O que é a ABAC e qual a sua importância para o consórcio?

O que é a ABAC e qual a sua importância para o consórcio?

O consórcio é uma modalidade de compra a longo prazo de um bem ou serviço. Funciona como uma espécie de autofinanciamento: você seleciona o bem que deseja comprar, que é representado pela carta de crédito, que pode ser dividido em mensalidades a serem pagas.

Diferentemente do financiamento, por exemplo, você não tem acesso ao bem na hora que fecha o contrato. Porém, participa de grupos de consórcio, onde pode ser contemplado com o bem pelo sorteio ou com a oferta de lances.  

A vantagem é que o consorciado pode se planejar para a compra do bem, não precisa pagar juros, entrada ou passar por qualquer tipo de burocracia para iniciar o pagamento do que realmente deseja.

O consórcio é um sistema que existe no Brasil desde os anos 1950, quando funcionários do Banco do Brasil se reuniram para realizar o sonho de comprar o primeiro automóvel.  

Para que o sistema fosse regulado, foi criada uma associação que ajuda a regular o setor inteiro: a Associação Brasileira de Administradora de Consórcios, ou ABAC, que desde os anos 1960 tem feito com que o consórcio fosse entendido, adotado e, principalmente, regulado seriamente. A seguir, vamos explicar como funciona o trabalho da ABAC.

O que é e como funciona a ABAC?

A ABAC foi criada em 1967 com o objetivo de representar, perante o poder público, o surgimento de várias empresas de consórcio. Naquela época, os brasileiros estavam bem empolgados com a realização do sonho de comprar o primeiro carro. Afinal, não se tinha a facilidade de crédito com as instituições financeiras, e muitos optaram pelo consórcio como uma forma de ter acesso a um bem importante.

Quando a ABAC foi criada, ela passou a agrupar as empresas de consórcio da seguinte forma: independentes, administradoras ligadas a concessionárias e administradoras ligadas aos fabricantes.  

Com essa representatividade, no começo dos anos 1970 o consórcio passou a ser regulado enquanto modalidade de distribuição de prêmios até que, com a Constituição Federal, em 1988, sua importância econômica e social foi reconhecida. Esse caminho foi importante para que, em 1991, o Banco Central do Brasil passasse a se tornar o órgão regulador oficial do sistema de consórcio, dando mais credibilidade e permitindo expansão do portfólio de produtos.

Primeiro, o consórcio focou bastante na aquisição de veículos. Com o passar dos anos, as montadoras passaram a dar a possibilidade de comprar veículos pesados, como ônibus e caminhões. A partir do momento que o Bacen passou a ser o regulador oficial de todo o sistema, as administradoras puderam trabalhar com consórcio de imóveis, o que facilitou bastante a aquisição da casa própria para milhões de brasileiros.

Mesmo com todos esses avanços, um dos maiores acontecimentos para o sistema de consórcio foi a criação do marco legal de todo o sistema: com a criação da Lei nº 11.795/2008 (ou Lei do Consórcio), que dispõe única e exclusivamente sobre o funcionamento do Sistema de Consórcios, ficou mais transparente e regulado todo o seu funcionamento, com regras expressas sobre a formação dos grupos, entrega das cartas de crédito e até mesmo direitos e deveres dos consorciados.

Por isso, antes mesmo de escolher uma empresa de consórcio, é importante verificar se a administradora possui autorização do Bacen para funcionar. Isso garante que todo o processo de contemplação seja seguido da maneira correta, evitando qualquer tipo de fraude de consórcio.

Qual o papel da ABAC hoje?

Além de ter um papel crucial na parte de regulação de todo o sistema, a ABAC também atua na expansão do portfólio de produtos que podem ser adquiridos com o consórcio. Mais recentemente, por exemplo, foi implementada a possibilidade de se ter consórcio de serviços, que atende viagens, estudos, reforma, cirurgias e até festas.

A ABAC também faz o controle dos dados de quantidade de consorciados, quais categorias possuem mais clientes, enfim, a instituição detém o volume de entregas de carta de crédito e responde pelo setor como um todo.

Quando a imprensa procura saber sobre como andam as vendas da categoria ou a quantidade de entregas de carta de crédito por determinado período, tem a ABAC como referência, uma vez que a instituição fica responsável por reunir informações de todas as administradoras.

A ABAC tem sede em São Paulo e tem a missão de fortalecer as administradoras que são autorizadas pelo Bacen.

Outro papel fundamental desempenhado pela ABAC é permitir o crescimento sustentável da categoria como um todo, permitindo diálogo com outras frentes de negócio e facilitando o debate para que mais pessoas se informem sobre como funciona o sistema como um todo.

Por mais que o consórcio seja um sistema historicamente consolidado, ainda existem muitos desafios para fazer com que as pessoas entendam como o sistema funciona. Para isso, a ABAC conta com blogs, revistas especializadas e demais materiais, a fim de prover informação para quem procura entender melhor como utilizar o consórcio a seu favor ao traçar o seu planejamento financeiro.

Materiais da ABAC

Quem deseja se manter informado sobre tudo o que acontece em relação ao consórcio, pode contar com uma gama de materiais da ABAC. Na seção Downloads, é possível baixar conteúdo sobre diversas categorias de consórcio, com infográficos, informações relevantes e dados auditados sobre tudo relacionado ao consórcio.

A informação é um mecanismo importante para o consórcio. Além de evitar fraudes, ao facilitar o entendimento as pessoas percebem como a modalidade de compra pode ser extremamente vantajosa para quem deseja planejar a compra do próximo bem ou serviço.

E, além da ABAC, você também pode contar com o blog da Embracon para saber tudo sobre o consórcio e munir-se de informações antes de se tornar um consorciado e investir em seu sonho.  

Simulação
chat Eva