Morar sozinho: como economizar e crescer financeiramente

Morar sozinho: como economizar e crescer financeiramente

A maioridade chegou e com ela as responsabilidades? Você sente que está ficando para trás dos seus amigos que já pagam o próprio aluguel? Seus pais já mandaram diversas indiretas para você se mudar e você finge que não ouviu? Sim, sair da casa dos pais é um grande desafio, deixar para trás todo o conforto e mordomia principalmente. Mas para te auxiliar nesse momento, acompanhe aqui algumas dicas que vão te ajudar nessa nova jornada.

Dando o primeiro passo

Se você mora sozinho ou pretende morar sozinho, saiba que ter uma casa para chamar de sua tem várias vantagens como, mais privacidade, liberdade, não ter que dar satisfação a ninguém, ligar para amigos a qualquer hora, entre outras coisas. Mas com essas vantagens, também vem muitas responsabilidades e caso seu objetivo seja crescer financeiramente e conquistar sua independência você terá que aprender a ter um padrão de vida compatível com a renda.

Para começar tenha em mente que, para manter uma casa é necessário economizar para crescer financeiramente, então procure ter um planejamento pré-estabelecido.  

Como economizar?

Sabe aquele boleto do cartão atrasado? Aquele jogo novo que você está louco para comprar, ou aquela roupa de marca caríssima que você está acostumado a usar? Pois bem, agora é o momento de você quitar essas dívidas e pensar em começar a ter um padrão de vida um pouco abaixo do que você está acostumado.

Morar sozinho faz com que suas despesas mudem, o que ontem era um tênis de marca, hoje pode se tornar uma conta de luz, um sabão em pó, saco de lixo entre outros, e você precisará se adaptar a essas mudanças, encare sua realidade financeira e não tente gastar além do que você poderá pagar e nunca se esquece de planejar antes de tomar qualquer decisão.

Além disso, não ter dívidas não é o suficiente, busque ganhar e investir seu dinheiro para crescer financeiramente.

Como crescer financeiramente e morar sozinho?

O que fazer para ter um planejamento financeiro e como economizar para ter um padrão de vida agradável e morar sozinho são tarefas difíceis, mas não impossíveis.

Nesta etapa, é importante gastar menos do que ganha, conhecer o seu perfil de investidor, ter um padrão de vida compatível com a renda, orçamentos de controle, reduzir o consumo por impulso, evitar dívidas excessivas, usar o crédito de forma consciente, economize dinheiro todos os meses, ter metas e objetivos financeiros claros e fundos de emergência, investir fundos para atingir seus objetivos e aumentar o patrimônio líquido.

Faculdade? Futuros sonhos?

Tenha suas metas e objetivos bem definidos, se você deseja fazer uma faculdade, viajar com os amigos ou ter o próprio negócio, avalie se esse é o melhor momento para se mudar pois com tantas despesas diárias, em muitos casos, nem paramos para avaliar se devemos economizar para essas possíveis situações onde a vontade de crescer financeiramente é tão grande. Sendo assim, invista fundos para atingir seus objetivos e aumentar o patrimônio líquido e aprenda a usar o crédito, pois pode ser um aliado ou inimigo da sua vida financeira depende de como e com que frequência você o usa.

Determine o local onde irá morar

Encontrar um bom lugar para morar é de extrema importância na hora de sair da casa dos pais. Uma propriedade é perfeita apenas se sua localização for adequada ao seu estilo pessoal e financeiro, como já vimos é o momento de economizar, então você terá de pesquisar os melhores valores de aluguel e condomínio, os quais entram no seu orçamento mensal. Mas lembre-se: não tente pagar um aluguel que exceda o seu orçamento. O aluguel deve representar uma parte do que você pode pagar a cada mês, cerca de 30% ou 40% do seu salário. Portanto, analise se o valor imóvel corresponde a sua receita e outras despesas. Uma boa opção é investir no consórcio para imóveis.

Dicas para quem vai morar sozinho

Despesas como aluguel, contas de água e compras fazem parte do dia a dia de quem vive sozinho. São contas após contas, e se você não se organizar, elas podem se tornar uma bola de neve em forma de dívidas. Antes de sair de casa de seus pais, você precisa limitar o custo máximo de cada despesa que você pode pagar. E além de tudo isso tente controlar sua animação, a alguns gastos como chamar os amigos para passar o fim de semana ou fazer festas, podem parecer muito atraentes, mas esses, gastos invisíveis e compras por impulso podem custar caro e geralmente quem paga a conta é o anfitrião, tente dividir os  gastos com os convidados para que o custo não ultrapasse seu orçamento.

Móveis

Casa nova, móveis novos certo? Não exatamente, quem começa a morar sozinho não pode esperar que o novo imóvel seja digno de capa de revista, muito menos, móveis gigantes e caros. Separe parte do seu orçamento para a compra dos móveis, você pode fazer pesquisas em diferentes sites e lojas físicas para encontrar o melhor valor, ou optar pela compra de móveis usados. Nas redes sociais como Facebook, facilmente você encontrará grupos os quais fazem divulgação de móveis e eletrodomésticos usados com um bom preço. Outra opção é você buscar dentro da sua própria casa, provavelmente sua avó, seus pais ou aquele tio próximo tem algo que lhe interessa: copos, talheres, toalhas ou até mesmo uma cama. Obviamente, é importante certificar-se de que esses itens não sejam mais úteis para eles, mas para você.

Mantenha suas contas em dia

Não se trata apenas de morar sozinho, você precisa manter sua casa e pensar em como economizar para crescer, o principal passo para isso é manter suas contas em dia, pois se atrapalhar e acabar deixando alguma conta para o mês seguinte e acabar não conseguindo dar conta é muito fácil.

Controle os gastos na hora das compras como alimentação, você não terá alguém que faça as compras ou o jantar, então você terá de fazer a comida, não se engane comer todos os dias em restaurantes ou padarias pode parecer a melhor opção, mas também é a mais cara. Procure ir ao supermercado mensalmente e comprar apenas o necessário para passar o mês.

O que achou deste artigo? Continue nos acompanhando para ter acesso aos melhores conteúdos da Embracon.

Simulação
chat Eva