O que acontece quando você é sorteado no consórcio?

O que acontece quando você é sorteado no consórcio?

Para conquistar o seu bem por meio do consórcio, é preciso ter paciência e planejamento no processo de compra. Isso porque, diferentemente de outras modalidades, como o pagamento à vista ou pelo financiamento, com o consórcio você não sai com o bem de imediato. 

Na verdade, você determina o bem em que quer investir e define o valor de carta de crédito, que equivale ao valor do bem. Ao selecionar as parcelas do consórcio, você tem a carta como diretriz. Somente ao ser contemplado você terá acesso a este valor, que vai possibilitar a compra do bem que você escolheu. 

O sorteio é uma das formas de contemplação no consórcio. A seguir, vamos explicar como ele realmente funciona. 

Como funciona o sorteio em um consórcio 

O primeiro passo para se fazer um consórcio é a simulação. Após determinar o valor de carta de crédito e a quantidade de mensalidades, você tem como resultado o valor da mensalidade, já incluindo as taxas do consórcio. 

É possível simular a compra do seu bem quantas vezes quiser. O objetivo da simulação é ajudar o interessado a identificar o melhor valor de parcela e, assim, fechar o contrato de consórcio. Para isso, ele conta com a ajuda de um especialista de consórcio, que também ajuda a tirar todas as dúvidas sobre a modalidade. 

Com a assinatura do contrato, você se torna um consorciado e passa a integrar um grupo de consórcio, que reúne pessoas com interesses semelhantes. Por exemplo, se você tiver investindo em um consórcio de automóveis, provavelmente estará em um grupo em que a maioria das pessoas também têm interesse na compra de um veículo

É preciso estar com o pagamento da cota em dia para participar das assembleias, que acontecem uma vez por mês.  

A assembleia é um momento bem importante para o consorciado, porque é quando todos os integrantes do grupo aguardam as contemplações. Elas são conduzidas pelos representantes do grupo, que respondem em nome de todos os integrantes diante da administradora. 

Para definir os contemplados, a administradora dá duas possibilidades: os sorteios mensais e a oferta de um lance

A fim de garantir isonomia ao longo do processo, a Embracon, que é uma administradora de consórcio com mais de 30 anos de história, utiliza o sistema da Loteria Federal. Pela Área de Clientes, é possível visualizar a numeração da sua cota. 

Todos os consorciados que pagam corretamente a sua mensalidade estão passíveis de serem sorteados. Porém, isso pode acontecer tanto nos primeiros, quanto nos últimos meses. Nenhuma administradora pode prometer o momento em que o consorciado será contemplado

Caso tenha interesse em antecipar a sua aquisição, você pode fazer a oferta de um lance, que é um valor a mais que pode ser oferecido em uma assembleia. Pelo lance livre, que é a modalidade mais comum, o maior valor define o vencedor e quita as últimas mensalidades da sua cota.  

Mesmo que você ofereça um valor alto, a administradora ainda não pode garantir a contemplação. Afinal, se outro consorciado oferecer um valor ainda mais elevado, sai como vencedor do lance. 

Fui sorteado, e agora? 

Como já antecipamos, após o sorteio é necessário passar pela análise de crédito. Caso seja reprovado, é preciso acompanhar novamente as assembleias e verificar se sua cota será novamente sorteada. Fique atento às exigências da administradora, para evitar uma nova reprovação quando tiver a chance de ter acesso à carta de crédito. 

Mas, se for aprovado, você finalmente terá acesso à carta de crédito, que possibilita a compra do bem que você escolheu. Se você tiver selecionado o consórcio de veículos, por exemplo, só pode utilizar a carta para a compra de um carro zero km ou seminovo. Não é possível escolher um bem diferente da sua cota. 

A carta de crédito tem poder de compra à vista, o que possibilita uma boa margem de negociação com a empresa ou proprietário do bem escolhido. Não é preciso ter pressa para utilizar a sua carta: enquanto escolhe o bem, sua carta é mantida no fundo comum, rendendo juros positivos a seu favor. 

Já com o bem escolhido, é preciso indicar o proprietário à administradora, para que ela faça a transferência do valor integral da carta de crédito. Se o bem tiver um valor superior à carta, é possível completar a transação com seus próprios recursos. Mas, se a carta de crédito for superior, sem problemas: é possível utilizar até 10% para lidar com despesas burocráticas e, se ainda sobrar dinheiro, quitar parte do saldo restante da sua cota. 

Faça uma simulação de consórcio e planeje a compra do seu bem, com toda a segurança e isonomia dos sorteios nas assembleias. 

chat Eva