Importância de pagar o consórcio em dia

Importância de pagar o consórcio em dia

O consórcio é uma forma coletiva de investir em um bem de alto valor. Diferentemente de outras formas de pagamento, com o consórcio você escolhe o bem em que deseja investir seu dinheiro e pode selecionar o valor para a compra.

Este valor é representado pela carta de crédito, que equivale ao valor do bem que deseja comprar. Por exemplo, ao fazer um consórcio de imóveis, digamos que você escolha uma carta de R$ 300 mil. Este valor deve ser utilizado para a compra de um imóvel, que pode ser materializada com a aquisição de uma casa, apartamento, terreno ou até mesmo um empreendimento comercial.

Para que você tenha acesso a este valor, precisa pagar a mensalidade do consórcio e participar dos grupos, que reúnem pessoas com interesses parecidos com o seu. Ou seja, trata-se de uma espécie de autofinanciamento, em que a contribuição mensal, ou seja, o pagamento em dia do seu consórcio é fundamental.

A seguir, vamos explicar por que é importante pagar suas mensalidades e como você pode se organizar da melhor forma para manter-se comprometido com sua cota.

Por que é importante pagar o consórcio

Antes de fechar o contrato, você passa pela etapa de simulação, em que determina o valor da carta de crédito e a quantidade de mensalidades que irá pagar pelo bem selecionado.

Depois disso, você entra em um grupo, onde participa das assembleias mensais.  

As assembleias são organizadas pelos representantes do grupo. Por elas, você pode ser contemplado com o seu bem de duas formas: por meio dos sorteios ou com a oferta de um lance, que é um valor a mais que o consorciado pode tentar com o objetivo de ser contemplado com antecedência.

Para participar das assembleias, porém, é preciso estar com o pagamento de sua cota em dia. Isso significa que, se você atrasar ou deixar de pagar uma mensalidade de consórcio, não tem a chance de ser sorteado ou ofertar o lance para a contemplação do bem.

Nenhuma administradora permite que o consorciado inadimplente participe do processo de contemplação. Isso porque o valor das mensalidades vai diretamente para o fundo comum dos grupos. Este fundo é responsável pela contemplação de todas as cartas de crédito dos integrantes.

Ou seja, ao entrar em um grupo, você tem as mesmas chances de cada integrante de ser sorteado com o seu bem. E somente as pessoas que contribuem com a mensalidade corretamente estão elegíveis para a contemplação. Além disso, essa medida impede que os inadimplentes tenham as mesmas chances de quem está contribuindo corretamente com o pagamento das parcelas.

Reajuste do consórcio

Quando você começa a pagar pelo seu consórcio, pode ser contemplado via sorteio do primeiro mês até os últimos meses de pagamento da sua cota.  

Nenhuma administradora pode prometer quando cada consorciado será contemplado, mesmo que tente ofertar um lance: afinal, o maior valor de lance define o vencedor, e não tem como garantir que a sua oferta será a maior na assembleia. Porém, é possível ofertar o lance quantas vezes quiser durante o pagamento da sua cota.

A cada aniversário anual da sua cota, o seu consórcio passa por um reajuste devido à correção monetária da inflação. Essa medida impede que o valor do bem que você selecionou impossibilite a compra. Afinal, se você selecionou, por exemplo, R$ 300 mil para a compra de um imóvel, dentro de três anos este valor pode ser insuficiente para comprar a casa ou apartamento que você havia planejado.

Seguindo os índices inflacionários, a sua mensalidade passa por um reajuste anual, que vai fazer com que o valor da sua carta de crédito seja maior no final.  

Não se trata de um reajuste em benefício da administradora, mas sim em benefício do próprio consorciado, que terá à disposição um valor maior de carta de crédito ao ser contemplado.

Como se organizar para pagar o seu consórcio

Para que você tenha uma boa experiência com o consórcio, vamos dar algumas dicas para que consiga pagar em dia a sua cota. Confira a seguir.

  • Defina um valor de mensalidade que tenha a ver com sua realidade financeira: na etapa de simulação, aproveite para selecionar um valor de mensalidade que não afete seus rendimentos mensais. As administradoras só permitem que a mensalidade custe até 30% do que você recebe mensalmente. Portanto, quanto menor for o impacto da mensalidade em seus rendimentos, melhor será a sua experiência - sempre lembrando que, a cada reajuste, a sua mensalidade pode ficar mais cara, impactando ainda mais o seu orçamento.
  • Veja a data correta de pagamento: se você costuma receber no quinto dia útil mensal, por exemplo, converse com a administradora para que o vencimento seja depois disso - como no dia 15 ou dia 20 de cada mês, por exemplo. Dessa forma, você não corre o risco de atrasar a sua mensalidade por conta de não ter recebido.
  • Não acumule dívidas: ter uma boa saúde financeira é fundamental para que você tenha uma boa experiência com o consórcio. Para isso, mantenha a sua planilha financeira sempre atualizada com o valor que recebe mensalmente e todas as dívidas listadas, incluindo os gastos supérfluos. Se necessário, faça alguns ajustes em seus gastos, para não correr o risco de deixar de pagar por sua cota.
  • Está difícil? Reveja o valor da mensalidade: o consórcio é uma modalidade flexível, portanto, caso esteja passando por algum tipo de dificuldade financeira, vale a pena entrar em contato com a administradora e verificar suas opções. Você pode diminuir o valor da sua carta de crédito ou até mesmo dividi-la em uma quantidade maior de parcelas, para que caiba em seu orçamento.

Com planejamento e organização, você pode pagar pelo seu consórcio sem ter que comprometer seus rendimentos mensais.  

Para mais dicas de finanças pessoais, veja nosso guia para ter um bom planejamento financeiro ainda em 2021.

Simulador
chat Eva