Use o consórcio de moto para trabalhar

Use o consórcio de moto para trabalhar

Um estudo realizado pela plataforma Webmotors revelou que 76% dos entrevistados têm intenção de comprar uma moto em 2022. Entre os motivos apontados, ter uma moto para trabalhar acabou sendo um dos destaques. 

Por conta da pandemia de Covid-19, aumentou bastante a demanda por aplicativos de entregas para diversas finalidades: do pedido de uma simples refeição (como almoço e janta) até compras de materiais mais robustos pelas plataformas de comércio eletrônico, o alto índice de consumo digital gerou uma imensa demanda de pessoas que trabalham com entregas. 

Só na cidade de São Paulo, por exemplo, houve aumento de mais de 40% no número de profissionais que trabalham com serviços de motofrete no período de um ano, segundo o Sindicato dos Mensageiros Motociclistas, Ciclistas e Moto-Taxistas do Estado de São Paulo (SindimotoSP). 

Porém, uma moto pode ser utilizada para outras finalidades além de entregas. Existem pessoas que a utilizam como um meio de transporte para chegar ao escritório, por exemplo, ou até mesmo para realizar serviços alternativos. 

Isso porque a moto possui múltiplas vantagens: ela costuma trafegar mais rapidamente pelo trânsito, já que é possível cortar entre as faixas; ela é mais leve; tem um valor mais barato quando comparado ao carro; e possui maior economia de combustível para circular pelas cidades e estradas. 

Em um momento em que o combustível tem aumentado cada vez mais e a inflação continua a diminuir o poder de compra do brasileiro, a moto tem se tornado uma opção para quem vê o carro como um fator excessivo de gastos. 

Da mesma forma que a moto pode gerar praticidade e economia no seu dia a dia, você também pode optar por uma modalidade de compra mais flexível. É aí que entra o consórcio de motos, que iremos detalhar a seguir. 

Como funciona o consórcio de motos 

Antes de tudo, é preciso explicar como funciona a modalidade do consórcio. Primeiramente, é preciso fazer uma simulação no site.  

Selecione uma administradora que tenha autorização do Banco Central do Brasil (Bacen) para funcionamento. A Embracon, por exemplo, possui mais de 30 anos de história, ajudando milhares de pessoas a realizarem seus sonhos com a ajuda do consórcio. 

Com a escolha da administradora, você pode fazer uma visita pelo site e seguir com a simulação do consórcio. Insira o valor do modelo que deseja como total da carta de crédito. Não é preciso ser o valor exato, afinal, você não tem a obrigação de utilizar o valor completo da carta de crédito.  

Por ser uma modalidade flexível, você pode escolher em quantas parcelas pode dividir. Assim, investir na sua nova moto não vai comprometer em nada o seu planejamento financeiro. 

Você pode fazer a simulação do bem quantas vezes desejar. Como retorno, você já sabe o valor das mensalidades, incluindo a taxa de administração, que remunera a empresa de consórcio por todos os serviços realizados, e o fundo de reserva, que serve como garantia para inadimplência de integrantes do seu grupo de consórcio. 

Efetuada a simulação, um especialista entrará em contato para explicar todos os detalhes de como funciona.  

Resumidamente, o valor da parcela não pode ultrapassar 30% dos seus rendimentos mensais. Nesse momento, só é pedida a documentação antes de você ser inserido em um grupo. 

Grupo de consórcio 

O consórcio funciona como uma poupança coletiva, em que cada integrante contribui para adquirir o bem que selecionou sem ter que pagar juros ou valor de entrada. 

Mensalmente, você participa dos sorteios das assembleias. É preciso estar com o pagamento da sua cota em dia, para conseguir participar.  

Você pode ser sorteado com o bem ou se antecipar para ofertar um lance

Como funciona a contemplação da moto 

Ao ser contemplado, você precisa passar por uma análise de crédito. Neste momento, a administradora verifica sua situação nos órgãos de proteção ao crédito e pode solicitar a indicação de um devedor solidário, que irá compartilhar a responsabilidade da dívida do consórcio. 

Siga as recomendações da administradora para que tenha acesso ao valor integral da carta de crédito, que possibilitará a compra da sua moto. 

Vale destacar que a carta de crédito tem poder de compra à vista, que dá uma melhor margem de negociação com revendedores e concessionárias na hora de escolher o modelo da sua moto. Basta indicar a empresa à administradora e, estando tudo certo, o valor da carta de crédito é transferido integralmente, possibilitando a compra. 

Caso a moto escolhida tenha um valor maior que a sua carta de crédito, você pode negociar com o proprietário como pagará o valor restante.  

Viu como é fácil investir em uma motocicleta? Faça uma simulação de consórcio de moto e planeje a compra de um novo modelo para trabalhar. 

chat Eva