Usando meu carro como meio de fazer uma renda extra

Usando meu carro como meio de fazer uma renda extra

Muitas pessoas compram um carro para ter mais facilidade em seu dia a dia. Contar com um veículo para ida ao trabalho, fazer compras no supermercado, passear ou até mesmo fazer longas viagens são alguns dos fatores que fazem com que o brasileiro se mantenha apaixonado por automóveis.

Porém, os tempos estão mudando. Vivemos uma era em que as pessoas preferem compartilhar o uso de alguns bens, do que ter a propriedade deles. E, quem possui os bens, pode contar com um amplo ecossistema em que é possível não só compartilhar, mas até mesmo ganhar um bom dinheiro com isso.

Tanto que é comum as pessoas tirarem renda extra por meio do automóvel, por exemplo. É a chamada economia colaborativa entrando em ação: você utiliza o seu meio de transporte para que outras pessoas consigam realizar alguma atividade importante, e ganha com isso.

Da mesma forma que aumenta a necessidade de mais pessoas buscarem o uso do veículo para executar alguma atividade, também se mantém em alta o interesse das pessoas na compra de um veículo - mesmo em momento de pandemia.

Um dos principais motivos é a segurança para se transportar em meio à pandemia. E, se por um lado existem pessoas interessadas em ter o carro em seu nome, para ter a liberdade de se transportar, por outro têm os interessados em utilizar, esporadicamente, o serviço feito por um terceiro com o uso do automóvel.

A digitalização fez com que cada vez mais brasileiros procurassem esse tipo de serviço, gerando uma opção atrativa para quem possui veículo e gostaria de tirar uma grana a mais.

Mas, o que é possível fazer quando se tem um carro? Acredite: as opções são mais abrangentes do que virar um motorista de Uber. Vamos mostrar os detalhes a seguir.

Por que fazer uma renda extra com o meu carro

Vivemos uma era de muitas incertezas. Embora a vacina já seja uma realidade, a economia ainda passa por muitas dificuldades.  

Como forma de ter um dinheiro a mais no caixa, muitos brasileiros têm procurado formas de obter renda extra, e o uso do carro pode ser bem importante para essa finalidade. Existem diversas atividades que podem ser realizadas.

Claro que, antes de considerar a utilização do carro para renda extra, é importante ter em mente um objetivo: muito provavelmente seu veículo estará mais suscetível ao desgaste, principalmente se você rodar bastante com ele, utilizá-lo para carregar coisas pesadas ou dedicar uma boa parte do dia rodando a cidade em que mora como motorista de algum app.

Caso esteja passando por uma situação difícil, o carro pode ser um bom quebra galho. Porém, seu uso constante também tem consequências, e é preciso levar isso em consideração.

Sem falar nos gastos que o veículo naturalmente possui, como: combustível, manutenção periódica (troca de óleo e revisões, por exemplo), ou até mesmo o risco de ter algum tipo de avaria por sua alta rodagem. É imprescindível que você mantenha o seguro do seu veículo ao considerar qualquer tipo de atividade extra.

Portanto, considere esses custos no papel ao exercer algum tipo de atividade que gere renda extra para você: pelo menos um percentual deve ser dedicado à manutenção do veículo, para que não seja negativamente surpreendido com alguma falha no motor ou algum tipo de problema maior que possa te deixar no prejuízo.

Outro ponto a ser considerado é o desgaste do carro. Veículos com alta quilometragem tendem a ser mais desvalorizados no momento da venda. Ou seja, utilizar o carro demais para renda extra faz com que, no fim, ele seja vendido por um preço inferior por conta da depreciação.

Agora que você está ciente de alguns riscos relacionados à utilização do carro para renda extra, vamos mostrar as opções.

Formas de ganhar dinheiro com o seu carro

Confira as opções a seguir e veja qual mais se identifica com o seu perfil.

Colocar seu carro para alugar

Se você mantém seu carro parado na maior parte do tempo, pode muito bem colocá-lo para alugar. Isso é de grande ajuda para pessoas que pretendem organizar uma viagem ou querem um fim de semana especial com um veículo, sem ter que recorrer às locadoras tradicionais.

Você pode deixar seu carro para aluguel em momentos esporádicos, ou até mesmo por grandes períodos - afinal, existem pessoas interessadas em alugar carro para trabalhar, por exemplo, com entregas ou com aplicativos de carona.

O mercado conhecido como carsharing (compartilhamento de carros) tem crescido no Brasil, e pode ser uma boa forma para que você ganhe dinheiro, sem nem ao menos precisar sair de casa.

Usar o carro para entrega de itens

O crescimento de aplicativos de entrega, como iFood, Rappi e Uber Eats, tem atraído muitos interessados na utilização do próprio carro para ajudar a suprir a alta demanda.

A vantagem de utilizar esses aplicativos é que você define a hora em que deseja trabalhar. Se você tiver um emprego formal, por exemplo, pode pegar apenas algumas horas do seu dia para realizar esse tipo de serviço extra.

Além dos apps citados, também é possível entregar mercadorias. Diversos sites de comércio eletrônico contam com intermediários, como motoristas, para realizar esse tipo de entrega: um dos mais conhecidos é a Loggi, que realiza qualquer tipo de entrega em nome de uma grande empresa, por exemplo. Fique atento às condições exigidas por cada app; em alguns deles, é necessário ter um CNPJ para conseguir atuar, por exemplo. Se este for o caso, considere os custos de se tornar pessoa jurídica para a realização do serviço.

Usar seu carro para carona

Além de apps como Uber e 99, existem outros tipos de serviço de carona que são combinados com antecedência. É aí que entram apps como Waze Carpool e Blablacar, especialmente utilizado para quem tem um destino certo para ir e gostaria de compartilhar a viagem com alguém, com o objetivo de cobrir os custos da viagem.

Nesse tipo de serviço, você está ‘emprestando’ a sua corrida: enquanto segue o seu rumo para o trabalho ou para algum tipo de passeio, por exemplo, aproveita para compartilhar os gastos com combustível com outra pessoa.

Quanto maior a distância, mais você pode ganhar com o serviço de carona. Confira como funciona as regras de cada um desses aplicativos e programe-se para oferecer caronas com o seu veículo. Em tempos de pandemia, só tenha o cuidado de manter a utilização de máscara, ter álcool em gel disponível e, se possível, ficar o mais distanciado possível e com as janelas abertas, para que o ar circule sobre o veículo.

Outra forma de utilizar seu carro para carona é combinar com pessoas conhecidas para levar ao trabalho ou a pontos comuns, por exemplo. Nesse caso, você determina um valor para executar a carona.

Trabalhar como motorista de aplicativo

Ainda antes da pandemia, o Brasil já se apresentava como um país perene para o crescimento de motoristas de aplicativo. No final de 2019, segundo dados da Pesquisa Nacional de Empregados e Desempregados (Pnad) Contínua Trimestral, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já haviam mais de 1 milhão de pessoas trabalhando como motoristas de app.

É um mercado imenso: 20% dos motoristas do Uber em todo o mundo são brasileiros, para se ter uma ideia.

Em grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, a demanda de pessoas que buscam um motorista de aplicativo tem aumentado ainda mais na pandemia. Afinal, quem não tem carro prefere pedir o app a se arriscar com o uso do transporte público, por exemplo.

Embora tenha muita gente que busque viver exclusivamente com o dinheiro que ganha como motorista de aplicativo, também é possível trabalhar parcialmente com apps como Uber e 99 por exemplo. Ao renovar a sua carteira de motorista, é preciso indicar o interesse em trabalhar como motorista de aplicativo e se cadastrar nas plataformas, para que consiga trabalhar.

É possível ligar o aplicativo quando estiver indo ao trabalho, por exemplo, ou tirar algumas horas do dia justamente para essa atividade. Quanto mais você organizar a sua agenda para ganhar dinheiro extra como motorista de app, maiores são as chances de conseguir ter uma boa renda extra com essa atividade.

Usar o carro para entregas independentes

Com a demanda cada vez mais crescente de pessoas pedindo coisas para entregar em casa, também é possível utilizar o seu carro para suprir parte dessa demanda.

Um app que tem sido cada vez mais utilizado é o Eu Entrego, que possui uma rede de entregadores autônomos prontos para ajudar a suprir toda essa demanda.  

Funciona da seguinte maneira: você se cadastra no sistema e se torna um entregador independente. A vantagem é que você tem liberdade para estipular os trajetos do seu dia a dia, além da sua carga horária de trabalho.

Os valores cobrados dependem da necessidade de cada cliente que utiliza o serviço.

Dicas para se organizar para ganhar dinheiro com o seu carro

Como já mostramos, existem diversas opções para utilizar o seu carro com o objetivo de ganhar uma renda extra.

E, quando falamos em renda extra, é preciso entender que se trata de um complemento. Ou seja, se você possui uma atividade principal e ganha um salário mensal, com o uso do carro pode aumentar a sua renda, para diversos objetivos.

Para que você tenha uma boa experiência usando seu carro como forma de renda extra, vamos apresentar algumas dicas importantes. Confira a seguir.

Defina um objetivo para sua renda extra

Embora a renda extra possa ajudar bastante a pagar as contas de casa e organizar para um planejamento, é importante definir um objetivo para o dinheiro que vai entrar dessa forma.

Digamos que você esteja em uma situação apertada, com muitas dívidas para pagar. Defina quais são as mais urgentes e foque no uso do dinheiro da renda extra justamente para pagar por toda essa dívida.

É importante ter essa definição, porque a renda extra, na maioria das vezes, tende a ser temporária ou possui muitas variáveis em jogo para entrar como parte oficial de sua renda. Por exemplo, se você é motorista de aplicativo nas horas vagas, sabe muito bem que o valor ganho pelas corridas pode mudar caso o aplicativo altere o algoritmo ou sua lógica de preços.  

Além do mais, tem o desgaste do carro que precisa ser levado em consideração. Pode chegar uma hora que ele vai trazer mais gastos do que você imaginava, e isso precisa estar contemplado no planejamento da sua renda extra.

Quando se tem a renda extra como um opcional, você consegue enxergar melhor os benefícios e o propósito da entrada desse dinheiro. Não faça com que ele se torne parte integral de sua renda, porque sua renda extra pode ser impactada por fatores externos - ou até mesmo fatores internos, como jornada dupla de trabalho, que vai gerar mais cansaço.  

Mantenha a conservação do seu veículo

No começo, tudo pode dar muito certo. Você pode fazer uma boa quantidade de viagens ou entregas com o seu carro com a ajuda dos aplicativos, que cuidam de toda a operação e realizam o pagamento.

Porém, é preciso manter cuidado com o seu veículo. Afinal, você irá rodar mais, às vezes fazendo trajetos inesperados para ganhar um dinheiro extra. Acompanhe sempre a quilometragem para troca de óleo, cheque os motores com regularidade e fique atento aos ‘sinais’ que o carro dá: luzes acesas indicando alguma avaria, pneus murchos e barulhos no motor são alguns deles.

Dependendo da forma e da frequência com que utiliza o veículo, é preciso ir ao mecânico com mais frequência, para garantir que tudo fique bem. Portanto, separe um percentual da sua renda extra para lidar com esse tipo de gasto, incluindo combustível.

Prefira a utilização de um veículo econômico

Se a ideia é ter um veículo para rodar bastante, preste atenção no consumo dele. Se você possui um veículo de alta potência, que consome bastante álcool ou gasolina, talvez não valha tanto a pena utilizar o carro para fazer renda extra.

Uma opção é trocar o seu veículo por um mais econômico. Embora seja uma atitude radical, avaliar um novo veículo pode ser uma boa se você pretende utilizar o carro com alta frequência. Além disso, considere a compra de um carro novo ou seminovo, que esteja em ótimas condições.

Caso esteja avaliando a troca de um carro, você pode considerar o consórcio. Na Embracon, com o lance Troca de Chaves, você pode fazer uma avaliação do seu veículo e utilizá-lo como oferta de lance para a compra de um veículo.

Para isso, é necessário iniciar um consórcio de automóveis com a administradora, se comprometer com as mensalidades e, pela área de clientes, indicar a avaliação do seu veículo, que pode ser dado como lance. Leia mais para saber como funciona o lance Troca de Chaves.

Não trate renda extra como renda principal

É importante ressaltar que a renda extra precisa de um objetivo a ser cumprido. Senão, corre o risco de ser confundida como renda principal e, quando não conseguir mais tê-la como ativo em seus rendimentos mensais, pode gerar uma grande frustração.

A seguir, vamos apresentar algumas dicas de como a renda extra pode ajudar em seu orçamento:

  • Ajudar a pagar uma dívida: veja quais são as dívidas mais urgentes em seu orçamento mensal e priorize o uso ganho com renda extra para pagá-la. Caso consiga terminar de fazer esse pagamento considere o que entrar como ‘extra’ e, então, defina um novo objetivo para esse dinheiro.
  • Constituir seu patrimônio: todos têm objetivo na vida, seja a compra de um novo carro, o apartamento dos sonhos ou, quem sabe, a tão sonhada casa na praia. Você pode utilizar o valor da sua renda justamente para acelerar essa conquista. Se você estiver pagando por parcelas de consórcio, por exemplo, pode juntar o valor para dar um lance. E, se considerar a compra de outro bem de alto valor, pode montar uma poupança separada para ajudá-lo com esse objetivo.
  • Montar a sua reserva de emergência: a pandemia de Covid-19 expôs a necessidade de se ter um planejamento financeiro para lidar com as adversidades. E nunca é tarde para começar a montar o seu planejamento de segurança para toda a família. Caso tenha uma renda extra com o seu carro, aproveite para montar a sua reserva de emergência, que constitui em seis vezes a quantidade do seu salário. Você pode utilizar algum produto financeiro de fácil resgate para esse objetivo, como contas digitais que rendem mais de 100% do CDI, por exemplo. Com a reserva de emergência, você cria a segurança necessária para se proteger diante de momentos difíceis.
  • Investir em produtos financeiros: se você já tiver a sua reserva de emergência bem guardada, o próximo passo é aplicar seu dinheiro para ter uma boa rentabilidade. Mantenha o valor da sua reserva de emergência na conta selecionada e, caso ainda esteja ganhando dinheiro com a renda extra, use para novos produtos financeiros: você pode começar com a renda fixa, que dá previsibilidade de ganho dentro de um determinado período. E, se já tiver um bom dinheiro guardado dessa forma, pode investir em educação financeira e partir para a renda variável, que inclui compra e venda de ações na B3, a principal bolsa de valores do Brasil. Monte um planejamento de como pretende investir e faça com que os juros trabalhem a seu favor, para potencializar seus ganhos.

Como me organizar para ter uma renda extra com meu carro?

Se você já tem um meio principal de atividade, precisa se organizar bem para ganhar um dinheiro extra com o seu veículo. A seguir, vamos mostrar algumas dicas para que você possa se organizar da melhor maneira.

  • Seja organizado com horários: se você trabalha formalmente em uma empresa, certamente possui uma rotina de horários. Veja como a renda extra se encaixaria nessa sua rotina: você pretende dedicar algumas horinhas da semana para a atividade ou focar no fim de semana? É importante começar aos poucos, porque você pode se sentir exausto lidando com uma alta jornada de trabalho. Leve em consideração seu descanso, pausas para comer e qualidade de vida, para não se sentir esgotado e gerar qualquer tipo de risco para você, seus clientes e fornecedores.
  • Mantenha o valor da renda extra em conta separada: dessa forma, você não corre o risco de confundir o dinheiro que entra desse tipo de renda com o seu salário mensal. Essa distinção é importante, porque em muitos casos a renda extra tende a ser temporária ou depende de outros tipos de variáveis.
  • Não deixe que o trabalho com o seu carro atrapalhe sua rotina: isso vale tanto para o seu emprego formal, que é seu principal meio de atividade, quanto para o convívio com a família. Se realmente a situação estiver muito apertada, determine um prazo para ganhar dinheiro com o seu veículo. Priorize a sua qualidade de vida e mantenha o seu emprego principal. A partir do momento que a renda extra representa um risco, é preciso reavaliar se realmente vale a pena tanto esforço e dedicação.  

Com as dicas que apresentamos, você vai conseguir se organizar melhor para ter uma renda extra com o seu veículo, tomando todos os cuidados para a conservação do carro e, principalmente, com a sua qualidade de vida.

Avalie se o seu carro está em condições para ajudar a ganhar uma renda extra. Caso queira comprar um novo veículo ou trocar o seu usado para essa finalidade, confira o nosso consórcio de automóveis. Sem entrada e sem juros, você pode se organizar para a compra de um zero km ou seminovo, pagando por um valor a prazo mais justo.  

Faça uma simulação e conte com a modalidade que já ajudou a realizar sonhos de milhões de brasileiros.
Simulação
chat Eva