Como fazer a compra de um apartamento à vista com consórcio

Como fazer a compra de um apartamento à vista com consórcio

O consórcio para compra de um apartamento à vista é uma ótima opção para adquirir o primeiro imóvel ou ampliar o patrimônio, sem a necessidade de enfrentar a burocracia envolvida em um financiamento. Mesmo assim, muitas pessoas ainda não sabem ao certo como esse investimento funciona e têm dúvidas a respeito dele — principalmente se o consórcio de imóvel vale a pena.

Neste artigo, vamos te explicar como funciona esse consórcio, quais são suas vantagens e desvantagens e se esse investimento realmente é uma boa opção. Continue acompanhando a leitura para saber mais sobre o assunto e tomar a melhor decisão para o seu bolso e o seu futuro!

O que é consórcio para comprar apartamento?

O consórcio de imóveis é um serviço muito simples, disponibilizado por administradoras, em que um grupo de membros participantes se reúnem com interesses em comum, nesse caso, adquirir um imóvel. Esses membros se comprometem em pagar um determinado valor pré-estipulado em parcelas mensais formando assim formando uma espécie de autofinanciamento.

Em seguida são feitos sorteios para que uma vez ao mês um membro seja contemplado com uma carta de crédito que poderá ser usada na compra do imóvel.

Além do sorteio, essa carta de crédito pode ser concedida através de lances, que são uma espécie de leilão. Aquele que dá o maior lance é o vencedor.

Consórcio para comprar apartamento: quais os benefícios?

Uma das vantagens mais atrativas do consórcio de imóveis é que nessa modalidade não há cobrança de taxa de juros. Paga-se apenas uma taxa administrativa que se refere ao valor praticado pela administradora do consórcio para gerenciar os conveniados, cartas de crédito, sorteios e afins. Dessa forma, o preço final do imóvel será menor do que se ele fosse adquirido utilizando o financiamento tradicional.

Outro diferencial é que não é necessário dar entrada para adquirir o consórcio.  Além disso, com as opções de prazos e planos, o cliente possui mais flexibilidade no pagamento das mensalidades podendo se organizar de acordo com o seu orçamento.

Após ser contemplado e receber sua carta de crédito, você pode comprar um imóvel para fins comerciais ou residenciais, comprar um terreno ou casa em condomínio. Ou seja, você tem a liberdade de usar da forma que quiser.

Por fim, vale ressaltar que como a carta de crédito tem liquidez imediata, quem usa o consórcio na compra do imóvel tem a mesma força de negociação que teria se fosse fazer o pagamento à vista.

Quais os custos do consórcio?

Como já foi mencionado, consórcio para comprar apartamento à vista é válido pela isenção da taxa de juros, entretanto existem algumas taxas que são impostas pelas administradoras em que os consorciados precisam pagar. Veja abaixo quais são:

  • Taxa de administração: se refere a remuneração da administradora responsável pela gestão do consórcio, gerenciar os conveniados, cartas de crédito e sorteios.
  • Fundo comum: é o valor efetivamente empregado na compra do bem designado. Esse valor servirá para compor o saldo para as contemplações mensais dos membros do grupo.
  • Fundo de reserva: é o valor destinado para cobrir situações que poderiam comprometer o funcionamento do grupo. Em casos de eventuais inadimplências, por exemplo. Esse valor está incluso na parcela.

Ainda assim, a contratação do consórcio de continua sendo uma das opções mais viáveis em comparação a outras modalidades.

Utilizar carta de crédito para compra de um apartamento à vista  

A carta de crédito imobiliária é a quantia de dinheiro necessária para adquirir determinado bem. E para conseguir a carta de crédito imobiliário você precisa passar por alguns processos.

A partir do momento que você opta pelo consórcio, você determina esse valor. A administradora, então, abre um grupo com interesse em comum. Na sequência, os participantes começam a pagar parcelas, sem juros, durante o período previsto em contrato.

A administradora do consórcio passa a fazer a gestão desse dinheiro e dos sorteios todos os meses. Consequentemente, uma pessoa é sorteada e recebe a carta de crédito imobiliária no valor solicitado. Depois de adquirir o bem, o consorciado segue pagando as parcelas até o final do período estipulado.

Para quem já tem um valor guardado, existe a possibilidade do lance. Nesse caso, quem antecipa o maior número de parcelas de pagamento leva a carta de crédito imobiliária.

Independente da forma que será contemplado, o valor vai para uma conta vinculada, isto é, o participante só pode sacar esse dinheiro para a aquisição do bem estipulado.

A carta de crédito imobiliária é utilizada de maneira muito semelhante a um pagamento à vista, ela garante seu poder de negociação, já que o vendedor sabe que receberá o valor do produto.

Como contratar um consórcio para comprar um apartamento?

No caso de um consórcio para comprar apartamento à vista, encontre uma administradora que esteja habilitada para oferecer esse tipo de serviço, no caso as instituições autorizadas pelo Banco Central (BC), que é o responsável por fiscalizar essa modalidade de crédito no país.

Ao escolher uma administradora para contratar um consórcio, esteja atento em relação a reputação e consulte em qual posição ela se encontra no ranking de reclamações do Banco Central.

Essa informação pode ser encontrada pela internet e servirá de parâmetro para que você escolha uma empresa que possa te auxiliar oferecendo um atendimento de qualidade proporcionando a melhor experiência durante a contratação.

Quer tirar todas as suas dúvidas sobre a carta de crédito imobiliária? A Embracon é uma empresa reconhecida no mercado há mais de 30 anos, especialista no ramo de consórcios no Brasil. Estamos prontos para te ajudar!

Simular Consórcio
chat Eva