Fique por dentro: perspectivas para o mercado de consórcios em 2019

Fique por dentro: perspectivas para o mercado de consórcios em 2019

Fique por dentro: perspectivas para o mercado de consórcios em 2019

O consórcio tem sido uma alternativa cada vez mais escolhida pelos investidores brasileiros. Isso porque atende a necessidade de encontrar opções mais baratas e viáveis para a aquisição de bens.  Prova disso são as perspectivas do mercado de consórcios em 2019, que deve apresentar bom desempenho, mesmo diante de instabilidades econômicas.Esse cenário positivo no último ano tem reflexo nas boas tendências futuras. Com os números positivos, as empresas tendem a investir no desenvolvimento de novos produtos. Administradoras de consórcio devem apostar em consórcio de serviços, máquinas e equipamentos agrícolas, entre outros, o que torna os portfólios mais amplos e robustos.Neste artigo, vamos falar sobre o tema e abordar as principais tendências para o ano de 2018. Também vamos listar as vantagens de se optar pelo consórcio quando comparado às outras opções existentes. Continue a leitura e acompanhe.

Como funciona o consórcio?

O consórcio corresponde a uma modalidade de compra, em que o consorciado pode adquirir determinado bem ou serviço por meio de um grupo de consorciados. Nesse caso, o preço total do bem é convertido em cotas e divididos pelo tempo total do plano. Esse valor é pago mensalmente pelos integrantes do grupo.A cada mês, é realizado o sorteio em que um ou mais membros são contemplados. Em seguida, recebem a carta de crédito e podem adquirir o bem desejado. No final do contrato, todas as pessoas terão sido beneficiadas pelo sistema. Também é permitido ofertar lances, correspondentes ao adiantamento de parcelas, que podem acelerar o processo de compra.

Por que o consórcio é uma boa opção?

O consórcio é uma ótima maneira para realizar a compra planejada e concretizar sonhos de consumo, como aquisição de imóveis, carros, motos, viagens, estudos etc.Veja abaixo as principais vantagens do consórcio.

Ausência de juros

Um dos maiores vilões para todo investidor é a taxa de juros. Normalmente, seus valores são altos e encarecem excessivamente qualquer produto. A grande vantagem dos consórcios é o fato de não existir a cobrança desses encargos.Nessa modalidade de compra, juros não são pagos. É cobrada, apenas, uma taxa administrativa para a empresa que organiza o consórcio, porém com valor muito inferior aos juros bancários.

Parcelamento total do valor do bem ou serviço

No consórcio, a divisão do valor do bem ou serviço é feita pelo número de parcelas do contrato predeterminado, por isso, não é necessário um valor inicial alto para se começar a investir.

Uso do crédito flexível

Quando ocorre a contemplação, o valor do crédito pode ser usado de acordo com a vontade do consorciado para a compra de bens que façam parte da mesma categoria.Por exemplo, se o consórcio é para a compra de um automóvel, a escolha da marca, montadora etc. fica por conta do cliente. Assim, ele pode usar o valor conforme seu gosto pessoal.Outra vantagem, nesse caso, é o aumento do poder de negociação. Isso acontece porque o consorciado terá o dinheiro à vista e poderá conseguir condições especiais de descontos. Vantagens que um financiamento não permitiria.

Possibilidade de antecipar lances

O consorciado pode antecipar a compra do bem por meio de lances, que funcionam como uma espécie de leilão: quem oferecer a maior oferta leva vantagem. Essa é uma alternativa para quem tem disponibilidade de dinheiro e deseja ter o bem mais rapidamente.

Estímulo à compra planejada

Comprar um produto de maneira planejada é a melhor forma de economizar e manter as finanças sob controle. Nesse sentido, o consórcio é uma alternativa eficaz de se organizar e conseguir boas condições.Existem casos, por exemplo, de pessoas que usam o consórcio para programar viagens, fazer cirurgias plásticas, trocar os móveis ou mesmo fazer uma reforma no imóvel. Com paciência e disciplina, é possível se beneficiar das vantagens do consórcio e evitar pagar as altas taxas de juros impostas no mercado.

Valor do bem é sempre atualizado

O valor da carta de crédito está sempre atualizado, isso tem o objetivo de garantir que o poder de compra do bem ou serviço desejado. Como muitos grupos de consórcio duram anos, as administradoras realizam os cálculos de cada um dos consorciados e reajusta o valor das parcelas, assim eles não são prejudicados pela inflação.

Diversidade dos planos

Os contratos de consórcios são muito mais flexíveis que outros financiamentos. Antes de firmar um acordo com a administradora, você pode definir quanto precisa para comprar o bem ou receber o serviço, os valores das parcelas, por quanto tempo deseja pagar as mensalidades etc.Por essa razão o consórcio é uma modalidade de negócios que pode ser ideal para uma grande parte das pessoas que desejam melhorar de vida.

Quais as expectativas para o mercado de consórcio em 2019?

Apesar dos consórcios fornecerem tantos benefícios, é preciso saber se o momento atual é ideal para aderir a esse tipo de negócio.Para saber quais são as expectativas desse mercado, é importante entender qual a situação do cenário dos últimos anos, por quais razões esse é um mercado promissor e em quais segmentos. Confira todo esse conteúdo nos tópicos seguintes.

Mercado de consórcio nos últimos anos

Nos últimos anos o cenário do mercado de consórcios tem tido um constante crescimento. Conforme os dados fornecidos pela Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios (ABAC), no ano de 2017 foram comercializadas 2,38 milhões de cotas — que foi o melhor resultado desde 2014. Já no ano de 2018 houve um crescimento de 9,1% nas adesões.

Expectativas em geral

É inegável que este é um mercado promissor e, a partir desses dados, é possível projetar cenários para o ano de 2019. De acordo com o que foi publicado pela Diário Comércio e Indústria & Serviços (DCI), o presidente da região sul da ABAC — José Roberto Luppi —, há um aumento gradativo da confiança desse mercado pelos investidores, isso ocorre por dois fatos:

  • as pessoas estão procurando formas de proteção financeira no futuro;
  • melhora da economia brasileira de forma generalizada.

Luppi ainda afirma que as projeções da ABAC indicam um aumento de 7% no mercado, mas é plenamente possível que esse índice alcance de 13% a 15%.Outros fenômenos externos que estão impulsionando o setor dessa modalidade é a definição política atual e as expectativas macroeconômicas (mercado geral do Brasil), esses elementos favorecem o consumo dos setores de indústria e comércio. Essas mudanças estão beneficiando diretamente o mercado de consórcios de automóveis, por exemplo.Muitos investidores estão de olho em cotas de imóveis, pois os consorciados não usam o produto somente para obter uma renda extra com aluguéis, mas vendem as cotas contempladas em mercados secundários.Uma tendência cada vez mais nos consórcios de imóveis consiste na venda de cotas contempladas para ganhar no ágio, que é um valor adicional cobrado em operações financeiras, com objetivo de obter lucro. Diferentemente dos consorciados clássicos, aqueles que fazem isso são conhecidos como “consorciados investidores”.

Segmento de serviços

A lista de serviços oferecidos em consórcios desse segmento é excepcionalmente ampla e variada, sendo capaz de oferecer utilidades para todos os perfis de consorciados, alguns exemplos são:

  • viagens;
  • procedimentos estéticos;
  • estudos;
  • reformas e decoração;
  • festas de aniversário;
  • festa de casamento.

Conforme Luis Toscano, essa complexidade pode limitar a adesão de administradoras, porém também tem muito potencial.Ainda segundo a ABAC, no mês de outubro de 2018 houve um aumento de 44,4% de adesões em relação ao mesmo mês de 2017. Quanto aos dados de 2019, o Banco Central prevê boas perspectivas para 2019, já que a inflação se manterá controlada.

Crescimento dos segmentos

Os mesmos dados apontam que, nos últimos meses de 2018, o ramo de serviços tem apresentado um crescimento de 30%, o maior entre todos os consórcios. Quanto aos demais segmentos, seus respectivos crescimentos foram de:

  • eletroeletrônicos e demais bens duráveis: 29,5%;
  • veículos pesados: 8,2%;
  • veículos leves: 4%.

Quando optar pelo consórcio é mais indicado?

O consórcio é indicado sempre que o interessado buscar por uma alternativa de compra mais econômica e planejada. Isso porque, por meio dessa modalidade, a pessoa faz uma espécie de poupança, de modo que as parcelas são depositadas todo mês até que haja a contemplação.É importante ressaltar, no entanto, que esse é um modo econômico para se adquirir o bem, porém é indicado para quem não tem urgência para essa compra.Como o grupo do consórcio é composto por várias pessoas, não há como garantir, com precisão, quando cada consorciado será beneficiado. Isso pode acontecer tanto em sua primeira mensalidade, como somente na última.Sendo assim, quem precisa que a compra seja rápida, deve estudar outras modalidades oferecidas pelo mercado, mesmo que menos vantajosas, como o financiamento. Por fim, o consórcio pode ser a melhor opção dependendo do perfil do interessado, já que é mais flexível e menos custoso que outros tipos de negociações.Neste artigo, falamos sobre as perspectivas do mercado de consórcios em 2019. Assim como os desafios e vantagens que essa modalidade apresenta para o consorciado. Com disciplina e organização financeira, é possível adquirir bens sem ter que se submeter às altas taxas de juros de um financiamento.Para saber mais e receber informações qualificadas sobre o tema, entre em contato conosco. Será um prazer atendê-lo!

Simulação de Consórcio
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Ler próximos artigos

Consórcio