Que tipo de consórcio escolher para começar a adquirir bens

Que tipo de consórcio escolher para começar a adquirir bens

A maioria das pessoas não sabem, mas existem vários tipos de consórcios. O surgimento do consórcio no Brasil começou na década de 1960 e também é comum em outros países, permitindo a compra de diversos bens e serviços, o que se constitui em um método de investimento muito interessante.  

Ao reunir pessoas com interesses comuns, pode-se criar um fundo igualitário, que torna as compras possíveis e dá aos membros do consórcio a oportunidade de se organizarem financeiramente e com regularidade, economizar uma determinada quantia para atingir objetivos, como o sonho de possuir um imóvel ou um carro novo.  

Neste artigo, você aprenderá quais são as variantes existentes e quais são os detalhes sobre como elas funcionam. Acompanhe a leitura até o fim e fique por dentro do assunto!

Conheça os tipos de consórcio para adquirir bens

O consórcio é uma opção segura para o parcelamento, pois não tem juros de financiamento e concede aos consorciados o direito de barganha na hora da compra do bem.

Segundo dados da ABAC (Associação Brasileira dos Administradores de Consórcios), os registros de vendas bateram recorde. Isso mostra que o poder desse modelo está crescendo.  

Consórcio de automóveis

Considerado o tipo de consórcio mais popular, quase todos os modelos podem ser adquiridos: desde automóveis de passeio a caminhões e tratores, com o Consórcio de Veículos Pesados.

Consórcio de motos

O consórcio de motos é muito acessível, por isso chama a atenção de tanta gente - você consegue montar uma parcela que cabe no seu bolso! Através do consórcio para moto, você pode adquirir a sua moto com prestações muito baixas.  

Além disso, você não precisa pagar juros ou entrada. Ao receber a recompensa, você pode escolher com flexibilidade o modelo, marca e cor de acordo com o valor da carta de crédito. A taxa de administração é fixa e diluída na parcela planejada.

Consórcio para compra de imóveis

Outro tipo de consórcio é o consórcio imobiliário, que promove a aquisição de casa própria. Você pode comprar imóveis residenciais e comerciais, e quem quiser começar do zero também pode comprar novos terrenos.

Todos possuem planos flexíveis e vantajosos para esta categoria. O consórcio se mostrou uma opção mais viável porque pode evitar que os consumidores gastem altas taxas de juros.  

Para imóveis, a Embracon oferece um plano de 240 meses. Além disso, você pode ofertar seu lance com o seu FGTS.

Imóveis como investimento

Muitas pessoas utilizam os consórcios imobiliários como forma de investimento, aferindo receitas de aluguel ou buscando locais para atividades profissionais.

Quando se trata de consórcios imobiliários, o mais interessante é a possibilidade de possuir um imóvel sem pagar juros. Mês a mês, por meio de sorteio ou lances, os consorciados são contemplados.

Os planos dos consórcios imobiliários costumam variar de 36 a 240 meses. A taxa de administração é fixa e diluída em parcelas, podendo o FGTS ser utilizado para descontos nas parcelas e licitações.  

Consórcio de serviços

Com o passar dos anos, aumentou a contratação de outro tipo de consórcio, o consórcio de serviços. Entre eles estão: planejamento de educação (faculdade, pós, colégio, intercâmbio), festas (casamento, 15 anos, formatura, festas no geral), viagens, cirurgia plástica, entre outros.  

Entenda como funciona o consórcio

A ideia é simples. Imagine, por exemplo, que você quer comprar um carro, mas não tem valor suficiente para pagar à vista, e não pode pagar os juros cobrados pelo método de parcelamento. Mesmo se você tiver os recursos, talvez queira deixar em uma aplicação financeira.  

Olhando em volta, não há dúvida de que um grande número de pessoas se encontra em uma dessas hipóteses. Outra opção é associá-los a uma compra coletiva, por meio da qual cada integrante do grupo se compromete a pagar em parcelas mensais.  

O pagamento mensal mais as contribuições de outras pessoas que participam do grupo formarão dinheiro suficiente para um ou mais participantes pagarem e podem usar uma carta de crédito para comprar os bens repassados. Este processo será repetido em todo o grupo, até que todos os membros possam obter os bens fornecidos.

Resumindo, é assim que funciona o consórcio.

Os benefícios do consórcio para começar a adquirir bens

A verdade é: os investidores inteligentes estão sempre em busca de métodos operacionais. Um dos principais objetivos é diversificar seu investimento para garantir a segurança. Portanto, se o mercado financeiro os prejudica por um lado, eles ganham por outro.  

A ideia está relacionada a:

  • Liquidez: investir parte dos recursos em algo de menor rentabilidade para que possa ser sacado a qualquer momento;  
  • Rentabilidade: aumentar o retorno de toda a carteira de investimentos;  
  • Segurança: minimize a chance de perder dinheiro tanto quanto possível.

Quando a analisamos, o consórcio é uma das melhores escolhas porque oferece diversas vantagens e muita segurança. Não é à toa que vem crescendo de forma constante, principalmente porque é um substituto da crise financeira.

Motivos para fazer um consórcio

A ideia do consórcio é interessante porque oferece a possibilidade de obter bens e serviços que requeiram alto valor de entrada sem pagar.  

Outra vantagem do consórcio é a flexibilidade, pois você pode planejar e escolher cartas de crédito de acordo com suas condições. Isso é muito importante porque o valor da parcela não afetará seu orçamento mensal.  

Portanto, é recomendável que você analise o plano para ver qual é o melhor para sua situação financeira.

Consigo aumentar o patrimônio com o consórcio?

A versatilidade sempre foi a força do consórcio. Além de permitir a utilização de cartas de crédito para a compra de quaisquer ativos de um mesmo grupo, também é uma excelente forma de investimento. Ou seja, quem quer aumentar o patrimônio, deve sempre considerar o consórcio.  

Dicas para aumentar o patrimônio com cotas

Mas que tipo de consórcio é a melhor oportunidade de investimento? Isso dependerá de uma avaliação cuidadosa do seu perfil de investidor. É preciso entender quais são seus objetivos, o prazo de aplicação e os recursos disponíveis - inclusive uma cotação final, para prever e considerar.  

Esses fatores são fundamentais, pois mesmo com vantagens, o consórcio não é um investimento de pessoas que buscam retorno rápido. Embora isso seja compensado por não cobrar juros e taxas de segurança ao investir.  

Portanto, o consórcio imobiliário e de automóveis acaba se tornando a melhor forma de retorno sobre o investimento. Para entender como isso é possível, descreveremos essas hipóteses em detalhes abaixo.

Compra, venda e locação de imóveis

Por meio do consórcio, você pode estabelecer um bom patrimônio imobiliário, de forma a obter uma receita necessária com a venda e aluguel de imóveis. Não é incomum descobrir que os investidores possuem apenas uma propriedade no início e, em seguida, adquirem várias outras propriedades por meio de um novo consórcio.  

Funciona assim: imagine que você faz parte de um consórcio imobiliário e paga parcelas regulares antes de considerá-lo. Com uma carta de crédito, você fica com o imóvel, mas ainda precisa continuar pagando uma parcela até o final.  

Quem quer investir em imóveis pode receber pelo aluguel do primeiro imóvel e usar o dinheiro premiado para descontar as demais parcelas. A parte do orçamento destinada a esse fim pode ser realocada para uma nova cota, que se transforma em outro atributo no futuro, formando um círculo virtuoso.

Compra e venda de veículos

Outra opção é um veículo. A vantagem é que são mais fáceis de obter, portanto, apresentam maior rotatividade. As transações envolvendo carros usados ​​são possíveis porque a carta de crédito do consórcio permite a compra de veículos nessas condições.  

O lembrete, nesse caso, é sempre avaliar as condições de mercado para encontrar boas oportunidades e reinvestir parte dos recursos obtidos com as vendas em novas cotas de consórcio.  

Além de servir de guia para aumentar o patrimônio de um consórcio, este artigo também busca demonstrar o desenvolvimento da indústria no Brasil, que se consolidou como uma das mais importantes do mercado.  

Se não fosse por ele, muitas pessoas sem crédito não teriam condições de comprar carros, imóveis e serviços diversos. Tudo isso faz a economia funcionar e criar oportunidades constantemente.

A melhor opção para começar a adquirir bens é o consórcio

Com base em todas as dicas que listamos neste artigo, entendemos que o consórcio é sempre uma boa solução para quem pretende fazer futuras aquisições mas não tem o valor total de compra.  

Uma das maiores vantagens é a isenção de juros, o que torna o investimento mais rentável. Principalmente em comparação com financiamento bancário. No entanto, antes de entrar no consórcio, é necessário fazer uma verdadeira parceria com a administradora e seu regulamento.  

Dessa forma, você pode evitar constrangimento e garantir que o administrador seja confiável. Com uma equipe dedicada, a Embracon possui vendedores que são registrados e especialistas no assunto.  

Não importa quem seja o seu corretor, ele está empenhado em saber o que está vendendo. Quanto à forma de contratação, a Embracon mantém canais de atendimento não terceirizados e premiados (Prêmio Consumidor Moderno - Prêmio de Relacionamento com o Cliente Excelente).  

Para esclarecer suas dúvidas, fazer simulações e estabelecer parcerias, disponibilizamos chat online, e-mail e telefones para contato. Sem falar nas nossas filiais em todo o Brasil. Através do nosso site, você encontrará tudo o que precisa para ingressar no consórcio.

Entre em contato conosco para começar a adquirir bens hoje mesmo!
Simulação
chat Eva