Faça o consórcio de moto e realize seu sonho

Faça o consórcio de moto e realize seu sonho

Da mesma forma que o brasileiro se mostra um apaixonado pela compra de automóveis, muitos ainda têm o sonho de comprar uma moto nova.

De fato, nos últimos anos o interesse pelas motos cresceu bastante - principalmente por conta da pandemia, em que o isolamento social fez com que muitas pessoas revessem seus hábitos de locomoção.

Um levantamento realizado pela plataforma Mercado Livre constatou que, em 2021, houve 36% mais interesse na intenção de compra de motocicletas em comparação ao ano anterior. Motos com até 50 cilindradas foram as mais procuradas por esses consumidores, sendo 46% delas totalmente elétricas.

Mas, na hora de comprar a própria motocicleta, muitas pessoas ainda possuem dúvidas. Será que vale a pena se endividar para comprar a moto dos seus sonhos? Com o consórcio, você pode realizar esse sonho de forma planejada e sem comprometer seus rendimentos mensais. Vamos explicar como você pode fazer isso neste artigo, continue a leitura.

Como funciona o consórcio de moto?

Para fazer um consórcio de moto, você não precisa escolher com antecedência o modelo que deseja comprar. O importante é ter uma ideia do valor que precisaria para realizar a compra.

Digamos que você queira comprar uma moto para viajar na estrada, e identificou que precisaria de, pelo menos, R$ 15 mil para esse tipo de compra. Neste caso, basta inserir o valor de R$ 15 mil como carta de crédito no momento em que fizer a simulação do seu bem.

No processo de simulação, você tem liberdade de selecionar o valor de carta de crédito para a compra da moto. Caso o valor máximo sugerido pela administradora seja insuficiente, você pode investir em mais de uma cota. Para isso, basta fazer a simulação, inserir seus dados pessoais e aguardar o contato da administradora, para que o especialista em consórcio prossiga.

No momento da simulação, você insere o valor da carta de crédito e a quantidade de parcelas que desejaria pagar. Como resultado, a administradora já revela o valor das parcelas a serem pagas, com acréscimo da taxa de administração, que remunera a empresa de consórcio por todos os serviços prestados, e o fundo de reserva, que é um valor que a administradora guarda como garantia para prevenir que a inadimplência de um ou mais integrantes possa prejudicar a entrega das cartas de crédito.

Com o consórcio, você não sai com a moto na hora em que fecha o contrato. Por se tratar de um modelo de autofinanciamento, você é inserido em um grupo, que reúne outros consorciados com interesses semelhantes, e participa das assembleias mensais, onde ocorrem as contemplações.

É possível ser contemplado de duas formas: por meio dos sorteios, que podem acontecer do primeiro ao último mês de pagamento da sua cota; ou com a oferta de lances, que é um valor a mais que o consorciado pode ofertar com o objetivo de antecipar sua contemplação. Pelo lance, o maior valor define o vencedor da assembleia. É possível tentar o lance quantas vezes for necessário, contanto que o valor seja maior que 10% da sua carta. Quanto maior o valor ofertado de lance, maiores são as chances de ser contemplado.

Nenhuma administradora pode garantir quando o consorciado será contemplado, independente da forma. Essa regra é estipulada pelo Banco Central do Brasil (Bacen), que regula o setor. Porém, todo o processo de contemplação é seguro: para a realização dos sorteios, por exemplo, a Embracon conta com o sistema da Loteria Federal para determinar o contemplado.  

Para participar das assembleias, é preciso estar com o pagamento da sua cota em dia. Portanto, se organize para se manter comprometido com as parcelas e, assim, ter chance de ser contemplado com a sua nova moto.

Como usar a carta de crédito para a compra de uma moto

Seja por sorteio ou por lance, ao ser contemplado é preciso passar por uma análise de crédito mais rigorosa por parte da administradora. Nesse momento, é solicitado a entrega de documentos pessoais e feita uma consulta nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, para identificar se existe alguma pendência financeira.

A administradora realiza esse processo para garantir que o contemplado vai se manter comprometido com as parcelas do consórcio após receber a carta de crédito.

Depois disso, você pode finalmente escolher a moto que deseja comprar, seja em uma concessionária ou com um vendedor particular. A carta de crédito tem poder de compra à vista, o que pode garantir uma boa margem de negociação na hora da compra. Siga as orientações da administradora e aproveite para fazer um bom negócio na hora de comprar a sua nova moto.

Ao encontrar a moto que deseja, basta entrar em contato com a administradora, para que ela faça a transferência do valor integral da sua carta de crédito para a compra. Se o valor da carta for maior que a moto, você pode usar até 10% para despesas burocráticas ou quitar o valor restante da sua cota. Mas, se o saldo for insuficiente, sem problemas: a administradora faz a liberação do valor e você pode negociar com a empresa ou proprietário como pagar o restante com os seus próprios recursos.

Como deu para perceber, investir no sonho de comprar uma moto é mais fácil e prático do que você imagina. Faça uma simulação de consórcio de motos e realize o seu sonho.

Simulação
chat Eva