Os cuidados que você precisa ter na compra de um carro usado

Os cuidados que você precisa ter na compra de um carro usado

A compra de um carro 0km na maioria das vezes está mais ligado ao status do que a praticidade de ter um veículo próprio. Claro que existem inúmeras vantagens de comprar um carro novinho em folha, mas também tem suas desvantagens com relação a diversos fatores.

Um dos grandes pontos é a desvalorização do bem, e nesse quesito, muitos optam por comprar um carro usado do que um novinho.

Antes de te mostrar quais os cuidados que tem que ter ao comprar um carro usado, vamos te apresentar algumas vantagens de optar por essa categoria.

Vantagens em adquirir um carro usado

Menor desvalorização

A partir do momento em que um carro 0km sai da concessionária - podendo contabilizar até os três primeiros anos -, o carro novo tem uma média de 20% de desvalorização. Já com relação aos seminovos (ou usados, se preferir) não se enquadram nessa perda tão significativa do investimento inicial.

Os carros usados se encaixam como excelentes moedas de troca e mantêm o valor estável nos anos seguintes da aquisição, principalmente os mais populares, como o Celta, da Chevrolet, o Gol da Volkswagen, ou o Palio da Fiat.

Parcelas mais em conta

Podemos sentir na pele nos últimos meses o quanto a economia brasileira tem sido instável, e aparentemente não é só por aqui, a crise se tornou mundial. Muitas pessoas se preocupam com os valores das parcelas nos financiamentos de veículos. Mas, quando você faz a aquisição de um carro usado ou seminovo haverá um alívio no seu orçamento, com um investimento menor em relação aos 0 km, facilitando as formas e períodos de pagamento.

Documentação barata

Bem diferente do emplacamento de um 0km, que pode chegar a R$1.200 nos custos de regularização, a transferência de um carro usado ou seminovo fica bem mais em conta. Hoje em dia, a média da taxa não chega a R$200 no país.

Negociação aberta

Realizar a compra de um carro usado ainda favorece na hora de arranjar descontos mais convidativos em virtude da urgência de venda do proprietário. Já nas opções online, você conta também com o mais variado leque de opções de lojas para pesquisar preços, benefícios nas negociações e diferentes formas de pagamento.

Menos custo em possíveis reparos

Para quem acabou de tirar a habilitação, comprar um carro usado também é uma excelente opção pelo fato da pessoa economizar mais em casos de pequenas colisões ou desgastes ocasionados pela curta experiência junto ao volante.

Quanto ao valor do IPVA (Imposto para Veículos Automotores), com  certeza será menor em relação a um 0km, assim como as manutenções de rotina nas oficinas mecânicas. Além disso, é importante você conhecer uma oficina antes de fazer a escolha.

Seguro com valor menor

Além do IPVA, outra economia na compra de um carro usado é no valor do seguro anual, assim como da franquia em casos de perda total ou furtos e roubos. Isso ocorre por conta do preço ser mais em conta. Outros quesitos também fazem diferença, como perfil do condutor, bairro de moradia e se a casa ou apartamento contam com garagem.

Garantia

Como a maioria das montadoras dão garantias estendidas de até três anos ou mais, é possível comprar um carro usado ainda respaldado pela garantia de fábrica destinada ao primeiro comprador. Além de que diversas revendedoras também têm planos próprios, mesmo no caso dos carros usados.

Depois de analisar todas essas vantagens, vale a pena estudar seriamente a possibilidade de você comprar um carro usado ou seminovo nos próximos dias. Faça uma escolha consciente  antes de fechar um bom negócio.

E podemos te ajudar nisso. Confira os cuidados ao comprar um carro usado na sequência.

Saiba os 5 cuidados ao comprar carro usado

A gente não podia deixar passar, por isso seguem algumas dicas que podem ajudar a escolher o melhor carro usado, bem como alguns trâmites burocráticos com os quais um despachante poderá contribuir para otimizar o seu tempo.

1. Teste o veículo

Quando você vai à uma concessionária comprar um carro zero é normal fazer um test drive. O grande segredo é fazer isso também quando for comprar um carro usado.

Até porque, este procedimento é um cuidado fundamental ao comprar carros usados, tendo em vista que, como ele já está em circulação há algum tempo, as possibilidades de existir algum problema são maiores.

2. Preste atenção ao ruído do motor

Quem nunca fez um check-up? Geralmente o doutor escuta nossos batimentos cardíacos e nossa respiração para saber se está tudo bem conosco. Neste caso, o coração é o motor de um carro. Se, ao acelerar, você notar alguns barulhos estranhos e sentir o carro engasgando, fique atento: estes podem ser indícios de que algo não está bem.

3. Atente-se aos itens como óleo, freio e lataria

Ficar atento aos detalhes é extremamente importante quando se pretende adquirir um veículo usado. Pneus gastos, com a parte interior danificada, podem indicar sérios problemas de suspensão.

É bom dar aquela checada nos freios, fumaça do escapamento, nível do óleo e a lataria do carro. Emendas e rebocos escondidos podem significar que o carro foi acometido de alguma batida, por exemplo.

4. Vistoria do veículo

Outro ponto muito importante é a vistoria veicular. Trata-se de um laudo que irá comprovar as reais condições do carro usado até o momento em que esteve com o antigo proprietário.

Esta vistoria também é aplicada para evitar que carros, sem condições de circular, sejam registrados de forma indevida. Levar o carro a um despachante na maioria das vezes é uma boa alternativa para quem dispõe de pouco tempo.

5. Transferência de veículos

Dependendo de onde você comprar o carro usado, no local mesmo vai haver um posto de despachantes para agilizar o processo de transferência entre proprietários. Isso é muito comum em feiras de automóveis, por exemplo.

Se este não for seu caso, você provavelmente terá que ir ao DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) para regularizar a transferência. Ela será a garantia de que o carro agora pertence a você.

Fazer a escolha de um despachante também é interessante e pode ter custos reduzidos nos casos de contratação online. Há serviços na internet que oferecem a resolução de toda esta parte burocrática, ficando a cargo do cliente apenas reconhecer a firma em cartório.

E aí, o que achou? Gostou deste post sobre os cuidados ao comprar carros usados? Sabia que você também pode fazer um consórcio de carro usado?

A Embracon está aqui para te ajudar. Faça uma simulação!
Simulação Consórcio Carro
chat Eva