Como escolher uma moto?

Como escolher uma moto?

Por mais que o brasileiro já seja um conhecido fã de carro, o interesse pela compra de moto tem disparado nos últimos anos. Só em 2021, no auge da pandemia de Covid-19, a venda de motos cresceu 27% comparada ao ano anterior, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). 

É verdade que a moto se tornou uma alternativa diante da possibilidade de enfrentar o transporte público, principalmente em um momento em que as pessoas estavam passando por isolamento social. Além de ser um bem mais barato do que o carro, os custos da moto são menores: você não gasta tanto com combustível e nem com manutenções regulares. 

Outro fator que levou ao crescimento da compra de motos é a possibilidade de trabalhar com aplicativos de entrega. Com as pessoas fazendo mais compras de casa, o serviço de entregadores mostrou-se essencial nesse período, crescendo ano após ano. 

E, para cada tipo de necessidade, existe um tipo de moto ideal. Para que você faça uma escolha mais assertiva, confira nossas dicas para levar em consideração antes de escolher uma moto.  

Por que você quer ter uma moto? 

A primeira pergunta que deve ser feita antes da compra da sua motocicleta é: por que ter uma? 

Você pode considerar uma moto para trabalhar, por exemplo. Mas, a ideia é ir para um escritório e mantê-la em um estacionamento na maior parte do tempo ou realizar algum tipo de serviço de entrega? Com uma maior circulação, vale considerar o consumo da moto, para não gastar mais do que gostaria com idas ao posto de gasolina, por exemplo. 

Mas, se a ideia é ter uma moto mais robusta, para viajar com frequência, outros fatores entram em jogo, como ergonomia e potência. 

Avalie, também, o valor que você deseja investir para a compra da moto. Os preços tendem a variar bastante: quanto mais caro é o valor da moto, maiores tendem a ser seus custos, incluindo seguro e consumo.  

Com tudo isso na ponta do lápis, você certamente fará uma escolha certeira. 

O que você deve prestar atenção ao comprar uma moto 

Existem aspectos que precisam ser levados em consideração na compra da sua motocicleta. Confira os principais. 

Tipos de freios 

Pode parecer um detalhe técnico, mas o tipo de frenagem da sua moto determina a sua experiência com ela. Motos com o sistema ABS (Freio Antiblocante) impedem aquelas freadas bruscas, que podem até mesmo ser perigosas, dependendo das circunstâncias. 

Porém, o sistema ABS não é tão eficiente quanto o CBS (Sistema de Freio Combinado), comum nas motos da marca Honda, que combinam os pneus traseiro e dianteiro para uma frenagem mais assertiva. 

Assento 

Cada moto possui um tipo de assento. Quanto mais baixo, mais seguro a moto se torna, principalmente para os condutores iniciantes. Por isso, vale a pena fazer um test-drive antes da compra, para ver se a moto atende ao que precisa. 

Peso 

Já percebeu que as motos com maior cilindrada tendem a ser mais pesadas? Isso porque elas exigem maior controle e até mais experiência dos condutores. 

Para quem pretende trabalhar com a moto no dia a dia, seja com entregas ou para o deslocamento diário até o escritório, vale a pena considerar modelos que sejam mais leves. Dessa forma, você não precisa se esforçar tanto e, por sinal, ainda conta com um modelo mais econômico. 

Potência 

Quem procura uma moto para trabalhar e que economize combustível, certamente abrirá mão de sua potência. Não que isso seja um problema. Afinal, existe até uma categoria dedicada ao tipo de moto que costuma ser mais utilizada no dia a dia: as motos street. 

As motos street possuem entre 125 e 200 cilindradas e são a melhor escolha para quem pretende rodar bastante com o modelo. São mais econômicas, trafegam bem pelas cidades e possuem manutenção barata, facilitando a vida de quem depende desse veículo para trabalhar. 

Escolha a categoria ideal 

A seguir, vamos apresentar os principais modelos de moto, para que você faça uma boa escolha. 

Scooter 

São os modelos de moto mais em conta, com câmbio simplificado e automático, voltado para a circulação urbana devido à economia de combustível. As scooters costumam ser procuradas por motociclistas iniciantes, que querem um modelo barato, compacto e econômico para lidar com o dia a dia. 

Street 

Como já antecipamos, os modelos street são as motos preferidas para quem pretende utilizá-la para fins comerciais, que demandam alta quilometragem da moto. As motos street permitem levar um passageiro, têm o bagageiro facilitado e apresentam performance superior às scooters quando o assunto é potência. 

Custom 

Com assento baixo, rodas com característica mais esportiva e carroceria mais robusta, as motos tipo custom são imensamente desejadas por quem ama velocidade em duas rodas. Ela proporciona mais conforto para o condutor, apresentando-se como ótima opção para pegar as estradas. Com design único e motores mais potentes, é aqui que entram as clássicas Harley Davidson e os modelos mais desejados da BMW, por exemplo. 

Touring 

São os modelos perfeitos para viajar. Com bagageiros acoplados entre a parte traseira e lateral da carroceria, essas motos proporcionam conforto tanto para o condutor, quanto para o passageiro.  

Por conta disso, os modelos touring são procurados por quem gosta de fazer as malas e pegar a estrada por longas horas a fio. Se você gosta de uma boa aventura, vale a pena investir em uma moto touring. 

Trail 

São as motos voltadas para pegar estradas de terra ou até mesmo participar de competições na categoria. Sua carroceria e seus pneus são preparados para lidar com todo o tipo de estrada, não importa a irregularidade. 

Invista na sua moto com o consórcio 

E aí, já sabe qual o melhor tipo de moto para você? Independente da escolha, o consórcio é a forma mais fácil e prática de investir em seu novo veículo.  

Faça uma simulação de consórcio de motos e aproveite as vantagens de uma categoria que não cobra valor de entrada, nem juros, em suas parcelas. 

chat Eva