O que é e como funciona a carta de crédito?

O que é e como funciona a carta de crédito?

Sempre que se menciona o consórcio, já imaginamos o dia da contemplação do bem. Afinal, você investe por muitos meses, até anos, para a compra do bem que tanto sonhou. 

Isso porque o consórcio é a melhor forma de comprar parcelado por um bem de alto valor. Diferentemente do financiamento, por exemplo, em que a instituição financeira facilita a compra à vista do bem e parcela o valor, com acréscimo de juros e exigência de entrada, o consórcio é uma forma menos burocrática e facilita o pagamento de um valor mais justo pelo bem.

Apesar de sempre se ter algo material como finalidade - como a compra de um carro, uma casa, moto ou até mesmo um tipo de serviço - a base do consórcio é a carta de crédito.

Você sabe como funciona este instrumento tão importante para o consórcio? Então fique atento que vamos explicar tudo relacionado à carta de crédito.

O que é a carta de crédito?

Quando você decide realizar uma compra por meio do consórcio, precisa escolher o bem e o valor a que ele equivale.

Vamos utilizar a compra de um carro popular zero km como exemplo. Digamos que este seja seu objetivo ao contratar o consórcio de automóveis. Só que, diferente da compra à vista, financiamento ou qualquer outro tipo de pagamento, pelo consórcio você não precisa escolher de antemão o modelo que deseja comprar.

Na verdade, basta saber o valor que você precisaria para a compra do carro para começar a pagar o consórcio. E vale o mesmo para as demais categorias do consórcio também.

Mas, como isso funciona na prática?

Ao considerar o consórcio para a compra do seu bem, a primeira etapa é passar pela simulação. Por meio do simulador, você precisa inserir o valor que deseja para a compra do seu bem. Justamente este valor corresponde à carta de crédito, que é o valor que você teria que pagar para adquirir o que realmente deseja.

No exemplo do carro popular, você poderia considerar um valor de R$ 40 mil, que é a média da categoria. Você pode inserir este valor como carta de crédito e, em seguida, selecionar a quantidade de parcelas que deseja para identificar o valor das mensalidades do seu consórcio.

Em resumo, a carta de crédito é o valor pelo qual você investe no consórcio. 

Pelo simulador, você já faz a divisão da carta pela quantidade de parcelas e já tem o retorno de quanto deveria pagar mensalmente, considerando as taxas relativas ao consórcio: a taxa de administração, que serve para remunerar a empresa pelos serviços realizados, como criação dos grupos, realização dos sorteios e entrega das cartas de crédito; e o fundo de reserva, que garante que o fundo comum sempre esteja disponível para a entrega das cartas. 

A soma dos valores não ultrapassa 20% do total do bem. Por isso mesmo, o consórcio é tido como uma modalidade em que você paga por um valor mais justo pelo bem que deseja comprar.

A seguir, vamos explicar como a carta de crédito pode facilitar a sua vida.

Vantagens da carta de crédito

Quando se tem um valor como a carta de crédito, fica mais fácil se organizar para a compra de um determinado bem. 

Você não precisa saber com antecedência o que realmente precisa comprar. Afinal, enquanto realiza o pagamento da sua cota, tem uma boa margem para pesquisar e identificar as melhores oportunidades de compra.

Essa flexibilidade ajuda muito na hora de começar a pagar pelo consórcio. Você pode definir um teto de valor para a sua compra e ir se organizando para adquirir o seu bem.

Todos os anos, o consórcio faz um reajuste no valor das mensalidades. O objetivo dessa medida é impedir que a diminuição do poder de compra, que acontece por conta da inflação, não prejudique o poder de compra do consorciado.

Afinal, quando você determina um valor de R$ 40 mil para a compra do carro popular, por exemplo, as correções na moeda podem fazer com que, para realizar esta compra, você tenha que gastar mais. 

Por conta disso, o reajuste é passado para o consorciado nas mensalidades a cada aniversário anual da cota. Pode acontecer de pagar um pouco a mais pela mensalidade. Por outro lado, você terá acesso a um valor superior de carta de crédito, que dará as condições necessárias para que você feche a compra do bem que realmente deseja.

Uma das maiores vantagens da carta de crédito é seu poder de compra à vista. Isso dá uma boa margem de negociação na hora da compra. Portanto, negocie com o vendedor ou a empresa responsável para conseguir um desconto. Afinal, você já vai quitar o bem na hora da compra, enquanto permanece com a dívida com a administradora após a contemplação.

A carta de crédito é uma forma bastante flexível para a compra do seu bem. Se o valor do bem for maior que a carta, é possível completar com os seus próprios recursos. Mas, se o saldo da carta for maior que o bem, é possível utilizar até 10% do valor integral para gastos com cartório, transferência de propriedade, entre outras burocracias.

Como faço para ter acesso à carta de crédito?

A única forma de ter acesso à sua carta é por meio da contemplação.

A contemplação é o momento em que você finalmente pode utilizar o valor correspondente ao bem que investiu por meio do consórcio. 

É possível ser contemplado de duas formas:

Sorteios mensais

Os sorteios mensais são realizados pelos grupos nas assembleias. Para participar, é preciso estar com o pagamento do consórcio em dia. 

Para realizar o processo de modo igualitário, a administradora Embracon usa como parâmetro a numeração da Loteria Federal.

Lance

O lance é um valor a mais que o consorciado pode oferecer nos sorteios mensais, com o objetivo de antecipar a sua contemplação

Geralmente, corresponde ao lance uma quantidade de parcelas a serem pagas. Em sua atribuição mais clássica, o maior valor de lance vale a contemplação. Porém, existem diversas formas de fazer a oferta de um lance. Confira a seguir.

Lance livre

É o tipo mais conhecido de lance, em que o maior valor (ou o valor que contribui para quitação do maior percentual de cota) oferecido é o contemplado. Nele, o consorciado faz uma oferta dentro da Área de Clientes pelo bem que selecionou. 

Este valor deve ser de, no mínimo, 10% do total da carta de crédito. Por exemplo: se o cliente estiver investindo em uma carta de automóveis de R$ 40 mil, precisa ter pelo menos R$ 4 mil de lance. Se este valor for o maior da assembleia em que ele ofertou, ele é contemplado.

Lance fixo

Alguns grupos trabalham com a possibilidade de ofertar lance fixo, em que a administradora determina um valor fechado que corresponde a um percentual da carta de crédito. 

Se for determinado que este percentual seja de 30%, significa que os clientes que investem em uma carta de consórcio de imóveis de R$ 200 mil, por exemplo, têm que oferecer R$ 60 mil como lance.

Como critério de desempate, a administradora realiza o sorteio somente com os consorciados que ofertaram o lance fixo. 

Lance embutido

Nessa modalidade, o cliente pode utilizar parte da carta de crédito para oferecer como lance.

Na Embracon, este percentual é de 25%. Por exemplo, se o cliente estiver investindo em uma carta de crédito de R$ 300 mil para consórcio de imóveis, pode tentar o lance embutido para dar R$ 75 mil como lance. Se for contemplado, ele sai com uma carta de crédito de R$ 225 mil.

Essa possibilidade ajuda consorciados que querem ter acesso mais rápido à carta de crédito, mas não têm recursos para ofertar o lance. 

Para ter acesso ao lance embutido, porém, é preciso consultar as regras do grupo.

Lance com FGTS

Exclusivo para a categoria de consórcio de imóveis, essa opção permite o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para tentar o lance em seu imóvel. É preciso solicitar o extrato da sua conta na Caixa, coletar a assinatura do gerente e fazer a proposta na Área de Clientes. Se você for o contemplado, basta seguir a orientação da administradora para sacar o valor e ter acesso à carta de crédito com antecedência.

Lance Troca de Chaves

Esta opção é especialmente para quem procura fazer a troca do seu carro para a compra de um novo com o consórcio de automóveis. Nessa modalidade, a administradora faz uma avaliação do seu usado (para isso, é cobrada uma taxa a cada tentativa). Caso concorde com a avaliação, você pode utilizar o valor como lance, o que pode aumentar bastante as chances de contemplação.

Como utilizar a carta de crédito

Agora que você sabe todos os detalhes de como funciona a carta de crédito e em quais momentos têm acesso a ela, vamos mostrar o que você pode adquirir com cada modalidade de consórcio ao ser contemplado.

Consórcio de automóveis

Com a carta de automóveis, você pode:

Para o consórcio de automóveis, você conta com cartas que vão de R$ 30 mil a R$ 100 mil, que podem ser divididos em até 100 meses.

Consórcio de moto

Assim como o consórcio de automóveis, você pode utilizar a sua carta de crédito para:

Para o consórcio de moto, os valores de carta de crédito são inferiores: você conta com cartas que vão de R$ 11 mil a R$ 20 mil, que podem ser divididos entre 36 e 70 meses.

Consórcio de imóveis

Há uma gama de opções para investir por meio do consórcio de imóveis. Confira as opções:

  • Comprar uma casa: é possível realizar o sonho da casa própria por meio do consórcio comprando uma casa já construída, prontinha para morar;
  • Comprar um apartamento decorado: se você prefere morar em apartamento, também pode usar a carta de crédito para comprar o que tem mais a ver com você e sua família;
  • Comprar um apartamento na planta: é possível economizar até 30% do valor original do apartamento ao comprar na planta. Fique atento às oportunidades;
  • Comprar um terreno: você pode construir a sua casa ou até mesmo um empreendimento para diversas finalidades: aluguel, moradia, para montar seu negócio, enfim, você decide;
  • Comprar um empreendimento: caso se depare com um ponto que valha a pena comprar, aproveite as facilidades do consórcio imobiliário para isso.

A categoria de imóveis é a que oferece o maior valor de carta de crédito. Para o consórcio de imóveis, você conta com cartas que vão de R$ 80 mil a R$ 500 mil, que podem ser divididos e até 240 meses.

Consórcio de veículos pesados

Recentemente, a Embracon passou a incluir em seu portfólio principal a aquisição de veículos pesados, como:

  • Máquinas agrícolas: voltado para empreendedores do agronegócio que querem veículos melhores para suas plantações, para trabalhar melhor o solo, entre outras finalidades;
  • Caminhões: uma boa opção para quem deseja trocar de caminhão ou até mesmo comprar uma frota inteira para entregar com cargas maiores;
  • Ônibus: ideal para quem precisa de um ônibus ou uma frota para a sua empresa.

Para o consórcio de veículos pesados, você conta com cartas que vão de R$ 110 mil a R$ 220 mil, que podem ser divididos entre 36 e 100 meses.

Consórcio de serviços

Além de bens materiais, é possível adquirir diversos tipos de serviços com esta cota. Confira as possibilidades:

  • Viagem: para organizar uma viagem internacional ou nacional com os amigos, sozinho ou com toda a família. Você pode investir em pacotes de viagem que incluem hospedagem, passeios, alimentação etc;
  • Estudos: ótima opção para investir em cursos de idiomas, faculdade, especialização ou até mesmo uma pós-graduação fora do Brasil com a sua carta de crédito;
  • Reforma: para pilotar toda a decoração da sua casa, apartamento ou escritório: pintura, revestimento, criação de um novo cômodo ou até mesmo piscina e churrasqueira, para deixar seu ambiente preferido ainda mais agradável;
  • Festa: para primeiro aniversário dos filhos, festa de debutante, bar mitzvá e até mesmo casamento;
  • Cirurgias: para realização de cirurgias plásticas, estéticas ou até mesmo intervenções cirúrgicas importantes.

Uma das grandes vantagens do consórcio de serviços é que você só precisa escolher o que realmente deseja adquirir quando for contemplado. As cartas vão de R$ 15 mil a R$ 30 mil, que podem ser parceladas entre 20 e 30 mensalidades.

O que você precisa saber sobre a carta de crédito?

A seguir, vamos tirar algumas dúvidas da carta de crédito, para que você entenda melhor as vantagens.

Posso alterar o valor da minha carta de crédito?

Após selecionar o valor da sua carta de crédito, é possível, sim, solicitar a alteração. Porém, essa variação tem algumas limitações. Entre em contato com a administradora para entender as suas opções. 

Caso queira aumentar, para a compra de um bem de valor superior ao seu, consulte as regras. Vale o mesmo para quem procura diminuir o valor da carta.

Posso usar a carta de crédito para comprar outro bem?

Se você tiver escolhido um consórcio de automóveis, por exemplo, só pode usar a carta para essa finalidade.

Vale o mesmo para as demais modalidades de consórcio: imóveis, moto, veículos pesados e serviços. Não é possível solicitar a troca de uma categoria de consórcio depois que começar a pagar.

Preciso utilizar a carta de crédito assim que for contemplado?

Como já dissemos, a carta de crédito é uma forma flexível de investir na compra do seu bem. E isso vai da contratação à contemplação.

Por isso mesmo, não precisa se preocupar caso não tenha decidido como usar a sua carta quando for contemplado. É possível deixar o valor no fundo comum da administradora até chegar à decisão. A vantagem é que você pode ter rendimentos em cima do valor que permanece no fundo comum: quem sabe pode investir em um bem ainda melhor do que havia planejado, não é mesmo?

É possível sacar o valor da carta de crédito?

A carta de crédito deve ser utilizada para a compra do bem que deseja. Por exemplo, se tiver investindo em um consórcio de imóveis, precisa utilizá-la para a compra de um terreno, casa, apartamento ou até mesmo empreendimento.

Mas, caso queira ter acesso ao valor integral da carta, é possível. Segundo as regras do Banco Central (Bacen), responsável por regularizar o setor do consórcio, as administradoras podem repassar o valor integral para o consorciado 180 dias após a aprovação da contemplação.

Posso investir em um valor maior que a carta de crédito?

Digamos que você queira comprar um carro importado com a sua carta de crédito, mas viu que o limite da carta inviabiliza essa aquisição. Nesse caso, existe uma ótima alternativa: comprar mais de uma cota de automóveis.

Porém, vale ficar atento a um detalhe importante: o valor conjunto da mensalidade das duas cotas não pode ultrapassar 30% dos seus rendimentos mensais. As administradoras mantêm essa regra para evitar qualquer tipo de inadimplência que possa prejudicar o grupo de consórcio.

Posso vender a minha carta de crédito?

Caso tenha sido contemplado, mas ainda não tenha utilizado a sua carta, você pode solicitar a transferência para algum familiar ou até mesmo colocar à venda no mercado. A administradora ajuda nessa intermediação. Assim, você não corre o risco de ser prejudicado.

Posso comprar uma carta de crédito contemplada?

Se você quiser comprar uma carta já contemplada, precisa seguir alguns passos importantes, como:

  • Certificar-se de que a administração do contrato é feita por uma companhia autorizada pelo Banco Central;
  • Conferir a ata da contemplação que assegura o consorciado como contemplado;
  • Conferir se o pagamento das prestações está em dia, para que não herde nenhuma dívida do antigo consorciado;
  • Avaliar a declaração da administradora afirmando que as cláusulas vigentes estão de acordo com o contrato apresentado;
  • Avaliar se o negócio em si é vantajoso, já que se assumirá o pagamento das parcelas futuras.

Comece desde já a investir na sua carta de crédito

Ao ter a carta de crédito como principal referência para o seu bem, as administradoras garantem que o consorciado possa fazer o melhor negócio possível quando forem contemplados.

Se você já sabe que precisa comprar um imóvel, pode começar a realizar este investimento o quanto antes por meio do consórcio. E aí, pode se preocupar em qual imóvel comprar apenas quando for contemplado com a carta de crédito.

Além disso, ao dar poder de compra à vista, a carta de crédito facilita na hora de negociar a compra. Já imaginou um desconto de 5% na compra de um imóvel de R$ 500 mil? Estamos falando de uma economia de R$ 25 mil, valor que pode ser utilizado para resolver algumas burocracias com a compra, como idas ao cartório, escritura, transferência de propriedade etc.

Portanto, comece desde já a investir no seu sonho. Você pode começar com uma simulação de consórcio.
Simulação Consórcio


chat Eva