele só é pago caso a contemplação seja confirmada. Pode também ser utilizado para diminuir o número de parcelas ou diluir o valor das parcelas restantes.

O lance não interfere na participação do consorciado no sorteio das assembleias.

Tipos de consórcio

Com a popularidade deste modelo de compras, surgiram diferentes tipos de consórcios. Conheça os principais a partir de agora.

Consórcio de veículos

Você pode comprar com segurança um carro novo ou usado sem pagar juros, usufruir de um plano de até 100 meses e formar um consórcio a um preço muito favorável.  

Comprar ou trocar veículos dessa forma é um método inteligente de investimento para garantir a compra de produtos. Basta escolher a parcela e o limite de crédito que deseja pagar, que pode ser contemplado por sorteio ou por meio de lance mensal.

Consórcio de veículos pesados

Com este consórcio, é possível adquirir ou atualizar sua frota de ônibus, caminhões, máquinas agrícolas, rodoviárias e tratores. Isso é realizado conforme planejado e requer muitos meses de tempo de pagamento.  

É fácil, não é? Se você deseja dar o próximo passo em seu negócio, expandir sua frota existente ou comprar uma nova é a melhor aplicação.  

Consórcio de imóveis

Os consórcios imobiliários são uma das principais modalidades de aquisição de imóveis do mercado. A partir daí, você pode obter o crédito necessário para adquirir o imóvel, parcelar e fazer um plano que cabe no seu bolso.

Hoje, o consórcio imobiliário é uma das formas mais seguras para quem deseja atingir grandes objetivos, como a compra de casa própria. Esse tipo de aquisição reúne vantagens importantes, como flexibilidade e economia.

Consórcio de serviços

Você já ouviu falar na categoria de consórcio de serviços? Com ele, você pode investir em experiências diferentes, contando com toda a tradição de uma das modalidades mais procuradas para quem quer investir em bens de alto valor.

Você pode aumentar seu patrimônio com o consórcio

Essa é mais um dos motivos pelos quais o consórcio é a melhor aplicação. Consórcio é uma ótima maneira de aumentar o patrimônio.

Por meio do consórcio, você pode comprar propriedades novas ou usadas e o pagamento é feito em um método de parcelamento regular e sem juros. Além disso, você ainda pode alugar o imóvel e usar o valor do aluguel para pagar as demais parcelas.  

Outra vantagem é comprar seu imóvel em um local que valoriza, como em uma nova comunidade, apartamento, etc. Novos lugares tendem a se valorizar em alguns meses, você pode aproveitar maior lucratividade em seu investimento.

Está convencido de que o consórcio é a melhor aplicação? Faça sua simulação com o consórcio Embracon e realize seus sonhos hoje mesmo.

Simulação
chat Eva