Sobrado: todas as suas características

Sobrado: todas as suas características

Muitas coisas mudaram ao longo das últimas décadas: surgiram novas necessidades com o avanço da tecnologia, incluindo novos itens do nosso dia a dia, como smartphones, por exemplo. Mesmo diante dessa constante mudança em que vivemos, o maior sonho do brasileiro é conseguir conquistar a sua casa própria.

Por mais que o Brasil esteja passando por um momento difícil por conta da pandemia de Covid-19, muita gente ainda deve se esforçar para realizar o sonho de comprar uma nova casa ou apartamento.

Segundo levantamento da DataStore, empresa especializada em pesquisas do setor imobiliário, mais de 13 milhões de famílias esperam comprar o seu lar em menos de dois anos, o que representa um aumento considerável comparado aos anos anteriores. Parte do motivo tem a ver com investir em mais segurança e conforto para o próprio lar, local em que muitos tiveram que passar mais tempo do que de costume por conta do isolamento social.

E, quando se fala em morar em uma casa, o que vem à sua mente?

Por mais que muitas pessoas, principalmente nas grandes cidades, considerem morar em um apartamento, que conta com uma infraestrutura que dá a sensação de maior segurança, ter uma casa ainda é o sonho de conquista de grande parte das pessoas.

E como esse sonho se materializa? Pode ser um local grande, com bom espaço de quintal e churrasqueira? Muito provavelmente um lugar aconchegante, que abriga todos os integrantes da família e, de sobra, possui espaço o suficiente para garantir a privacidade de cada um.

Na grande maioria dos casos, o que se pensa é em ter um sobrado.

Um sobrado é uma casa com dois ou mais andares que possui os cômodos necessários para os moradores. Trata-se de um tipo de moradia que foi bem popularizada desde a época do Brasil Colônia, quando os funcionários que prestavam serviços à Coroa eram congratulados com grandes moradias. Não à toa, os sobrados passaram a se tornar símbolos da urbanização das cidades brasileiras, porque permitem abrigar mais cômodos dentro de um terreno.

Até os dias de hoje, as cidades são compostas por uma grande quantidade de sobrados. Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) feito em 2019 revelou que 85% das moradias de todo o país são de casas, o que corresponde a um total de 62 milhões de unidades. Embora existam diversos tipos de casas, pode-se assumir que boa parte desse montante é composta de sobrados, que são perfeitos para abrigar famílias numerosas ou casais que gostam de ter um bom espaço para morar com espaço e conforto.

Mas, será que o sobrado é o tipo de imóvel ideal para você? A seguir, vamos explicar todos os detalhes, para ajudar no seu processo de escolha.

Por que vale a pena ter um sobrado

Se você deseja ter um espaço que proporcione mais conforto para todos os integrantes da família, construir um sobrado pode ser uma boa ideia.

Independente do tamanho do terreno, é possível construir dois ou mais andares para o seu sobrado. Isso permite planejar de forma mais detalhada cada cômodo, sem ter que contar com um espaço maior de terreno. Quanto a esse tipo de mudança na casa, porém, é preciso consultar as especificações da Prefeitura da sua cidade e contratar um engenheiro com ART (Atestado de Regularidade Técnica) para supervisionar toda a parte de construção da obra.

Dependendo da estrutura que se deseja construir ou até mesmo o espaço do terreno, podem haver limitações para o tamanho do seu sobrado.

Os sobrados têm sido cada vez mais considerados em bairros considerados populares, ou que atraem uma grande quantidade de pessoas. Esses locais são mais ‘disputados’ e, por isso mesmo, os terrenos costumam ser mais bem ‘aproveitados’ com a construção de sobrados do que casas térreas.

Afinal, os sobrados permitem explorar o terreno de forma mais proveitosa, permitindo que suba mais de um andar para a construção de seus cômodos.

De qualquer forma, o sobrado é uma excelente forma de montar o projeto do seu lar da forma que você deseja. Consulte os profissionais necessários, para que você tenha uma boa experiência para preparar o seu novo lar.

Caso você tenha um terreno com uma boa largura, pode aproveitar melhor os espaços e até mesmo construir uma piscina ou uma churrasqueira na área. Mas, se o espaço for pequeno, sem problemas: existem diversos projetos para criar uma casa bonita e bem organizada, que aproveita bem os espaços. Com a ajuda de um arquiteto, é possível definir o melhor estilo para você, de acordo com o que deseja.

Caso tenha interesse de comprar uma casa já construída, mas tenha interesse em remodelar o sobrado, para deixar do seu jeito, conte com o trabalho de um engenheiro com ART e entenda se é possível montar mais um andar ou trabalhar com obras mais complexas.

Quais são as vantagens de morar em um sobrado?

Se você quer explorar melhor o espaço do seu terreno, certamente considera a possibilidade de comprar ou construir um sobrado. Porém, as vantagens são múltiplas. Iremos explicar a seguir, confira.

Você tem mais espaço

Se você tem uma família numerosa, certamente precisa de um espaço que adeque quartos e demais espaços, para que todos possam morar de forma confortável no local.

Com o espaço adequado, você consegue projetar cada cômodo de forma flexível, a fim de ter um ambiente mais aconchegante para você. Após a pandemia de Covid-19, mais pessoas passaram a ficar em casa, por conta do home office, que foi adotado por uma grande parcela de empresas. Isso dá uma outra forma de enxergar o seu lar, afinal, você vai passar mais tempo dentro de seus cômodos.

Com um sobrado, você pode adaptar o seu lar da forma que realmente deseja, tendo a possibilidade de construir espaço para biblioteca, escritório ou até mesmo ampliar a sua suíte.

Bom preço de venda

Muitas pessoas têm interesse na compra de um sobrado porque conhecem suas múltiplas vantagens. Com uma casa com bastante espaço, fica mais fácil encontrar interessados no seu projeto.

Esse tipo de imóvel tende a valorizar mais rápido do que os demais. Afinal, é agregado maior valor à metragem do local. Por isso mesmo, muitas pessoas consideram a aquisição de um sobrado uma forma de investimento: com o passar dos anos, é possível vender por um preço bem superior à compra.

Mesmo que não consiga comprador de forma fácil, é possível deixar seu imóvel para locação - o que, de certa forma, faz com que entre dinheiro em caixa.

Para isso, claro, é necessário ter cuidado com o imóvel, mantê-lo em bom estado, se atentar às reformas necessárias e não se esquecer das manutenções básicas, para que seu bom estado de conservação possa ser convertido em ótimas oportunidades de negócio no futuro - seja a locação ou até mesmo a venda.

Você pode customizar o seu sobrado com flexibilidade

Com mais quartos, banheiros e espaços bem customizados, fica mais fácil deixar o sobrado com a sua cara. Digamos que você tenha comprado um novo sobrado, mas sente falta de deixá-lo do jeito que sempre sonhou: com a ajuda de um arquiteto, é possível realizar todo tipo de customização, remodelando todo o seu espaço.

Em um apartamento, por exemplo, você não consegue contar com muitas opções de customização, já que o espaço é mais apertado.

Já o sobrado permite algumas alterações em sua planta, dando a possibilidade de levantar e derrubar paredes, mudar as janelas de lugar, aumentar um cômodo ou outro ou até mesmo remodelar o local completamente. Para isso, claro, é necessário contar com a ajuda de um arquiteto ou engenheiro ao longo do processo, que possuem a expertise necessária para as alterações do seu imóvel.

Melhor ventilação e aproveitamento da luz natural

Por conta da altura, os sobrados podem trazer maior conforto térmico para dentro de casa. Com as janelas bem posicionadas, você consegue controlar melhor a entrada de luz natural no seu ambiente. Ventilação também é importante, porque impede que seus móveis sejam comprometidos com mofo, por exemplo.

A entrada de luz natural pode gerar mais economia ao longo do dia, afinal, não precisa deixar as lâmpadas acesas por muito tempo. E, com ventilação, diminui bastante a necessidade de ventos artificiais, como ventiladores e ar-condicionado, que puxam bastante o consumo de energia elétrica.

Mais privacidade para você e sua família

Ao contrário de um apartamento, em que você divide o espaço com uma grande quantidade de moradores, um sobrado dá mais privacidade às pessoas por não estar tão próximo de vizinhos.

Com a liberdade de projetar o sobrado da forma que deseja, você pode escolher portões mais fechados ou até mesmo janelas que não permitem que as pessoas do lado de fora possam enxergar o que acontece dentro de casa.

Você pode cultivar uma área verde

Cada vez mais as pessoas têm adquirido gosto pela compra de plantas em suas casas. Para se ter uma ideia, após a pandemia de Covid-19, o setor de flores e plantas teve um salto de 10% somente em 2020, refletindo maior interesse em deixar o ambiente mais alegre e harmonioso.

Com um sobrado, você pode adequar suas plantas da forma que desejar, explorando melhor os espaços. Isso garante mais vida e harmonia ao seu ambiente, seja com flores ornamentais ou plantas que exigem mais cuidado.

Outra forma de deixar o ambiente mais verde é explorando o quintal. Dependendo do tamanho do local, você pode cultivar pequenas hortas, para ter temperos frescos para o seu alimento, ou, quem sabe, até mesmo plantas frutíferas.

Mais espaço para seus pets

Com todo espaço de um sobrado, você consegue criar de forma mais saudável o seu pet, que tem a possibilidade de explorar diferentes locais. Um apartamento, por exemplo, pode ser pequeno demais para um gato ou deixar um cão entediado, principalmente se for muito compacto.

O sobrado, por outro lado, permite que o pet explore o quintal, consiga interagir melhor com a vizinhança e possa ser criado com mais conforto e espaço, deixando-o com um humor mais positivo.

Dicas para construir o seu sobrado

Para que consiga realizar o sonho de construir o seu próprio sobrado, fique atento às seguintes dicas.

Compre um bom terreno

Tudo começa com a compra de um terreno, não é verdade? Se você quer construir a sua casa do zero, precisa passar por um bom processo de escolha da sua própria área.

Observe diversos fatores em sua avaliação: veja se o local é de um bairro promissor, ou seja, que tenha tendência de ser valorizado com o passar dos anos. Converse com os vizinhos, veja se a localidade é próxima de metrôs, trens e linhas de ônibus, além de estabelecimentos importantes, como redes bancárias, hospitais, supermercados, padarias e locais com boa movimentação comercial.

Por mais que os bairros disputados sejam atrativos, procure também por locais menos badalados: por exemplo, onde há projetos de linhas de metrô ou uma grande rede de comércio em sua localidade, para que possa ser valorizado no futuro. Claro que apostas desse tipo são arriscadas. Se a ideia é comprar um terreno para morar, opte por bairros mais tranquilos. Mas, se quiser fazer um bom dinheiro com a construção de um sobrado, bairros potenciais são oportunidades de comprar o terreno por um valor barato e, mais pra frente, alugar ou vender com um valor bem mais elevado.

Atenção ao projeto

Tenha o cuidado de contratar um profissional de qualidade: um engenheiro ou arquiteto que possa se responsabilizar pela obra. Esse profissional assina todas as estruturas de suporte e pode coletar informações importantes para construir o sobrado do jeito que você e sua família tanto deseja.

Seja bem transparente em relação ao que se espera do projeto: se a ideia é construir dois andares mas, no futuro, esticar mais um pouco, deixe isso bem claro ao profissional responsável pela obra, para que deixe a estrutura da forma mais adequada a futuras reformas.

Converse antecipadamente com a família e envolva as pessoas importantes na hora de discutir o projeto: veja quais são as configurações mais adequadas para cada um, avalie as distintas metragens dos cômodos, a quantidade de quartos que deseja estruturar, necessidades da suíte, entre outros.

Confira detalhes sobre o posicionamento da casa diante do sol (saiba se ele vai iluminar mais na parte da manhã ou à tarde, por exemplo) e até mesmo os pontos em que cada cômodo ficará. Áreas de lazer também devem ser consideradas na discussão do projeto, incluindo espaço para garagem, jardim, área gourmet, churrasqueira e, dependendo do terreno, até mesmo a construção de uma piscina.

Todas essas informações são relevantes para a construção. Depois, a família pode discutir o estilo e a decoração, que também devem ser pensados desde o início.

Confira os custos

Com o projeto pronto, o próximo passo é ter entendimento dos custos relacionados à sua obra. Leve em consideração o valor por metro quadrado, que pode variar bastante dependendo da cidade e do bairro em que decidir morar.

Quando se avalia os custos, a primeira coisa que vem à mente é a compra de materiais. Porém, uma construção envolve diversas variáveis:

  • Mão de obra: o custo com engenheiro ou arquiteto e pedreiros para a construção, além de outros profissionais, como eletricista, pintor, entre outros, pode representar até 40% dos custos do seu sobrado. Procure por profissionais de qualidade: querer economizar nessa etapa pode ser perigoso.

  • Compra de materiais de construção: tenha uma participação ativa nessa etapa. Acompanhe os valores em casas de materiais, busque promoções e fique atento às melhores marcas. Você pode utilizar uma planilha para controlar e contar com os apps de locais, para acompanhar de forma digital a elevação dos preços.

  • Custo do projeto: para que o profissional entregue a planta, existe um custo - que deve ser pensado desde o começo.

  • Acabamentos e revestimentos: conseguiu construir tudo nos conformes? Ainda é necessário pensar no acabamento, que pode custar até mais do que os materiais para erguer a planta. O acabamento pode ter uma grande variação, dependendo do tipo de material, tinta, design, entre outros detalhes. Mais uma vez, acompanhe os valores de perto antes de sair comprando sem pensar.

  • Custos externos: além da construção do próprio sobrado, faz parte da obra pensar na calçada, instalação de portões, móveis planejados, decoração, jardinagem, entre outros elementos.

Opções para diminuição dos custos

Confira algumas opções que podem ajudar para que não gaste tanto na construção do seu sobrado.

  • Cômodos integrados: com menos paredes em seu imóvel, você tem os custos reduzidos de construção e acabamento, além de deixar o ambiente mais fluido.

  • Materiais com bom rendimento: durante a avaliação dos materiais, considere a compra de materiais econômicos, mas que podem proporcionar bom rendimento, como drywall;

  • Atenção às quinas: além de perigosas, principalmente quando se tem crianças em casa, as quinas exigem mais trabalho e materiais para serem contornadas. Converse com o responsável pelo projeto desde o início, para que elas não gerem custos extras.

Consórcio para a compra de um sobrado

Existem diversas formas de comprar um sobrado: você pode começar com a compra de um terreno, para construir do zero, ou comprar uma casa já pronta para, depois, deixar do jeito que preferir com uma reforma.

Para isso, é possível contar com o consórcio de imóveis. Com cartas de crédito de até R$ 500 mil, você pode realizar o sonho da casa própria sem ter que pagar um valor de entrada e, o melhor, sem o acréscimo de juros, como acontece no financiamento.

Você não sai com o bem na hora porque se trata de um autofinanciamento, em que você define o valor necessário para a compra do bem e a quantidade de mensalidades. Tudo isso é possível por meio da simulação.

Ao fechar contrato com o consórcio, você contribui com as mensalidades e pode ser contemplado por meio do sorteio ou com a oferta de um lance, que é um valor a mais que todos os consorciados podem dar com o objetivo de ser contemplado com antecedência.

Exclusivamente pelo consórcio de imóveis, é possível utilizar os recursos do FGTS para dar o seu lance.

Ao ser contemplado, você tem acesso à carta de crédito, que tem poder de compra à vista para o seu imóvel. Se o valor da carta for maior que o bem, você pode utilizar até 10% do valor para despesas burocráticas, como idas ao cartório e transferência de propriedade. E, se o saldo for insuficiente, sem problemas: é possível completar a compra com os seus próprios recursos, ainda se utilizando da carta de crédito.

Indique a empresa responsável ou proprietário, para que a administradora faça a transferência do valor integral da sua carta de crédito. Aproveite para negociar um bom valor para a sua compra, afinal, a carta tem poder de compra à vista, permitindo uma boa margem de negociação.

Caso tenha adquirido um imóvel já construído e queira transformá-lo em um sobrado, você também pode contar com o consórcio. Uma das opções é o consórcio de serviços, que permite realizar uma reforma do começo ao fim na sua casa.

Seja para construção ou reforma, o consórcio é a forma mais econômica de investir em um bem de alto valor por conta de sua flexibilidade e menor taxa. Você não paga juros, somente uma taxa de administração.

Portanto, faça uma simulação de consórcio de imóveis para investir na construção ou compra de um sobrado já construído. E, se quiser reformá-lo, conte com o consórcio de serviços para executar a reforma do início ao fim.

chat Eva