Vale a pena comprar um terreno?

Vale a pena comprar um terreno?

Realizar o sonho de ter a casa própria é um dos maiores acontecimentos na vida de um brasileiro. Trata-se de um bem de alto valor, que precisa ser planejado do começo ao fim para que se materialize da forma que você e sua família tanto esperam.

E, quando se fala em ter o seu próprio lar, existem diversas formas de se chegar lá. Enquanto algumas pessoas optam por imóveis construídos para, depois, realizar algum tipo de reforma, outros preferem planejar e acompanhar todo o processo de construção do seu novo lar.

Nesses casos, a melhor opção é investir em um terreno.

Por mais que pareça simples, a compra de um terreno envolve uma série de variáveis. É preciso observar bem as medidas do local, para ver se comporta a materialização do seu sonho.

A verdade é que planejar a casa desde o início pode ser uma atividade instigante. Afinal, você tem controle de todo o processo e pode ter muitas vantagens por essa escolha.

Mas, será que realmente vale a pena comprar um terreno? A seguir, vamos trazer algumas dicas importantes.

Defina a planta da sua casa

Imagine como seria a casa dos seus sonhos. Ter um bom espaço para garagem, uma sala de estar ou até mesmo um espaço em que possa pôr piscina, churrasqueira e um grande quintal para os cachorros.

Dependendo do tamanho do terreno que você for comprar, você pode dispor todos os cômodos da maneira que você quiser.

Mas, atenção nessa etapa: é preciso ter a assinatura de um engenheiro ou arquiteto antes de começar a construir, para que possa obter uma documentação municipal vinculada à cobrança de IPTU.

Por isso, faça uma escolha criteriosa dos profissionais e acompanhe a concepção da planta da sua casa, considerando o que você e sua família realmente esperam de um lar.

Economia para construir

Ao construir a casa, você tem mais controle dos materiais utilizados e do tempo levado para que tudo saia conforme o planejado.

Dessa forma, é possível negociar compras de materiais e pesquisar pedreiros, engenheiros, entre outros profissionais que irão trabalhar na construção. Se você contratar um bom profissional de engenharia ou arquitetura, pode participar do processo de decisão em todos esses momentos.

Nessa etapa, é preciso ter cuidado. Quanto maior a demora para realizar determinado serviço, mais caro ele fica, já que muitos deles trabalham a partir de uma diária. O ideal é consultar mais de um profissional e, se possível, pedir indicações.

Uma boa dica é estipular um teto do quanto deseja gastar com a sua moradia. Dessa forma, você evita lidar com imprevistos durante a execução da obra e consegue economizar mais a longo prazo.

Com um pouco de paciência e planejamento, você consegue ter um bom desconto na hora de construir a casa própria a partir da compra do seu terreno.

Não precisa ter pressa para construir

Claro que existem muitos custos quando se fala em uma construção. Para deixar do jeito que gostaríamos, então, o custo pode ser maior, principalmente quando se tem pressa.

De qualquer forma, todas as etapas de construção precisam ser bem calculadas, para evitar imprevistos.

E, como você é o proprietário do terreno, pode muito bem conduzir o ritmo das obras. Faça esse planejamento com o auxílio de uma planilha, sempre considerando os seus rendimentos mensais. O ideal é não concentrar mais que 30% para os gastos com a sua construção, para que não passe por algum aperto financeiro.

Valorização do imóvel

Antes de definir a compra do terreno, é essencial verificar a localização. Não se prenda a bairros nobres; muitos deles podem se desvalorizar ao longo do tempo.

Por outro lado, há regiões que são promissoras - mesmo as mais afastadas das regiões centrais. Observe construções de hospitais, supermercados e, principalmente, construção de estações de trem e metrô, que tendem a valorizar bastante os bairros.

Morar em uma região promissora pode fazer com que o seu imóvel seja bastante valorizado, caso, no futuro, se interesse em vender ou colocar uma placa de aluguel.

Liberdade para ampliar a obra

No futuro, você pode subir mais um andar para o sobrado ou até mesmo adiar o plano de colocar uma piscina.

Afinal, com a compra de um terreno, tudo fica à mercê do seu tempo.

É importante lembrar que obras custam caro, e muitas vezes a empolgação precisa ser controlada, para não extrapolar demais os gastos.

Compre um terreno com o consórcio

Sabia que você pode contar com o consórcio de imóveis para a compra do seu terreno?

Esse processo é mais simples do que imagina. Antes de tudo, defina um valor para a compra que deseja realizar - mesmo que não identifique qual terreno quer comprar.

Dessa forma, você já pode realizar o processo de simulação de consórcio em uma administradora de confiança, como a Embracon, que possui autorização do Banco Central do Brasil (Bacen).

Primeiramente, é preciso escolher o valor de carta de crédito, que equivale ao valor total da sua compra. Depois, você pode selecionar a quantidade de parcelas. É possível simular a compra do seu bem quantas vezes quiser. O importante é definir um valor de carta de crédito e de mensalidade que esteja de acordo com os seus rendimentos mensais.

Ao assinar o contrato, você entra em um grupo de consórcio e participa das assembleias. É possível ser contemplado por sorteio ou com a oferta de um lance. No caso de consórcio de imóveis, você pode utilizar o valor do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para a sua oferta.

Após passar por uma análise de crédito na contemplação, você finalmente pode utilizar a sua carta para a compra de um terreno, com poder de compra à vista.

Viu como é fácil dar início à realização do seu sonho? Faça uma simulação de consórcio de imóveis e invista em um terreno para a construção do lar que sempre quis.

chat Eva