O que analisar antes de comprar um imóvel

O que analisar antes de comprar um imóvel

Comprar um imóvel é um grande investimento e demanda muito tempo de pesquisa e análise para garantir a melhor decisão.

Desse modo, não se trata de uma decisão que se toma de um dia para o outro. É necessário ter muito planejamento e estar consciente para que tudo ocorra da melhor maneira possível, evitando problemas no futuro.

Realizar um sonho como esse tem ficado cada vez mais fácil, principalmente com os consórcios, que facilitam muito a vida daqueles que querem ter a sua própria casa.

No entanto, apesar das facilidades, é importante que se tomem alguns cuidados antes de fechar a compra. Pensando nisso, neste artigo vamos detalhar o funcionamento de um consórcio de imóveis e o que precisa ser analisado antes de comprar um imóvel.

Confira!

Afinal, o que analisar antes de comprar um imóvel

Sabemos que essa não é uma parte simples, mas a gente te ajuda.

Conheça o limite financeiro antes de comprar um imóvel

Adquirir um imóvel requer um investimento considerável, seja quanto ao tempo gasto para lidar com todos os detalhes, seja quanto às próprias finanças.

Logo, é preciso conhecer todos os custos que estarão envolvidos no negócio e estar preparado para arcar com o pagamento de impostos e gastos extras que fazem parte de uma compra como essa. Por isso, antes de fechar a compra, confira todas as suas finanças e escolha um imóvel que esteja na sua base de ganho.

Caso opte por consórcio ou financiamento, não hesite em fazer projeções e estar a par de todas as obrigações, valores e taxas que lhe serão oferecidos. Isso é extremamente importante para evitar preocupações futuras!

Saiba como será feito o pagamento do seu imóvel. É um ponto que deve ser avaliado com muito cuidado. Por isso, é importante enfatizar a necessidade de realizar uma análise minuciosa de todo o seu financeiro e ter certeza do tamanho do seu orçamento.

Foque nas necessidades da sua família

Analise quais são as necessidades da sua família. Para tanto, faça algumas perguntas para si mesmo:

  • Qual o tamanho ideal da casa?
  • Qual o tamanho da sala e da cozinha que desejo?
  • Quero churrasqueira, jardim, piscina ou playground?
  • quantas vagas na garagem são necessárias?

Enfim, é preciso analisar questões como essas e várias outras para que você possa fazer um bom planejamento familiar e comprar um imóvel que vai atender a todas as suas necessidades.

Avalie os documentos

Por que é tão importante analisar os documentos na hora de comprar um imóvel?

Simplesmente porque essa análise vai resguardar o comprador, que vai ficar sabendo se há processos, litígios, dívidas e demais impedimentos para a aquisição do patrimônio.

No caso do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), por exemplo, o dono do imóvel deve quitar todos os débitos pendentes antes de vendê-lo. Caso isso não seja possível, o comprador tem o direito de negociar um desconto no valor do imóvel. Assim, ele vai transferir a dívida para o seu nome e quitá-la.

Além das certidões negativas e dos documentos do vendedor, é necessário correr atrás de toda a documentação do imóvel, como a matrícula atualizada, que vai apontar se existem impedimentos para a venda, como hipoteca, penhora judicial ou indisponibilidade.

Em caso de apartamentos, é importante pedir também a declaração de inexistência de débitos do condomínio. Lembre-se de que são muitos detalhes em uma contratação antes de comprar um imóvel. Assim, tanto quem compra como quem vende devem estar a par de todos os detalhes para evitar incômodos e transtornos indesejáveis.

Antes de fechar o negócio, leia todas as cláusulas com atenção e tenha certeza de que conhece todas as características do imóvel.

Estrutura do imóvel

O ideal é que toda a condição do espaço seja avaliada, embora seja um imóvel novo. Então, verifique fechaduras, janelas, pintura, torneiras, pias, portas, chuveiros, vidros, ralos, pisos, interruptores. Não deixe de constatar se existem vazamentos ou rachaduras nas paredes e no teto.

Lembre-se de que os imóveis novos podem ter problemas também, e é por esse motivo que se deve tomar alguns cuidados.

Incidência solar

Um detalhe que muitas vezes passa despercebido no momento da compra de um imóvel é a posição dele em relação ao Sol. É exagero? De forma alguma.

É um poderoso fator que vai influenciar e determinar o conforto térmico da sua casa, contribuindo até para a valorização do imóvel. Como fazer essa análise?

Verifique a planta do imóvel

É muito difícil alguém comprar um imóvel sem olhar a planta, concorda? Então, nesse momento, aproveite para avaliar o posicionamento das janelas. Caso elas estejam voltadas para o norte, certamente a incidência solar vai ser maior.

Essa iluminação vai garantir economia na conta de luz, uma vez que os raios do Sol estarão presentes na sua residência o dia todo. Além disso, você vai poder cuidar das plantas com mais facilidade e ainda poder fazer uma horta, caso desejar.

Leve a região em conta

De modo geral, saiba que a incidência solar vai ser mais baixa no imóvel que se encontra voltado para o sul. Imóveis que são virados para o norte vão receber os raios de Sol de maneira mais direta.

Aqueles que têm a face para leste não vão apresentar muita umidade devido à iluminação da manhã. E o mesmo vai acontecer com os de fachada oeste, visto que são atingidos pelo Sol no período da tarde.

Descubra se a valorização do imóvel compensa

O posicionamento do imóvel não vai influenciar apenas no bem-estar e no conforto das pessoas que residem nele, mas também vai refletir no preço de compra.

A incidência solar na residência com a fachada voltada para o norte implica valorização de até 10% quando se compara com os imóveis que são voltados para o sul. Tal diferença pode ser maior com as mudanças do mercado imobiliário.

Entretanto, é fundamental ficar atento para as armadilhas: não adianta pagar mais por uma iluminação excelente se ela for obstruída por outras construções ou prédios, causando sombras, certo? Atente para esse detalhe e faça uma análise minuciosa para ver qual é a melhor opção para você.

Sendo assim, não deixe de fazer várias visitas no imóvel em diferentes horários e dias. Essa simples atitude vai auxiliá-lo a tomar a melhor decisão e evitar surpresas ruins após a mudança.

Após analisar essas dicas, tente refletir profundamente e compreender suas necessidades para comprar um imóvel, com a consciência de que fez a melhor compra.

Esteja atento à localização

Antes de fechar a compra, é preciso considerar a localização do imóvel, já que é um fator bastante relevante quando se fala em qualidade de vida.

Dessa forma, investigue se a construção fica próxima de estabelecimentos comerciais. Hospitais, escolas, academias, shoppings, mercados, padarias e, principalmente, do seu local de trabalho. É indispensável que você tenha isso em mente para facilitar a sua rotina.

O que mudou no mercado imobiliário nos últimos anos?

Conforme os estudos de levantamento de dados feito recentemente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), a procura por imóveis obteve um aumento significativo entre o segundo e o terceiro trimestre de 2019.

Para que você tenha uma visão mais clara, o número de indivíduos que responderam à pesquisa, que afirmaram ter intenção de comprar um imóvel nos próximos meses, aumentou de 26% para 38%.

Uma parte considerável das pessoas entrevistadas projetava que os preços se manteriam estáveis no próximo ano. Entretanto, em 2019, ninguém estava esperando por uma pandemia mundial que estava por vir, afetando economicamente os mais diversos setores do mercado.

Felizmente, o mercado imobiliário se mantém aquecido durante a crise, mesmo com tantas incertezas. Para quem tem interesse em investir no setor, existe uma série de vantagens que as crises podem proporcionar, como redução das taxas de juros de financiamentos e, consequentemente, preços de imóveis muito mais competitivos.

Esse é um das principais questões que levam ao aumento da demanda por locação de imóveis residenciais, que tendem a reagir mais rapidamente à melhora da economia. Isso quer dizer que a compra de apartamentos ou casas, com o objetivo de alugá-los, também é uma ótima forma de investimento.

Adquirir um imóvel é um investimento muito grande, e você vai precisar de tempo para garantir a melhor decisão. Boa sorte!

Quer adquirir o seu? Faça um consórcio de imóveis!
Simulação Consórcio
chat Eva