Faça sua próxima viagem com o consórcio

Faça sua próxima viagem com o consórcio

Por muitos anos o consórcio ficou conhecido como uma modalidade que permitiu a compra de bens de alto valor. Quando foi criado, nos anos 1950 e 60, o consórcio praticamente ajudou a impulsionar a compra de carros populares. Com a sua devida regulamentação, nas décadas seguintes as pessoas puderam comprar eletrodomésticos, motos, veículos pesados e até mesmo realizar o sonho da casa própria ou do primeiro apartamento.

Com o passar dos anos, mais e mais pessoas viram no consórcio uma possibilidade de realizar os seus sonhos. E, para acompanhar as necessidades do mercado, o segmento teve que se atualizar - tanto que, nos últimos anos, passou a possibilitar a aquisição de serviços com a carta de crédito.

O procedimento é bem semelhante à compra de um bem: primeiramente, é preciso fazer uma simulação, que consiste em selecionar um valor para a carta de crédito e corresponde ao valor total do serviço, e a quantidade de mensalidades. Você pode simular quantas vezes for necessário, até identificar o melhor valor de mensalidade.

Para isso, claro, é preciso selecionar o consórcio de serviços, uma modalidade que tem conquistado cada vez mais adeptos com o passar dos anos.  

A seguir, vamos explicar como ela funciona e como você pode organizar a sua próxima viagem com a ajuda do consórcio.

Como funciona o consórcio de serviços

Diferentemente das outras categorias, o consórcio de serviços permite que se possa investir em:

  • Consórcio de viagem: por conta da correria do dia a dia, muitas pessoas têm dificuldades em organizar uma merecida viagem de férias, com toda a família. O consórcio ajuda a concentrar esforços para pagar, de uma só vez, por tudo que envolve uma viagem: passagens, hospedagem, passeios e muito mais. Ao ser contemplado, o consumidor deve indicar uma agência de viagens responsável pelo pacote.
  • Consórcio de estudos: ideal para ajudar a pagar a faculdade, pós-graduação ou até mesmo o intercâmbio dos filhos ou do próprio interessado. O valor é repassado à vista para a universidade ou instituição de ensino responsável pelo intercâmbio.
  • Consórcio de festa: festa de debutante, primeiro aniversário e comemoração de formatura podem custar mais do que se imagina. Nesse caso, o consórcio também ajuda, para que o consumidor se organize melhor, sem comprometer seu planejamento familiar.
  • Consórcio de reforma: é a forma mais contratada da categoria de consórcio de serviços. Cada vez mais as pessoas têm buscado reformar cômodos de casa, pintura ou até mesmo instalar uma churrasqueira ou piscina no quintal. O consórcio de reforma também pode ajudar na decoração de ambientes - seja da casa, apartamento ou empreendimento.  
  • Consórcio de cirurgia plástica: o Brasil é um forte mercado de cirurgia plástica. Porém, uma cirurgia pode ter altos custos, dependendo da complexidade. O ideal é procurar por cirurgiões especializados, que tenham certificação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)
  • Consórcio de casamento: também é possível investir no dia mais feliz da vida com o consórcio. Nesse caso, é preciso indicar mais de um fornecedor para que tudo saia conforme o planejado. Se o casal tiver interesse em uma carta de valor maior, é possível investir em mais de uma cota. Ah, e quem quiser aproveitar para investir na lua-de-mel, também pode investir em um consórcio de viagem em paralelo. Afinal, não há forma melhor de começar a vida de casal com uma festa incrível e uma viagem inesquecível.

A seguir, vamos explicar como você pode organizar a sua viagem por meio do consórcio de serviços.

Organizando uma viagem com o consórcio

Quando se faz o pagamento de um consórcio, você precisa escolher o valor da carta de crédito: pelo consórcio de serviços, você pode contar com uma cota de até R$ 30 mil, que pode ser dividida em 30 mensalidades.

Ao fechar um consórcio, você entra em um grupo e pode participar das assembleias. É possível ser contemplado de duas formas: por meio dos sorteios ou com a oferta de um lance, que é um valor a mais que todos podem oferecer com o objetivo de ser contemplado com antecedência. Pelo lance livre, que é a modalidade mais comum, o maior valor de lance determina o vencedor.

Enquanto realiza o pagamento do consórcio, você pode ir organizando os detalhes de viagem com a sua família.

A forma mais recomendada é fechar um pacote de viagem com uma agência de turismo que seja especializada ou com bom reconhecimento no mercado. Dessa forma, você consegue estipular um valor com hospedagem, passagens, passeios e até incluir algumas refeições, para que a sua carta de crédito consiga quitar todos esses valores.

Com o consórcio de viagens, você pode escolher o destino que quiser: pode considerar tanto destinos nacionais, com boas ofertas, ou até mesmo viajar para fora do país. No caso de viagens internacionais, fique atento a detalhes específicos, como regularização do passaporte, visto de entrada (se necessário) e até mesmo algumas vacinas - além de estar com as doses ou a dose única da vacina contra a Covid-19, veja o que o país de destino exige para receber turistas.

Todos os detalhes de viagem devem ser acertados diretamente com a agência de turismo, para que consiga se preparar da melhor forma.

O consórcio apenas possibilita o pagamento total da viagem. Por isso, aproveite para pesquisar muito bem e veja quais são as melhores oportunidades.  

Após escolher a agência, o próximo passo é indicá-la à administradora, para que ela faça a transferência do valor da carta de crédito para possibilitar a compra. Vale lembrar que a carta de crédito possui poder de compra à vista, o que pode permitir uma boa margem de negociação com as agências.

Portanto, planeje desde já o seu próximo destino de férias com toda a família e faça um consórcio de viagens. Você pode ir para onde quiser com a segurança de uma modalidade flexível e que realiza sonhos das pessoas há mais de 30 anos.

Simulação
chat Eva