É possível morar em studio?

É possível morar em studio?

De tempos em tempos, os padrões de consumo tendem a mudar. Mesmo quem considera a compra de um novo lar não está imune aos processos de mudança. Foi assim que os apartamentos tomaram conta das grandes cidades, facilitando o acesso para quem deseja morar em uma boa localidade e com opções de lazer dentro do condomínio.

Da mesma forma que os apartamentos vieram para ficar, principalmente nas metrópoles, outras possibilidades de moradia têm surgido. Derivado do apartamento, nos últimos anos uma tendência tem atraído milhares de pessoas: os studios.

Mas, como eles funcionam? É possível morar em um studio tranquilamente? Vamos responder estas perguntas a seguir.

O que é um apartamento studio

De forma bem simples, o studio é um apartamento mais compacto, que possui boa parte de seus cômodos integrados - com exceção do banheiro, é claro!

Sabe aqueles locais em que é possível ter fácil acesso ao quarto, sala e cozinha tudo ao mesmo tempo, dentro de um ambiente com poucas barreiras? É assim que é composto um studio.

Eles foram criados com o objetivo de gerar mais praticidade para pessoas que preferem ter uma boa localidade, em vez de um local mais amplo. Trata-se de uma ótima opção para quem mora sozinho ou faz parte de um casal sem filhos, por exemplo.

Por mais que você não usufrua de amplo espaço, o studio tem várias vantagens, que iremos explicar a seguir.

Quais são as vantagens de morar em um studio?

Confira algumas das principais vantagens de escolher um local mais compacto para morar, como o studio.

  • Mais fácil de limpar: dessa forma, não precisa dedicar horas por semana para lidar com a faxina do dia a dia.

  • Boa localidade: muitos studios estão localizados em bairros próximo à região central, facilitando bastante o acesso para quem trabalha presencialmente.

  • Mais praticidade para o dia a dia: ao focar no que é essencial, você consegue realizar suas principais tarefas com poucas interrupções, ganhando mais tempo para o que realmente importa para você.

  • Valor mais barato: por conta do tamanho reduzido, a compra ou aluguel de um studio sai bem mais em conta do que um apartamento mais amplo ou uma casa localizada em um bairro residencial, seja um sobrado ou térreo.

  • Conforto à sua maneira: com toda a simplicidade e minimalismo, é possível fazer com que o seu studio proporcione conforto no seu dia a dia, possibilitando a estruturação de um escritório próprio integrado aos demais cômodos do seu lar.

Com espaço integrado, você tem a possibilidade de deixar o seu studio o mais funcional possível. Para isso, vale a pena focar em uma decoração que não só aproveite cada espaço, como facilite suas principais tarefas no dia a dia.

Quem pode morar em um studio?

Por conta de todos os benefícios apresentados, os studios têm atraído jovens que não querem gastar demais com moradia ou pessoas que costumam viajar aos fins de semana, seja para visitar os familiares ou para se aventurar em determinados períodos.

Se você costuma sair bastante e utilizar a sua casa para os principais afazeres diários, o studio pode ser uma boa alternativa de compra.

Mesmo pessoas que trabalham no formato home office podem desfrutar dos benefícios de um studio, montando um espaço integrado que facilite o seu dia a dia.

Quando um studio não é recomendado

Por mais que apresente diversas vantagens, o studio pode não ser a melhor solução de moradia para algumas pessoas, como:

  • Famílias com filhos: com um espaço tão compacto, fica difícil dar mais privacidade para os integrantes da família.

  • Pessoas que têm algum pet: a falta de espaço também impede o livre trânsito de pets, principalmente cachorros. Quem tem um gatinho de estimação, porém, até pode arriscar morar em um studio. Mas, ainda assim, o local pode ser muito pequeno para que o bichano circule livremente.

  • Pessoas muito caseiras: se você costuma passar muito tempo em casa, o studio pode não ser uma boa opção. Isso porque você terá poucas opções para passar o tempo, dependendo apenas da televisão ou do computador, por exemplo, por conta do espaço contíguo.

Consórcio: uma boa forma de investir em um studio

Se, apesar do espaço menor e mais integrado, você ainda se identifica com o studio, pode muito bem contar com o consórcio para realizar essa compra.

Comparado a outros tipos de imóveis, o studio costuma ser mais barato, com a vantagem adicional de estar bem localizado na cidade em que mora (ou pretende morar).

Para isso, conte com o consórcio de imóveis. Basta selecionar o valor da carta de crédito, que corresponde ao total do bem, e a quantidade de parcelas durante a simulação do seu consórcio.

Em seguida, você saberá o valor das mensalidades, já com acréscimo das taxas de consórcio. Trata-se de uma economia significativa, principalmente quando comparada com o financiamento, em que o imóvel pode custar mais que o dobro do seu valor original.

Pelo consórcio, você não precisa pagar valor de entrada, muito menos de juros. Ao fechar o contrato, você entra em um grupo com outros consorciados e participa das assembleias, onde são feitas as contemplações.

Você pode ser contemplado com a carta de crédito através dos sorteios ou com a oferta de um lance, que é um valor a mais que todos podem tentar em seus grupos. O maior valor determina o vencedor do lance. No caso de consórcio de imóveis, você pode contar com o uso do FGTS.

Ao ser contemplado, você tem acesso ao valor integral da carta de crédito, que dá poder de compra à vista para o seu studio. Pesquise os valores com antecedência e negocie a melhor aquisição para você.

Faça agora mesmo uma simulação de consórcio de imóveis e invista na realização do seu sonho.

chat Eva