Saiba tudo sobre consórcio de motos

Saiba tudo sobre consórcio de motos

Não importa a finalidade do uso, se para passeio, trabalho ou uma simples diversão nos finais de semana, as motocicletas estão ganhando espaço na garagem do brasileiro.

Mas como adquirir esse bem? Uma forma prática e muito econômica para quem se planeja é escolher um consórcio de moto.

Com algumas vantagens, essa modalidade de compra é interessante para quem está fazendo planos e pretende adquirir o veículo sem pressa, mas, em contrapartida, tem uma boa noção da motocicleta que está buscando.

Se você está interessado em contratar um consórcio para adquirir sua moto, confira neste post algumas informações importantes que podem ajudá-lo a tomar essa decisão. Vamos lá?

Vantagens de ter uma moto

Consome menos combustível

O tanque de combustível de uma motocicleta é bem menor do que de um carro. E, além disso, o consumo por litro também impressiona. Uma scooter, por exemplo, pode chegar aos 40 km percorridos com apenas um litro de combustível! Faça as contas e veja como compensa trocar o ônibus ou, até mesmo, o seu carro, pelas duas rodas.

Menor custo no momento da compra

O preço de compra é uma das maiores vantagens de optar por uma moto. Isso porque, os modelos zero quilômetro mais básicos, custam até 10 vezes menos do que um carro. A variação de preços entre os modelos de 100 a 250 cilindradas também permite uma boa gama de modelos para escolher.

Agilidade no trânsito

Essa é uma das mais óbvias vantagens de ter uma moto: você perde muito menos tempo no percurso! Assim, pode dormir alguns minutos a mais ou, até mesmo, chegar mais cedo nos seus compromissos. Outra vantagem é o estacionamento. Por ser menor e mais leve, é fácil encontrar um lugarzinho para encaixar a motocicleta!

Manutenção mais barata

Além de gastar menos com gasolina ou etanol, ao optar por uma moto você também perceberá que os custos de manutenção são baixos.

Revisões, reparos e, até mesmo, o pagamento de impostos e tributos são mais baratos quando se tem uma moto. Além disso, você economiza no lava rápido, no estacionamento e com pedágios, já que as motos são isentas dessa tarifa na maioria das praças.

Como funciona o consórcio de moto?

Quando o cliente está planejando a compra de um bem, como uma motocicleta, acaba se envolvendo no processo de escolha do modelo, potência, cor e nem sempre está atento aos detalhes do contrato.

Mas na prática, o que se deve levar em consideração antes de contratar um consórcio? Veja a seguir!

Valor da carta de crédito

O primeiro passo para contratação do consórcio é definir qual o valor necessário para adquirir a motocicleta do modelo e ano que você está procurando.

Não precisa definir a moto na hora. Se no decorrer do período de contrato você mudar de ideia, pode adquirir outro modelo ou ano e, com a diferença, quitar a documentação ou até mesmo utilizar para a quitação do consórcio.

Parcelas mensais e o pagamento

Na hora de decidir a contratação, é preciso levar em consideração a sua capacidade financeira para pagar as parcelas fixas mensais durante o período do contrato.

Caso haja algum atraso no pagamento da prestação, o consorciado fica fora do sorteio mensal de contemplação da carta. Isso ocorrerá até que regularize a sua situação financeira com a administradora.

A contemplação

O cliente pode ser contemplado nos sorteios mensais que acontecem durante o período do contrato.

Para antecipar a obtenção da carta de crédito o consorciado também pode dar um lance: ganha aquele que oferecer o maior valor, semelhante a um leilão.

Porém, não se esqueça que mesmo sendo contemplado, é preciso fazer o pagamento das parcelas até o final do contrato.

Taxa de administração

Esse é um dos principais itens a ser analisado antes de fechar a contratação! A taxa de administração funciona como uma remuneração para a empresa que administra esse contrato gerenciar e guardar o dinheiro dos consorciados.

Esse valor não é fixo. Portanto, cada empresa estipula o valor que entende cabível pelos riscos e custos do contrato.

Credibilidade da empresa

As empresas que atuam na administração de contratos de consórcio precisam ter uma autorização do Banco Central para exercer essa atividade. Além de verificar esse item, é preciso fazer uma boa pesquisa sobre a satisfação dos clientes com relação aos serviços da empresa. Para isso, a internet é uma boa ferramenta de busca!

Não assine um contrato às cegas: se informe antes sobre todas as cláusulas do contrato e se ele atende às suas necessidades.

Modelos de moto que estão em alta em 2021

2020 foi realmente um ano complicado, mas isso não impediu que os fabricantes de motos vislumbrassem os lançamentos em 2021. O palco dos grandes salões, onde as novas safras ganham os holofotes, também minguaram com um ano atípico. De qualquer modo, a roda tem que girar e vários novos modelos ganharam as vitrines via internet e as ruas em 2021, renovando, e ampliando, parte da frota.

Kawasaki Z900 2021

A Kawasaki Z900 2021 já é uma das motos 2021 que estão disponíveis no mercado automobilístico brasileiro. A naked está sendo vendida com preço a partir de R$ 47.900.

Seu valor alto é devido aos itens de alta tecnologia, como por exemplo, o painel de TFT, que permite conexão com o smartphone. A seguir, você confere ainda mais informações referentes a este modelo:

  • Riding Mode (4 níveis de entrega de potência e de atuação do controle de tração;
  • Painel TFT;
  • Conexão com bluetooth;
  • Novo visual;
  • Luzes de LED;
  • Entrega de potência, do total de 125 cavalos, mais linear;
  • Reforços estruturais no chassi.

Honda CB 650R

Outro modelo de motos 2021 que já está disponível no mercado automobilístico brasileiro é a CB 650 R da marca Honda. De acordo com o portal de notícia G1, o modelo está sendo vendido nas concessionárias com preços a partir de R$ 39.416 (R$ 37.900 na pré-venda).

Ela é a atual sucessora da Hornet, um dos modelos mais celebrados por fãs da marca. Oferece aos seus usuários um visual super moderno e itens de série de alta tecnologia. Está disponível em três opções de cores: azul, vermelho e prata.  

Honda CBR 650R  

Outro modelo da Honda que também já está disponível por aqui é a Honda CBR 650R 2021, irmã do modelo mencionado anteriormente.

Em termos mecânicos, o modelo ganhou nova admissão e exaustão para melhorar a entrega de potência. Por aqui, ela ficará em 88,4 cv a 11.500. Também ganhou novo controle de tração, embreagem deslizante e suspensões invertidas.  

Tudo isso reflete em seu preço. Atualmente, está disponível a partir de R$ 41.080 (R$ 39.500 na pré-venda).

Triumph Tiger 900

A última geração da Triumph nova Tiger 900 2021 foi lançada recentemente aqui no Brasil. O modelo está sendo o sucesso da Tiger 800. De início, chega sendo ofertada em duas versões. Confira a seguir todas elas com seus respectivos valores:

  • Tiger 900 GT Pro (R$ 57.990,00);
  • Tiger 900 Rally Pro (R$ 59.990,00).

A seguir, confira as novidades deste modelo:

  • Tanque com capacidade de 20 litros;
  • 6 modos de condução;
  • Painel com tela de 7 polegadas;
  • Novo ABS e controle de tração
  • Motor maior, de 888 cc, no lugar do de 800 cc;
  • Rendimento 9% mais forte em médios giros;
  • Torque de 8,87 kgfm, 10% a mais;
  • Novo chassi modular, 5 kg mais leve.

Yamaha – Xmax 250

Sabe aquela moto ideal para rodar na cidade? É a Xmax 250 da marca Yamaha. Ela está sendo uma das motos 2021 aguardadas para esse ano. Seu lançamento foi anunciado em 2019, mas só deverá estar disponível aqui no Brasil este ano.

O modelo conta com um motor de 250 cc e 22,8 cavalos de potência. Além disso, também possui um visual super moderno e atrativo.  

Segundo o esperado, a Yamaha Xmax 250 2021 deverá custar por aqui cerca de R$ 21.990,00.  

Honda CRF 1000L Africa Twin 2021

Um modelo pronto para enfrentar os desafios da estrada ou do dia a dia da cidade! A Honda está produzindo a linha 2021 da nova CRF 1000L Africa Twin. Ela deverá estar entre as motos 2021 lançadas este ano.  

A seguir, confira os acessórios desta motocicleta:

  • Controle de Tração – HSTC;
  • Modos de pilotagem: Tour, Urban e Gravel;
  • Assento ajustável;
  • Freios ABS;
  • Kit Top Box;
  • Protetor de tanque e carenagem;
  • Para-brisa elevado;
  • Painel de LCD;
  • Kit Malas Laterais;
  • Cavalete Central;
  • Câmbio de 6 marchas com embreagem deslizante;
  • Rodas raiadas de 21 polegadas na dianteira e 18 na traseira.

Como escolher um consórcio de moto ideal?

Após planejar o prazo de compra da sua motocicleta, procure um consórcio que se encaixe nos seus planos. O valor final precisa ser suficiente para realizar a compra da moto, mas as parcelas não podem ser mais altas que a sua capacidade de pagamento.

Ajuste o prazo do contrato de acordo com o montante que precisa para comprar a motocicleta que deseja. Procure empresas que trabalhem com taxas de administração mais baixas que os juros anuais cobrados em um financiamento de veículo.

O ideal é que elas variem entre 10% e 20% do valor do contrato — assim, você economiza dinheiro com a poupança que é feita por meio do consórcio.

O consórcio é uma maneira interessante de fazer uma compra programada em médio prazo. Para os clientes que preferem fazer uma poupança com um objetivo bem específico, essa modalidade de compra é bastante eficaz.

Escolha o seu consórcio de acordo com as características e o valor da sua motocicleta. Fique atento ao pagamento em dia das parcelas para participar dos sorteios mensais e, quem sabe, você pode adquirir sua moto antes mesmo do prazo planejado!

Como utilizar a carta de crédito para moto

Você pode ser contemplado com a sua motocicleta tanto via sorteio ou por meio do lance. Quando você começa a pagar pelo consórcio, isso pode acontecer tanto nos primeiros meses, quanto no último. Importante ressaltar que, sempre até o pagamento da última cota, o consorciado é contemplado com a sua carta de crédito.

No momento da contemplação, a administradora faz um novo processo de análise de crédito.

Primeiramente, é pedida a documentação básica, como Carteira Nacional de Habilitação (CNH), cópias de Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), comprovante de residência e comprovante de renda.

Para trabalhadores CLT, basta apresentar a carteira de trabalho com o contracheque dos últimos três meses para comprovação de renda. No caso de profissional autônomo, é preciso apresentar uma cópia da declaração do Imposto de Renda ou do DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos) e extrato da conta corrente.

Se o cliente for um aposentado ou pensionista, será necessário apresentar o comprovante do recebimento do benefício. E, no caso do consorciado for uma empresa, deve apresentar a declaração mais recente do Imposto de Renda.

Caso a análise seja aprovada, o consorciado precisa indicar o modelo que deseja comprar com a carta e indicar o proprietário ou fornecedor. O repasse da carta é feito diretamente para a compra da moto, ou seja, não é depositado na conta do consorciado.

Um ponto que favorece bastante a carta de crédito é que ela possui poder de compra à vista. Ou seja, ao receber uma carta de R$ 15 mil, por exemplo, para a compra da moto, o proprietário receberá este valor integral. Isso pode dar uma boa margem de negociação, afinal, você não irá pagar parcelado.

Enquanto o consorciado se compromete com as parcelas, pode acontecer de acontecer uma correção nas cartas de crédito. Para impedir que a inflação anual comprometa o poder de compra da carta, as administradoras fazem correção da carta de crédito sempre no aniversário de um ano da cota. Para a moto, é considerado o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), considerado referência para acompanhar as oscilações da inflação. Assim, a carta que você havia contratado de R$ 15 mil pode ser um pouco maior na hora da contemplação.

Com este valor, você pode comprar o modelo que sempre quis. Mas, se o valor da sua moto for menor que a carta, é possível utilizar até 10% da carta para documentações, transferência de propriedade, entre outras burocracias. Porém, se o saldo for insuficiente, ou seja, a moto for mais cara que a sua carta, é possível completar com os seus próprios recursos. Nesse caso, negocie com o proprietário e avalie suas opções.

Escolha o seu consórcio de acordo com as características e o valor da sua motocicleta. Fique atento ao pagamento em dia das parcelas para participar dos sorteios mensais e, quem sabe, você pode adquirir sua moto antes mesmo do prazo planejado!

Simulação Consórcio
chat Eva