Saiba como fazer um consórcio de casas

Saiba como fazer um consórcio de casas

O consórcio de casas nada mais é do que a compra de imóveis em conjunto. Em outras palavras, um grupo de pessoas se reúne para o mesmo benefício, por exemplo, para comprar uma casa ou apartamento, a fim de levantar uma certa quantia de dinheiro durante um período de tempo.

Se comparada com o financiamento tradicional, esta pode ser uma possibilidade mais favorável, pois um dos principais benefícios dos consórcios de casas é a possibilidade de pagar mensalidades sem cobrança de juros.

Isso significa que o parcelamento inclui apenas algumas taxas, como a taxa de administração, que geralmente são inferiores às taxas de juros de outros métodos de compra. Isso torna o consórcio uma excelente opção de investimento de longo prazo.

Porém, por mais vantagens que esse tipo de compra ofereça, é importante saber escolher uma administradora de confiança. Além disso, é importante verificar as taxas cobradas, o que deve ser feito durante a consideração e outras informações.

Tudo isso permite que a experiência de realizar o sonho da casa própria aconteça sem frustrações e perdas.

Por isso, separamos aqui todas as informações que você precisa saber sobre o consórcio de casas.

Como funciona o consórcio de casas

Normalmente, quando uma pessoa deseja comprar um bem de alto custo, como um carro ou um imóvel, mas não tem o valor total necessário para comprar, o consórcio pode ser a saída. Essa é a situação de muita gente, não é?

Quando isso acontecer, você pode optar por buscar consórcios de casas, se o seu sonho for comprar um imóvel. É uma forma de compra, na qual as pessoas dispõem quantias iguais todos os meses até atingirem o valor necessário para adquirir a mercadoria.  

Até o final do consórcio, todos os participantes receberão o valor necessário para adquirir seu imóvel a cada mês. Aqui, é importante ressaltar que todos os consorciados competirão em igualdade de condições em todos os sorteios.

Para decidir quem recebe a carta de crédito naquele momento, os membros do grupo realizam um sorteio, e a responsabilidade de organizar e administrar o grupo é da administradora do consórcio.

Também é possível para os membros do consórcio apresentarem propostas de lances para antecipar a consideração e obter as cartas de crédito mais rapidamente. Além disso, você também pode utilizar o FGTS (Fundo Garantidor de Prazos de Serviço) para dar lance, por exemplo.

Benefícios do consórcio de casas

Sem taxa de juros

O consórcio de casas não tem juros. Esse é um dos principais motivos pelos quais vale a pena investir nesse tipo de modalidade, pois você pode evitar os juros altíssimos cobrados por outras opções do mercado.

A única despesa que o consórcio de casas precisa é a taxa de administração, que é totalmente diluída no parcelamento ao longo do período de pagamento e é bem inferior às taxas bancárias, como já citamos acima.

Com isso, ao colocá-lo na ponta de um lápis, o custo final será bem menor, assim como o valor das parcelas mensais, o que torna o método de compra cada vez mais popular entre os compradores.

Sem entrada  

Ao contrário dos empréstimos, em um consórcio de casas, todo o valor selecionado pelos participantes será parcelado integralmente. Ou seja, não há necessidade de pagar o percentual de adiantamento.

Essa pode ser uma boa escolha para pessoas que não têm dinheiro suficiente para pagar a entrada ou desejam usar os fundos ​​para pagamento em dinheiro para outros fins (como reforma, compra de móveis ou despesas de transferência).

Autonomia para usar a carta contemplada

Após obter a carta de crédito e considerar a adesão ao consórcio, fica livre para utilizar o valor da forma que desejar, desde que atenda à categoria escolhida no início do consórcio.

O que é preciso ressaltar aqui é que os consórcios imobiliários podem ser utilizados para a obtenção de bens comerciais ou residenciais, antigos ou novos, e também de terrenos.

O valor obtido no consórcio imobiliário também pode ser utilizado para quitar o financiamento imobiliário.

Como entrar para  um consórcio de casas

Para se inscrever em um consórcio de casas, você precisa encontrar uma administradora confiável. Afinal, ela é quem une as pessoas como você e as gerenciam. Quando atinge o número mínimo de participantes, o processo é iniciado.

Aqui, é importante enfatizar dois pontos aos quais você deve prestar atenção: não se esqueça de verificar se a administradora selecionada está autorizada a operar pelo Banco Central.  

Esta é uma forma de prevenir fraudes e evitar perdas de dinheiro. Além disso, leia atentamente todos os termos do contrato antes de assiná-lo. Desta forma, você pode evitar surpresas desagradáveis ​​em termos de valor da carta de crédito, o prazo do grupo e outras regras relacionadas a contraprestação, retirada, licitação, taxas de administração, etc.

Quer realizar o sonho da casa própria? Não perca tempo, faça sua simulação com a Embracon e invista em um consórcio de casas.

Simulação do Consórcio
chat Eva