Conheça 5 formas para pagar uma viagem e escolha a melhor para você

Conheça 5 formas para pagar uma viagem e escolha a melhor para você

Você trabalha o ano inteiro, enfrenta as dificuldades do serviço, vence o estresse e, por isso, merece as férias dos seus sonhos. Mas lugares distantes ou badalados, na alta temporada, podem custar bem caro. Assim, o bom é ir conhecendo as alternativas existentes para pagar uma viagem e começar a se planejar com antecedência.

Se tem uma coisa que ninguém quer nas férias, feriados prolongados ou finais de semana é se estressar por causa de dinheiro. Já pensou não poder pagar por uma atração turística ou por uma hospedagem em boas acomodações?

Para que isso não aconteça, neste post, falaremos um pouco sobre as formas de pagamento de viagens existentes no mercado para ajudar você a se decidir pela melhor.

Qual a melhor forma de pagar uma viagem? Conheça 5 opções e decida!

Viajar é um dos principais sonhos de consumo de grande parte dos brasileiros, perdendo apenas para a compra da casa própria. No entanto, muita gente deixa de conquistar esse objetivo por questões financeiras. Mas isso acontece quando desconhecemos as alternativas de pagamento disponíveis.

Por isso, separamos 5 das opções mais utilizadas para falarmos um pouco sobre elas, destacando suas vantagens e desvantagens. Confira!

1. Pagamentos à vista

O pagamento à vista é sempre a melhor opção. Ele permite negociar descontos, além de não deixar uma dívida que pode ser desagradável na volta da viagem. Entretanto poucas pessoas possuem patrimônio suficiente para bancar passagens, hospedagem e passeios, por exemplo, de uma só vez.

Também não é fácil tirar de sua renda para investir, todo mês, um valor suficiente que torne possível quitar os custos da viagem à vista. Isso exige disciplina, economia nos gastos pessoais e muito planejamento financeiro.

2. Compra de pacotes de viagens

A compra de um pacote de viagens é interessante para quem deseja agilidade e não quer se preocupar com a organização do passeio. Geralmente, as agências dão todo o suporte para quem adquire seus pacotes. Inclusive o traslado do aeroporto para o hotel e cronogramas de eventos.

No entanto, o pagamento nem sempre é facilitado. Dependendo da agência e do destino, os valores são caros e as quantidades de parcelas permitidas são reduzidas. Portanto, é bom pesquisar bastante antes ou encontrar formas alternativas de pagar por seus serviços.

3. Parcelamento no cartão de crédito

O parcelamento no cartão de crédito é, talvez, a maneira mais prática de se comprar um pacote turístico em uma agência de viagens, alugar um carro, fazer a reserva de um quarto ou adquirir as passagens por conta própria.

A desvantagem é que os limites de crédito nem sempre são suficientes. Além disso, na maioria dos casos, a quantidade de parcelas é pequena, elevando seus valores. Se uma delas não for paga, os juros da dívida são altíssimos.

Leia também:

4. Empréstimo bancário

Na verdade, o que algumas instituições bancárias chamam de crédito viagem, nada mais é do que um CDC (Crédito Direto ao Consumidor). Assim, são cobrados juros, taxas e impostos que podem dobrar o valor emprestado no término dos pagamentos. Isso se seu crédito for aprovado antes.

A vantagem dessa modalidade é o dinheiro rápido para quem tem pressa, não se planejou direito e, mesmo assim, quer viajar.

5. Consórcio de viagens

Como o consórcio de viagens é um tipo de autofinanciamento, não há cobrança de juros, tornando-o mais barato do que outras formas de crédito. Ainda, ajuda no planejamento financeiro, pois as parcelas são cobradas todo mês, reduzindo o risco de perder a disciplina para poupar.

Sua desvantagem, porém, é que o recebimento da carta de crédito pode acontecer já no primeiro mês, mas também somente no último. Por isso, é interessante para quem está planejando a viagem dos sonhos com antecedência.

Como vimos, há diversos modos de se pagar uma viagem. A escolha dependerá das suas necessidades, possibilidades e, mais importante, do planejamento. Nesse sentido, o consórcio é uma boa alternativa, já que não cobra juros, tem prazos longos e ajuda a poupar para conquistar a viagem dos seus sonhos.

O que achou do consórcio de viagens? Ficou alguma dúvida ou interesse por mais informações? Então entre em contato conosco para que nossos consultores possam ajudar você!

Imagem Consorcio Embracon CTA
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva