Quais são os principais tipos de lance no consórcio?

Quais são os principais tipos de lance no consórcio?

O sorteio é a forma mais tradicional de contemplar as pessoas que fazem parte de um consórcio. No entanto, este não é o único caminho! Existe outra maneira de aumentar suas chances de receber uma carta de crédito mais rapidamente: fazendo um lance.

Ele pode acelerar o processo de conquista do bem desejado sem que precise depender exclusivamente da sorte. E a boa notícia é que existem alguns tipos de lance dentro dos consórcios. Dessa forma você tem ainda mais chances de garantir essa oportunidade.

Neste artigo, explicamos quais são os tipos de lance em consórcio e qual o melhor momento para oferecê-lo. Confira!

Conheça os tipos de lance existentes?

Resumidamente, o lance ocorre quando um consorciado oferece uma quantia a mais do que a própria mensalidade para conseguir adiantar o recebimento da carta de crédito. Ele é ideal para quem tem um dinheiro guardado que pode ser utilizado para esse fim. Também dá oportunidade para quem está ansioso para adquirir seu bem.

É importante explicar que existem alguns tipos de lance dependendo do negócio. Veja a seguir cada um deles.

Lance livre

Nessa opção, o consorciado escolhe livremente a quantia que deseja ofertar. Geralmente, existe um valor de lance mínimo.

Dessa forma, dependendo do contrato, é possível ofertar entre 1% e 100% do valor da carta de crédito. Em caso de empate, a administradora define critérios para a contemplação que são estabelecidos na adesão ao plano.

Lance fixo

No lance fixo, uma das categorias dos tipos de lance, a administradora define no contrato o percentual que deve ser ofertado. Em um consórcio de automóveis com porcentagem definida de 30%, cujo valor da carta seja de R$100 mil, é preciso ofertar R$30 mil.

Mas, se o lance é o mesmo para todos os participantes, como sairá o ganhador? Por meio, por exemplo, de um sorteio apenas com os ofertantes, o método de sorteio é definido pela administradora.

Lance facilitado ou embutido

Aqui o consorciado pode usar parte do valor da carta de crédito como lance.

Por exemplo: se você tem uma carta de crédito de R$ 60 mil, pode oferecer 20% dela para efetuar um lance de R$ 12 mil. Além disso, ainda tem a possibilidade de completar o lance com seu próprio dinheiro.

Como ter sucesso com o lance?

De fato, pode ser bem complicado determinar uma quantia ou pensar sobre que parte do crédito poderá fazer com que você consiga dar um lance campeão. Mas existem algumas medidas simples que já podem ajudar bastante, viu? Confira!

Leia cuidadosamente o contrato

Apesar de essa parecer ser uma dica evidente, não pode passar em branco na nossa listinha. Isso porque, como bem sabemos, são muitas as pessoas que não leem o contrato integralmente antes de assinar. Tudo bem que pode ser maçante conferir cláusula por cláusula de um documento extenso, mas esse com certeza é o ideal. Imagine se você deixa passar algum detalhe importante e acaba entrando em um investimento que não corresponde às suas expectativas!

A leitura atenciosa do contrato é fundamental, principalmente se o objetivo é conseguir a antecipação da contemplação por meio de um lance. Pensando nisso, analise com cuidado principalmente a parte que corresponde a essa opção, uma vez que cada administradora tem regras diferentes para esse tipo de proposta.

Avalie o perfil do grupo

Para ter chances reais de ter um lance vencedor, você precisa pensar além de si mesmo, prestando bastante atenção nos participantes do seu grupo para saber qual é a capacidade de oferta deles. Lembre-se, afinal, de que sua proposta não pode ser inferior à do resto dos consorciados.

Uma boa dica é avaliar quais foram as propostas feitas por outros consorciados em oportunidades anteriores.

Avalie suas finanças

Se você quer ter segurança para fazer uma boa oferta, analisar previamente suas finanças é fundamental. Afinal, você não quer se prejudicar enquanto tenta conquistar sua carta de crédito, não é mesmo? Organize suas finanças e se planeje para conseguir juntar o que for possível sem prejudicar outras áreas da sua vida. Respeite sua condição e não se antecipe, esperando o tempo necessário. Nesse meio do caminho, você pode até ser sorteado!

Coloque tudo na ponta do lápis

Quando começar a planejar sua estratégia de ataque, lembre-se de que é vital estar com os cálculos em dia e que eles devem ser o mais precisos possível, para você não acabar se comprometendo com o que não pode cumprir. Não importa o número de parcelas que ainda restam, é preciso que o que você tem guardado possa pagar o equivalente a um número razoável de mensalidades se pretende fazer uma boa oferta.

Deixe o medo de lado

A essa altura, você já fez os cálculos, já elaborou um planejamento financeiro para não se prejudicar e já procurou saber sobre as regras da administradora no que se refere aos tipos de lances. Agora finalmente chegou o momento de fazer o seu! Lembre-se de que é uma tentativa e não uma certeza. Pode ser, portanto, que você não seja contemplado.

Mas não se preocupe se não conseguir, porque aí não precisará arcar com a oferta feita. O que vale é o quanto de experiência você adquire ao ir fazendo propostas. No fim das contas, pagando suas mensalidades direitinho, você receberá o crédito de toda forma. Se os lances funcionarem para antecipar a contemplação, melhor ainda!

Depois de todas essas informações, com certeza deu para entender o quanto os tipos de lance de consórcio é uma estratégia importante se seu objetivo é conseguir a carta de crédito rapidamente.

Só não se esqueça que esse tipo de oferta precisa ser feito com muito cuidado, sempre analisando suas condições financeiras e as regras determinadas pela administradora. Dessa forma, a chance de você fazer a proposta ideal é muito maior!

Este artigo esclareceu suas dúvidas? Faça sua simulação com a Embracon!

chat Eva