O melhor consórcio para investir

O melhor consórcio para investir

Muitas pessoas não sabem, mas existem diferentes tipos de consórcios. Ele permite a compra de diversos bens e serviços o qual constitui um método de investimento muito interessante.

O objetivo do consórcio é reunir pessoas com os mesmos interesses, criando um fundo comum que torna as compras possíveis e dá aos membros do grupo a oportunidade de se organizar financeiramente e economizar regularmente uma certa quantia de dinheiro para atingir objetivos, como possuir um imóvel de sonho ou um novo carro.

Definição de um consórcio

Podemos definir um consórcio como um modelo de compra coletiva de bens ou serviços. Desde o início ele alcançou sucesso absoluto, que continua até hoje. Esta é uma boa escolha para quem tem como objetivo conquistar bens, mas respeita as suas restrições financeiras e paga aos poucos.

Para que o consórcio funcione corretamente, ele deve ser operado por uma administradora autorizada pelo Banco Central. A partir daí, a empresa passa a reunir pessoas com os mesmos interesses e a administrar esses grupos.

O consórcio inclui a aquisição de imóveis e veículos. Outra opção muito popular é um consórcio para investir na compra de motos. Também é possível contratar diversos serviços, como cursos de graduação e pós-graduação. Tudo depende de ser capaz de reunir um grupo de pessoas com ideias semelhantes.

Como funciona o consórcio?

Imagine, por exemplo, que você quer comprar um carro, mas não tem valor para pagar à vista, ou não tem condições de pagar os juros cobrados em outras modalidades.  

Nos dias atuais não é difícil encontrar um grande número de pessoas que se encontram em uma dessas situações. A melhor opção para esses casos é um consórcio para investir nos bens desejados, por meio do qual cada integrante do grupo se compromete a pagar em parcelas mensais.

O pagamento mensal mais as contribuições de outras pessoas que participam do grupo formarão dinheiro suficiente para um ou mais participantes pagarem adquirirem o bem desejado com uma carta de crédito. Este processo será repetido em todo o grupo, até que todos os membros possam obter os bens necessários.

Vantagens de um consórcio

Sem entrada, sem juros

O consórcio não cobra juros. O que existe é a taxa de administração, que tem um valor mais acessível do que outras formas de aquisição parcelada. É um percentual da carta de crédito, fixado no contrato e diluído no período planejado.

Além disso, não há a obrigatoriedade de pagamento de entrada. Este é um ponto muito interessante para quem tem dificuldade em economizar dinheiro como entrada.

Atualização do valor da carta de crédito

Como o grupo pode durar vários anos, o valor da carta de crédito será atualizado regularmente. Portanto, você não correrá o risco de perder dinheiro devido à inflação ou à desvalorização da moeda.

Vale ressaltar que os parâmetros de mercado ajustados desta vez devem ser estipulados no contrato de adesão do consórcio. Isso garante que você não perderá o poder de compra com o tempo.

Propício para a economia planejada

Embora seja considerada uma compra programada, o consórcio também pode ajudar a economizar dinheiro.  

Você faz investimentos de longo prazo para usar o dinheiro para aproveitar sua velhice, adquirir patrimônio, investir em outro bem ou fornecer a seus filhos ativos de alto valor, como carros, imóveis, terrenos ou universidades, por exemplo.

Fornece vários prazos e planos

O administrador oferece uma variedade de planos para permitir que os participantes escolham o consórcio ideal para seu perfil.

Portanto, o valor da carta de crédito pode ser definido de acordo com os bens ou serviços que deseja adquirir. Você também pode definir o período de pagamento e o valor da prestação mensal adequados ao seu orçamento. Isso garante que você, um futuro membro do consórcio, fará todos os planos com base na sua situação financeira, de forma a não prejudicar a sua situação financeira.

Este é um investimento seguro

De um modo geral, as aplicações financeiras requerem muita pesquisa e estratégias claras. Caso contrário, você pode tomar a decisão errada e sofrer grandes perdas.

Portanto, um dos motivos para a escolha do consórcio é a sua simplicidade de funcionamento (acessibilidade). Você não precisa ser especialista em mercado financeiro e de investimentos, pois só precisa pagar as parcelas na data estipulada em contrato.  

Nesse caso, você vai conseguir muito dinheiro para conseguir o que deseja sem sofrer perdas econômicas, pois com certeza você estará protegido e receberá o valor do investimento.

Na hora de contratar, não se esqueça de procurar no mercado uma empresa confiável que possa administrar todo o processo com cuidado e fornecer soluções que atendam às suas necessidades.

Como escolher o melhor consórcio?

Durante a vigência do contrato, algumas atenções e observações são necessárias em alguns itens, a fim de se obter a segurança necessária e evitar dores de cabeça. Confira abaixo as dicas que preparamos para você:

Procure por administradores confiáveis  

Verifique se o administrador do consórcio está autorizado pelo Banco Central a realizar esta atividade. Este é o órgão de fiscalização e administração do plano de consórcio, e você pode encontrar uma lista de empresas autorizadas em seu site.

Além disso, verifique a reputação do administrador na Internet e o relacionamento com órgãos de proteção ao consumidor, se há reclamações de ex-clientes e quais são os problemas mais comuns. Antes de assinar o contrato, a empresa é obrigada a explicar e testar seus canais de comunicação e contato com os consorciados.

Leia o contrato com atenção

Os termos do contrato devem ser claros e específicos, e incluir de forma absoluta todo o conteúdo do compromisso e negociação com o administrador. Promessas verbais ou quaisquer outras formas de garantia não são aceitas. Todo o processo está sujeito ao contrato.

Portanto, verifique as taxas e encargos a serem implementados, a taxa de reajuste, o parcelamento e o valor da carta de crédito, o prazo de pagamento, o fundo de reserva, as regras relativas à contraprestação da assembleia, a venda da carta de crédito, e todos os direitos e obrigações dos membros.

Cuidado com o valor das parcelas

Verifique se o valor do parcelamento está de acordo com seu orçamento mensal. Além disso, é importante verificar as taxas de reajuste, caso não afetem seu planejamento financeiro.

Embora seja benéfico para os participantes porque é reajustar o valor da carta de crédito para que não haja perda de poder aquisitivo, a renda pessoal dos consorciados nem sempre acompanha sua valorização.

Conheça o prazo

Encontre um consórcio que forneça uma duração que corresponda às suas necessidades. Sempre é possível ser a última pessoa a receber a carta de crédito. Ao mesmo tempo, um prazo menor aumentará a parcela. Você pode escolher um compromisso que se adapte ao seu orçamento e expectativas.

Gostou? Conheça a Embracon, a maior administradora de consórcios do país. Acesse o site, faça sua simulação ou entre em contato com um de nossos consultores, tire suas dúvidas e dê mais um passo para a realização dos seus sonhos!

Simulação
chat Eva