Dicas para comprar eletrodomésticos para a casa nova

Dicas para comprar eletrodomésticos para a casa nova

Mudar de casa é sempre uma aventura - uma aventura que, dependendo da empolgação, pode levar a altos custos.

Além de todos os custos relativos à mudança, incluindo reforma no ambiente e decoração, é preciso pensar em todos os eletrodomésticos que você irá utilizar no dia a dia.

Sabemos que a decoração de um ambiente envolve muitos custos e muitos elementos, para deixar do jeito que você realmente deseja. Por isso, vale a pena seguir as nossas dicas para ter uma boa economia na hora de pesquisar eletrodomésticos para o seu novo lar.

Comece pelos produtos que você utiliza mais

Você sabe que aquela lava-louça ficaria linda na sua cozinha, mas será que vale a pena começar por ela?

A primeira regra na hora de fazer as compras de eletrodomésticos é começar pelo essencial. Priorize itens como geladeira e fogão, por exemplo, que são essenciais em toda cozinha.

Caso você tenha o costume de comer fora, seja porque fica o dia inteiro no trabalho ou porque faz parte de seu estilo de vida, pode até mesmo pensar em um micro-ondas no lugar do fogão.

Vale lembrar que esses itens são alguns dos mais caros quando se fala em eletrodomésticos, portanto, vale a pena se organizar para a compra dos mais essenciais antes mesmo de se mudar para o novo local. Pesquise com cuidado e invista em marcas de boa reputação. Afinal, o eletrodoméstico foi criado para te acompanhar em momentos essenciais da sua vida, portanto, coloque o fator qualidade em consideração.

Pense na capacidade dos produtos

Se você vai morar sozinho, será que vale a pena um refrigerador de duas portas? Ou mesmo um fogão de seis bocas? De repente um frigobar pode ser suficiente, ou até mesmo um pequeno forno no primeiro momento, enquanto economiza para a compra de um fogão.

A capacidade é importante, porque determina a categoria do eletrodoméstico que você vai comprar.  

Peguemos como exemplo uma máquina de lavar roupa: se você mora sozinho, não precisa investir em uma máquina com capacidade de 15kg. Quanto mais compacta, menor o preço a ser pago. Além disso, você acaba economizando mais energia.

Não precisa ter pressa

Depois que você comprou os eletrodomésticos principais, vá determinando seu ritmo de compra dos demais, para não gastar todas as suas economias de uma vez.

Uma boa dica é montar uma lista dos produtos que deseja comprar - pode ser uma planilha, por exemplo. Aí, você insere os eletrodomésticos, coloca referências de preço ou até mesmo links de sites de compra, e define os meses em que deseja comprar cada um deles.

Quando você anota tudo na ponta do lápis, consegue ter maior previsibilidade de quando conseguirá comprar cada eletrodoméstico para a sua casa.

De forma planejada, você pode montar a decoração do seu lar aos poucos, primeiramente suprindo suas necessidades básicas até adquirir eletrodomésticos para o seu bem-estar.

Compare os preços

Sites como Buscapé e Zoom podem ser ótimas ferramentas para te ajudar na compra dos eletrodomésticos para a sua casa.

Você pode selecionar os modelos que deseja comprar e pedir para que os sites acompanhem a evolução dos preços ao longo de determinado período. Com essa informação, você consegue ter uma boa ideia do valor médio a ser pago pelo produto e até mesmo pedir para que seja alertado quando alguma loja cadastrada nessas plataformas atingir o preço que você sugerir.

Consumo de energia

Um fator a ser considerado na compra de eletrodomésticos é o consumo de energia. Sempre verifique o selo Procel de Economia de Energia ao pensar na compra.  

Quanto melhor a nota do produto, mais ele tende a economizar energia elétrica - o que representa uma boa economia todos os meses ao se deparar com a conta de luz.

Fique de olho nas promoções

Existem períodos em que você pode pagar por um ótimo preço pelo eletrodoméstico que tanto procura.

A melhor forma de aproveitar tudo isso é ir se planejando. Defina os eletrodomésticos que deseja comprar e faça filtros de pesquisa em sites confiáveis de compra. Existem aplicativos que ajudam nesse tipo de pesquisa, que geram alertas para quando um produto chegar a determinado preço e, assim, você possa efetuar a compra.

Uma boa data para a compra de eletrodomésticos é a Black Friday, que acontece na última sexta-feira de novembro. Muitas empresas seguram os preços dos produtos para uma alta vendagem nesse período. Porém, até que a data realmente chegue, sites de e-commerce soltam algumas promoções que realmente valem a pena. Portanto, fique atento e não deixe a oportunidade passar ao se deparar com um bom desconto.

Outro período atrativo para a compra de eletrodomésticos é o começo do ano, momento em que muitas indústrias colocam seus produtos com desconto. São as ‘sobras de fim de ano’: com o objetivo de vender em um período considerado fraco para o consumo, é possível se deparar com boas promoções.

Dê preferência a compra à vista

Embora alguns eletrodomésticos possam ser considerados itens de alto valor, vale a pena ter um bom dinheiro guardado exclusivamente para a compra desse tipo de produto.

Com dinheiro à vista, você consegue os melhores descontos, sem ter que ficar se preocupando em passar meses pagando por um único produto.

Não coloque seu planejamento em risco

Na etapa de mudar de casa, é comum que muitas pessoas acabem se empolgando na compra de eletrodomésticos e demais materiais para decorar o lar.

Mantenha-se firme ao seu planejamento, para que você não corra o risco de comprometer seu orçamento mensal em uma etapa tão importante de mudança. Foco é importante nessa etapa: não gaste de uma só vez com eletrodomésticos, afinal, uma nova etapa pode trazer imprevistos. Quanto mais preparado você tiver, melhor será sua experiência nessa nova fase da vida.

Para dicas de como se organizar financeiramente, veja nosso guia de montar uma planilha de gastos.

Simulação Consórcio
chat Eva