Qual a melhor época para fazer um consórcio?

Qual a melhor época para fazer um consórcio?

Ao decidir comprar um bem de alto valor, como uma casa ou um carro, as pessoas costumam pesquisar diferentes tipos de opções. O objetivo é entender qual a melhor forma de pagar pela compra, sempre levando em consideração as condições oferecidas.

Porém, existe outro aspecto que as pessoas costumam pesar: a melhor época do ano para realizar determinada compra.

Por exemplo, digamos que você queira comprar um carro: em alguns momentos do ano, um carro zero km pode soar como melhor opção, talvez por conta da alta oferta. Em alguns momentos, o andamento da economia pesa bastante: se alguns índices inflacionários estiverem muito altos, talvez seja a hora de repensar e aguardar mais um pouco para realizar a compra.

Mas, em relação ao consórcio, como será que funciona? Existe uma época em que é mais benéfico fazer o investimento nessa modalidade? Vamos explicar como funciona a seguir, confira.

Época para o consórcio existe?

Antes de tudo, é preciso ressaltar como funciona o consórcio. Trata-se de uma forma de investir em um bem de alto valor - como carro, casa, moto, serviços ou até mesmo ônibus e caminhões - sem ter que pagar valor de entrada ou juros nas mensalidades.

Para que o consórcio funcione, as administradoras formam grupos, com pessoas que possuem interesses de compra semelhantes. Todos eles contribuem mensalmente com as cotas e participam das assembleias, onde é possível ser contemplado de duas formas: por meio dos sorteios ou com a oferta de um lance, em que o maior valor define o vencedor.

É o consorciado que define o valor da carta de crédito em que deseja investir e a quantidade de parcelas que pretende dividir o pagamento da cota.

E isso pode ser feito em qualquer época do ano. Por ser uma modalidade flexível, com o objetivo de facilitar a forma de adquirir um bem de alto valor, o consórcio é um tipo de investimento bem estável, sempre de acordo com a situação financeira de cada um.

Então, se você deseja fazer um consórcio, não se preocupe com a época ideal. O melhor momento para você é o melhor momento para fechar um contrato.

O mais importante é que você consiga se organizar financeiramente para pagar pelo seu consórcio e, assim, ter uma experiência positiva.

Para que você consiga realizar os seus sonhos sem ter que se comprometer com valor de entrada ou pagar juros nas mensalidades, vamos dar algumas dicas para você se planejar financeiramente.

Como funciona o consórcio

Como dissemos, não existe a melhor ou pior época para fazer um consórcio. Isso depende mais do seu momento financeiro que de qualquer outra coisa.

É importante ressaltar que o consórcio é um investimento a longo prazo. Quanto mais financeiramente preparado você estiver para lidar com a sua cota, melhor será a sua experiência de pagar pelo consórcio.

Antes de tudo, é preciso entender o que você realmente deseja comprar. Converse com todas as pessoas da família, para ver se estão alinhados com os seus objetivos.

Quando se sabe o que quer, fica mais fácil ter uma boa experiência com o consórcio. Por mais que você não tenha acesso imediato ao bem, você consegue decidir melhor o valor que deseja para a aquisição do bem e se organizar para os pagamentos mensais.

Após saber o que deseja, defina um valor como teto para essa compra. Este valor pode ser a sua referência para a escolha da carta de crédito no momento da simulação.  

Ao ser contemplado, você pode usar até 10% da carta de crédito para lidar com despesas burocráticas, ou até mesmo comprar um bem de valor superior à carta de crédito e completar com os seus próprios recursos.

Com a ajuda do simulador, você pode determinar o valor para a compra do bem e a quantidade de mensalidades que deseja pagar. Por regra do Banco Central do Brasil (Bacen), o valor da mensalidade não pode ultrapassar 30% dos rendimentos mensais do interessado. Para isso, a administradora faz uma breve análise antes de fechar o contrato.

A seguir, vamos trazer algumas dicas de planejamento para que você fique o mais preparado possível para fazer o seu consórcio.

Como se planejar para o consórcio

Para que você tenha uma boa experiência com o consórcio, é preciso que mantenha uma boa saúde financeira. Sem dívidas, fica mais fácil se organizar para o pagamento da cota e até mesmo fazer a oferta de um lance. Confira nossas dicas a seguir:

  • Mantenha uma boa saúde financeira: o ideal é que você tenha uma planilha financeira, para manter o controle de todas as suas receitas e gastos. Dessa forma, você consegue se organizar para eliminar gastos supérfluos e conseguir focar no que realmente é importante.
  • Tenha uma reserva de emergência: com uma reserva, você fica mais tranquilo para investir em bens de alto valor. O ideal é que a sua reserva de emergência seja de, pelo menos, seis vezes o valor líquido que a família tem à disposição mensalmente.
  • Selecione um valor saudável de parcela: quanto menor o impacto da mensalidade do consórcio nos seus rendimentos mensais, melhor. Faça a simulação do consórcio quantas vezes for necessário para chegar ao valor ideal.
  • Junte dinheiro para a oferta de lance: o lance possibilita antecipar a aquisição do seu bem. Embora a proposta não garanta a contemplação, você pode se organizar para dar um valor de lance e até mesmo acompanhar o melhor momento de fazer a sua proposta. A vantagem é que você pode fazer a oferta quantas vezes quiser. Portanto, se outro consorciado for contemplado quando ofertar a sua proposta, não desanime; você pode juntar ainda mais dinheiro e tentar nos meses seguintes.

Com essas dicas, esperamos que você invista o quanto antes na realização do seu sonho. Faça uma simulação de consórcio e defina quanto quer pagar por mês. Você contará com a experiência incrível de uma modalidade que realiza sonhos dos brasileiros há mais de 50 anos.

Simulador
chat Eva