Como abrir o próprio negócio com consórcio

Como abrir o próprio negócio com consórcio

A disposição para assumir responsabilidades é uma característica do brasileiro. É no período de recuperação econômica que essa marca se torna mais evidente, pois cada vez mais pessoas buscam o sucesso por meio de abrir seu próprio negócio.  

A chave para obter os recursos necessários para tirar o plano do papel nem sempre é fácil. É por isso que encontrar meios de financiamento é um dos maiores desafios enfrentados pela maioria das gerências. Se este for o seu caso, continue lendo este artigo! Nos próximos tópicos, mostraremos como usar o consórcio para empreender, seja expandindo ou começando seu próprio negócio. Verifique!

Entendendo o consórcio

Antes de mais nada, é preciso entender o que é um consórcio e como funciona. Um consórcio é como uma reunião de pessoas físicas e / ou jurídicas em grupos cujo objetivo é a obtenção de bens ou serviços.  

O grupo tem prazo e número de participantes fixos e permite aos membros do consórcio a obtenção de bens ou serviços nas mesmas condições. De forma simplificada, todos os membros do grupo fazem pagamentos mensais para formar um fundo comum para todos, na compra de bens (imóveis, veículos, motos, máquinas, etc.) ou serviços.

Todos os meses (ou dentro do prazo estipulado no contrato), um ou mais membros do consórcio são podem obter a carta de crédito por sorteio ou lance e obtêm o direito de compra do seu patrimônio ou serviço.  

O grupo é criado por administradoras de consórcios que reúnem pessoas com os mesmos interesses de aquisição. Além disso, a administradora cuida de todas  as partes interessadas e administra o consórcio em todo o processo.  

Ao ser contemplado, você escolhe o fornecedor de quem deseja comprar bens ou serviços e a administradora procede com a carta de crédito. As administradoras são supervisionadas pelo Banco Central e são responsáveis ​​por organizar, supervisionar e considerar os membros da equipe.

Como usar o consórcio para abrir o próprio negócio?

Ter o próprio negócio é o sonho da maioria dos brasileiros hoje, como evidenciado pelo aumento dramático do número de pessoas que afirmam ser autônomas nos últimos anos.  

Os campos profissionais destes empreendedores são os mais diversos possíveis e, para todos os que pretendem iniciar um negócio, existe uma saída muito vantajosa para abrir uma empresa com um consórcio. Entenda melhor como o consórcio dará início à empresa e quais as possibilidades do plano de negócios.

O tipo de negócio

Para começar, você precisa ter em mãos o projeto da sua empresa, será um restaurante, uma padaria, uma loja de roupas? Qual o seu objetivo?

Qual o consórcio mais adequado para seu negócio?

Você já deve ter se feito essa pergunta, qual o melhor consórcio para mim? A resposta para isso na verdade está acima.  

Se o seu objetivo é comprar um imóvel para abrir seu ponto comercial, então certamente é no consórcio de imóveis que você deverá investir. Já, se o objetivo for adquirir uma rede de automóveis seja para seu negócio ou para terceirização de frotas, o consórcio ideal é o consórcio de automóveis. Para tornar essa decisão mais fácil, veja abaixo uma lista com os principais tipos de consórcios e a que eles se empregam.

Consórcio de imóveis

O consórcio imobiliário é um dos modelos mais tradicionais do mercado. O crédito permite comprar casas, apartamentos, casas comerciais, terrenos e até mesmo renovar o seu imóvel. A vantagem de escolher este modo é que nenhuma entrada é necessária. Outro ponto positivo é que quem quiser comprar uma casa pode usar os recursos do FGTS para ofertar um lance.

Consórcio de veículos

O consórcio de automóvel inclui carros de diversos valores. Portanto, você pode comprar um carro usado (seguindo algumas regras) ou um modelo novo - depende das suas condições e em quantos veículos você deseja investir.  

Vantagens do consórcio para abrir seu próprio negócio

Negociação flexível e empreendedorismo

A flexibilidade do consórcio e a baixa burocracia são fatores que beneficiam os gestores brasileiros. Por exemplo, quem deseja comprar um imóvel comercial. O consórcio é a melhor escolha, pois parte do valor da carta de crédito pode ser utilizada para custear o processo de escrituração e documentação.

Ah, claro, não podemos deixar de dizer que o custo de um novo empreendimento costuma ser considerável. Principalmente em tempos de crise, isso faz com que muitas pessoas se sintam à vontade durante o processo de compra. Portanto, o consórcio é um excelente meio de financiar o desenvolvimento da empresa e manter ativa a saúde financeira interna.

Consórcio para sair do aluguel

Para as empresas um dos maiores entraves é o aluguel de locais de trabalho, principalmente para pequenas empresas. No entanto, esse obstáculo pode ser eliminado pelo consórcio.

Consórcio para construção e reforma

Se o seu objetivo é reforma, recuperação ou construção, você pode escolher um consórcio de serviços. Também vai gerar os recursos necessários para a construção de novos imóveis e até mesmo reformas.

Consórcio que compra máquinas e equipamentos agrícolas

Principalmente no mercado agrícola, face a uma concorrência cada vez mais qualificada e acirrada, manter a competitividade é um dos maiores desafios que os gestores enfrentam na decisão de abrir uma empresa. Para isso é necessário ter todo equipamento necessário.

Não afeta o capital de giro

Ao abrir seu próprio negócio, os custos devem ser reduzidos para manter o equilíbrio financeiro. Nesse sentido, a assinatura de contrato com consórcio elimina a necessidade de desembolsar grandes quantias de recursos de imediato.  

Portanto, o custo é diluído a cada parcela, reduzindo o nível de endividamento. Com isso, a produtividade aumenta e a qualidade dos produtos ou serviços prestados melhora, o que leva à consolidação de diferenciais competitivos. Desta forma, é mais fácil para o projeto atingir o nível requerido.  

Está pensando em abrir seu próprio negócio?  Aproveite as condições de consórcio da Embracon. Faça sua simulação.

Simulação
chat Eva