Principais cuidados que você deve ter com seu carro

Principais cuidados que você deve ter com seu carro

Não há como negar que muitos brasileiros sonham em ter o próprio carro. Além de proporcionar bons momentos de lazer, é uma forma de ter mais autonomia na hora de se deslocar.  

Depois de conquistar e levar o veículo para a garagem, muitos compradores acabam se esquecendo de que é preciso muito cuidado para ter um carro. Por sua vez, esse entusiasmo requer tempo e atenção, mas é a melhor maneira de mantê-lo e evitar muitos problemas. Se você deseja conhecer alguns cuidados diários com os veículos que devem ser utilizados, então você veio ao lugar certo

Você sabia que uma boa manutenção do carro pode garantir que além de prolongar a vida útil dos componentes, a aparência do novo carro também seja mais longa?  

Na verdade, alguns procedimentos devem fazer parte do trabalho diário para garantir a preservação a longo prazo de seus ativos. Limpeza frequente, troca oportuna de óleo, precauções do motor, calibração de pneus e outras precauções são algumas das medidas básicas para garantir que você tenha um carro que atenda às suas necessidades e evite despesas desnecessárias.  

Portanto, entenda quais os cuidados que você deve ter com seu veículo para ele não decepcioná-lo.

Faça revisões recomendadas pelo fabricante

Se o seu veículo tem zero km, o fabricante faz recomendações específicas sobre a frequência com que você deve realizar uma revisão. Se você quer proteger seu carro novo, respeitar esse tempo é muito importante. Claro que isso é uma saída de caixa adicional, mas o investimento vale a pena.  

Além disso, algumas montadoras associam a garantia do veículo ao fato de que essas inspeções regulares são feitas, você não quer perder seu carro por causa dessas bobagens, né?  

Agora, se você escolher um carro usado, deve ter mais cuidado. Como você não precisa verificar seu serviço com frequência, é melhor visitar um mecânico de sua confiança a cada 6 meses ou mais. Desta forma, você pode evitar problemas e, quando surgirem, você pode lidar com eles desde o início, poupando-lhe mais despesas que ocorrerão no futuro.

Seja especialmente cuidadoso com o motor

O motor é uma das peças mais importantes do seu carro, por isso merece atenção especial. Você deve prestar atenção a qualquer tipo de mudança, como diferentes ruídos ou transmitidos de fumaça. Afinal, eles podem sinalizar problemas maiores, e segurança é uma coisa boa.

Troca regular de óleo e circulação

A troca de óleo é um cuidado relativamente simples, mas as pessoas se preocupam em cumprir a hora certa e regular. Mesmo na vida diária agitada e várias tarefas do dia, você pode facilmente gastar alguns minutos para concluir.  

É muito importante usar óleo de motor de última geração, para que, na verdade, você esteja cuidando do seu carro e evitando futuros.  

O óleo é responsável por lubrificar o movimento das peças, facilitando e não danificando nenhum sistema. O óleo lubrificante também ajuda a limpar o motor e a eliminar o acúmulo de diversos resíduos que podem causar problemas maiores, como entupimentos.  

Os cuidados nos freios

Os freios são muito importantes e merecem destaque. Esteja atento a qualquer ruído ao acioná-los, pois isso pode indicar um problema com o disco ou chip. Para evitar problemas, inclua este item em sua revisão regular.

Mantenha o seu carro limpo

Acredite ou não, manter seu carro limpo é uma ótima maneira de prolongar a vida útil dele. Se você está com dificuldades financeiras, arregace as mangas, afinal, você mesmo pode fazer isso.  

Você pode primeiro tirar a poeira com um aspirador de pó, um pano úmido e uma mistura de detergente e água. Para quem não sabe, a sujeira vai penetrar depois de um certo tempo, então para manter tudo fresco é melhor manter o veículo limpo.  

Outra boa dica é cuidar bem do interior do assento. Como a maioria dos carros tem interiores de tecido, eles podem ficar permanentemente sujos. Você pode usar alguns dos produtos que usa para limpar móveis estofados (como sofás) em sua casa para manter tudo limpo e novo.

Se o assento for estofado em couro, pode-se usar produtos específicos para fortalecer o material e evitar rachaduras. Quando o estofamento estiver muito gasto ou manchado, não hesite e substitua-o. Este redesenho vai melhorar o veículo e até mesmo melhorá-lo.

Calibrar os pneus

Esse é mais um cuidado simples que não leva muito tempo, porque você pode fazer antes de ir para o trabalho, uma vez por semana. Nesse caso, tudo o que você precisa fazer é levantar 15 minutos mais cedo.  

Calibrar os pneus é uma ótima maneira de melhorar a durabilidade dos pneus, porque o desgaste ocorre mais lenta e regularmente. Portanto, evite andar com pneus acima ou abaixo do valor de calibração recomendado no manual do veículo. Além disso, não se esqueça de ajustar o equilíbrio regularmente. Essas são maneiras simples (e relativamente baratas) de evitar grandes problemas com o carro e fazê-lo funcionar conforme o esperado.

Evite colocar os pés na embreagem repetidamente

Muitas pessoas acabam desenvolvendo o hábito de dirigir com o pé esquerdo na embreagem. É importante saber imediatamente que esse hábito desgasta a embreagem e reduz a durabilidade das peças à metade das condições normais.  

Bem, existem muitos motivos para não se viciar neste hábito, você não acha? Portanto, quando a embreagem não estiver em uso, sempre coloque o pé esquerdo totalmente no chão do carro.

Tenha cuidado ao dirigir

A manutenção do seu veículo tem muito a ver com o seu estilo de condução. Uma direção cautelosa e defensiva é uma boa maneira de proteger o carro. Portanto, acelere lentamente, mude de marcha no momento correto e freie lentamente, aumentando assim o número de km que o veículo percorre sem maiores problemas.

Cuidado com a pintura do carro

Como dito acima, manter o carro limpo é uma boa maneira de manter a superfície pintada do carro. Além disso, sempre que você bater ou notar que certas peças estão gastas (talvez uma colisão ou qualquer outro problema), é melhor cuidar da pintura.  

Manter a consistência da tinta em todos os momentos é a melhor maneira de evitar problemas como descascamento de metal e ferrugem. Outra boa sugestão é evitar a exposição ao sol, pois isso corrói a tintura e aumenta a chance de ferrugem. Se a pintura estiver muito gasta, talvez uma boa opção seja repintar o carro.

Além disso, cuidar bem da pintura evitará desvalorizar seus ativos. Portanto, a dica é: desde que haja amassados, mesmo pequenos arranhões ou outros tipos de danos, conserte imediatamente, para que o problema não piore e seja mais difícil de resolver.

Cuidado com as janelas e vidros do carro

A vidraria também precisa de manutenção. Uma das dicas é evitar abrir o limpador de para-brisa quando o vidro não estiver molhado. Ao secar, haverá poeira e outros resíduos que podem causar arranhões e riscos.  

Para limpá-los e obter excelentes resultados, o método é muito simples: basta usar bastante água e um detergente neutro. Para secar, basta uma flanela muito macia.

Ligue o carro regularmente

O ideal é dar partida no veículo pelo menos uma vez a cada 5 dias ou, mesmo para viagens curtas, deve ser usado a cada 15 dias para manter em bom estado coisas como baterias, sistemas de refrigeração, tensores, cintos e outros componentes.  

De modo geral, dirigir em curtas distâncias costuma ser suficiente, pois nesse período o motor atinge sua temperatura ideal de operação. Caso opte por dar a partida e ficar parado, deve-se ressaltar que é recomendável não acelerar o carro neste período e sempre manter a velocidade baixa.

Evite dirigir o carro com o motor superaquecendo

Se você achar que o carro está superaquecendo, é recomendável pará-lo e esperar que ele esfrie. Abra o capô para esfriar rapidamente e analise o reservatório de água. Se estiver abaixo do nível recomendado pelo fabricante, encha com água comum. Esta operação deve ser realizada com muito cuidado, pois o reservatório contém vapores que podem causar queimaduras.  

Para evitar esse problema, veja o nível de água com frequência, de preferência uma vez por semana.

Manter a velocidade do motor no nível correto

Manter a velocidade do motor acima da marca vermelha ou muito baixa, por exemplo, dirigir em quarta ou quinta marcha a uma velocidade de 40 km/h, fará com que o motor e a transmissão se desgastem e até mesmo danifiquem. Use uma rotação do motor acima da linha vermelha apenas quando necessário, como ultrapassagens.

Não deixe o tanque de reserva ficar sem combustível

Embora muitas pessoas não saibam ou prestem atenção a essas informações, o combustível tem uma vida útil. Embora as propriedades permaneçam as mesmas por um período de tempo, após este período, elas perderão a qualidade.  

A vida útil do combustível comum é de cerca de 2 a 3 meses, e fatores externos, como calor e umidade, afetam a durabilidade. Após esse tempo, o combustível danifica o sistema de injeção do carro, pois a gasolina passa a originar resíduos e impurezas, esses resíduos e impurezas ficam sujos e podem entupir o filtro de combustível. Além disso, se o carro estiver estacionado na garagem e não estiver funcionando, o injetor de combustível do motor pode ser problema.

Vale ressaltar também que o diesel é o combustível mais suscetível a fatores externos, como a presença de água, que favorece o crescimento de microrganismos e até forma lodo no tanque de combustível.  

Por outro lado, o álcool tem a vida útil mais longa porque tem boa estabilidade química e não é facilmente degradado em condições normais de armazenamento. Porém, a melhor solução é não encher o tanque com água, pois o processo de degradação ou absorção de umidade geralmente ocorre pelo contato com o ar. Portanto, quando o tanque de combustível está vazio, o combustível fica menos protegido desse contato.

Nas hipóteses em que o veículo ficará mais tempo na garagem, a melhor forma de prevenção é utilizar combustível de alta octanagem - ele tem maior resistência e durabilidade devido ao detergente misturado ao combustível, que ajuda a manter as propriedades mecânicas do motor reduza o desgaste das peças - e faça o tanque funcionar por cerca de 15 dias para evitar falta ou exagero.

Faça um seguro para o seu automóvel

Por fim, uma das principais medidas preventivas de automóveis é um contrato de seguro automóvel. O seguro de automóveis é uma das maneiras mais eficazes de proteger seus ativos e oferece uma ótima sensação de segurança. Ao adquirir um seguro, você estará protegido contra roubos e acidentes, além de escolher o seguro que melhor atende às suas necessidades.

Cuidados com a bateria

A bateria é um dispositivo muito importante na operação de um veículo, pois armazena e distribui energia para as operações elétricas e eletrônicas do veículo.  

No passado, era necessário adicionar água de vez em quando para o resfriamento, mas os modelos mais modernos não adotam essa medida. No entanto, isso não quer dizer que a bateria não exija manutenção regular.  

Verificar regularmente para ver o estado dos cabos: eles devem estar sempre limpos e conectados aos terminais da bateria. Sempre teste se há uma operação do alternador, motor de partida, bateria, etc. para saber se estão dentro da faixa de parâmetros adequados. Se o seu carro não for usado por um longo período, lembre-se de ligar para evitar que a bateria "enfraqueça".

Sistema de refrigeração  

O sistema de refrigeração é responsável por resfriar o motor do veículo para evitar o consumo excessivo de combustível e danos à junta do cabeçote e demais peças.  

Sempre preste atenção ao nível da água no tanque de expansão do carro: observe os limites mínimo e máximo para o funcionamento normal do sistema. Caso constate consumo excessivo de água ou vazamento, é recomendável levar o veículo a um mecânico de sua confiança para avaliação.

Cuidado quando o frentista pedir para encher o tanque, este procedimento deve ser feito com o motor frio, não podendo adicionar aditivos. Esses produtos podem causar danos ao motor e devem ser usados ​​corretamente de acordo com o modelo do veículo e especificações do fabricante.

Manutenção do carro 4×4  

Os carros com tração nas quatro rodas, os famosos 4×4, necessitam de uma observação especial para manter a durabilidade necessária. Não use tração 4×4 ao dirigir no asfalto, exceto sob chuva forte, e preste atenção ao velocímetro, é mais fácil esquecer a velocidade em um carro com bom controle de direção.  

Se estiver andando em trilhas, baixe os pneus para aumentar a tração. Não se esqueça de restabelecer a correção ao retornar ao asfalto.

Gostou deste artigo? Você também pode adquirir seu automóvel através do consórcio, confira as opções do consórcio Embracon e realize seu sonho.

Simulação
chat Eva