Escolha o consórcio para pagar seu procedimento estético

Escolha o consórcio para pagar seu procedimento estético

Por muitos anos, o consórcio ficou conhecido por possibilitar a compra de automóveis novos. Com sua facilidade de pagamento, que não exige nenhum tipo de burocracia ou crédito pré-aprovado, por exemplo, outros produtos passaram a ser incorporados no portfólio das administradoras de consórcio.

Após facilitar a compra de imóveis, não demorou para que outras categorias viessem a surgir. Uma das mais recentes é a possibilidade de fazer um consórcio de serviços. Diferentemente de outros produtos, por essa categoria o consorciado decide investir a sua carta de crédito em um serviço para seu bem-estar ou até mesmo algo que beneficie toda a família, como uma viagem, por exemplo.

Uma das possibilidades do consórcio de serviços é realizar um procedimento estético.

Por exemplo, se você deseja investir em uma cirurgia plástica ou realizar um procedimento cirúrgico em prol de sua saúde, como bariátrica ou até mesmo um procedimento ortodôntico, pode contar com o consórcio de serviços para essa finalidade.

A seguir, vamos dar algumas dicas para você planejar o seu próximo procedimento estético e, depois, explicar como funciona o consórcio de serviços.

Como planejar seu procedimento estético

Existem diversos motivos que podem levar a algum tipo de procedimento estético. Pode ser algo que tenha a ver com estética mesmo ou com o simples objetivo de proporcionar mais bem-estar com o próprio corpo.

Independente do objetivo, é importante ser bem cauteloso com essa decisão. Uma vez que você saiba o que pretende fazer, o próximo passo é encontrar clínicas que sejam referência no assunto que deseja tratar. No caso de cirurgias plásticas, por exemplo, é preciso consultar o site da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), para saber se a clínica escolhida possui profissionais que sejam devidamente certificados para realizar esse tipo de procedimento.

Evite qualquer tipo de profissional que opere fora de uma clínica especializada. Embora a maioria deles seja médico graduado, é necessária a certificação da SBCP para realizar procedimentos estéticos.

Ao ter esse cuidado, você garante um procedimento cirúrgico realizado com sucesso. Por mais que o valor fique mais caro, você pode contar com a flexibilidade do consórcio de serviços para investir da melhor forma em seu bem-estar.

A seguir, vamos explicar como você pode iniciar o seu consórcio de serviços para o seu procedimento estético.

Como fazer um consórcio de serviços

A primeira etapa de qualquer tipo de consórcio é a simulação. Para isso, selecione uma administradora que tenha autorização do Banco Central do Brasil (Bacen) para operar, como a Embracon, por exemplo, que há mais de 30 anos realiza os sonhos de milhões de brasileiros.

Primeiramente, é preciso selecionar o valor de carta de crédito, que equivale ao total que você irá pagar para a execução do serviço. Pelo consórcio de serviços, você pode selecionar um valor de até R$ 30 mil por cota. Caso precise de um valor superior, basta investir em mais de uma cota na hora de conversar com um especialista de consórcio.

Depois, é preciso selecionar a quantidade de parcelas que deseja pagar pelo consórcio. Com o simulador, você pode fazer várias tentativas, até identificar o valor que faz mais sentido para a sua realidade financeira.

As administradoras não permitem que o valor da mensalidade seja 30% maior que seus rendimentos mensais. Aliás, quanto menor o impacto em seu orçamento, maiores são as chances de se ter uma boa experiência com o consórcio, que se trata de uma compra planejada de um bem ou serviço.

Após informar seus dados pessoais, um especialista de consórcio entra em contato, para tirar todas as dúvidas sobre seus direitos e deveres enquanto consorciado. Ele também fica responsável por entregar o contrato de adesão.

Ao fechar o contrato, a administradora tem até 90 dias para fazer a inserção em um grupo, que reúne outros consorciados com interesses parecidos.

É preciso fazer o pagamento das mensalidades corretamente para participar das assembleias mensais, momento em que acontecem as contemplações das cotas de todos os consorciados do grupo.

É possível ser contemplado por meio dos sorteios, em que todos têm as mesmas chances; e pela oferta de um lance, que é um valor a mais que cada consorciado pode oferecer com o objetivo de ser contemplado com antecedência.  

O maior valor de lance define o vencedor, porém, é possível fazer a sua oferta quantas vezes quiser enquanto estiver pagando a sua cota.

Ao ser contemplado, todos os consorciados passam pela análise de crédito, momento em que a administradora confere todas as informações pessoais e consulta os órgãos de proteção ao crédito, para garantir que o contemplado continue pagando pelas mensalidades.

Ao ser aprovado, o consorciado finalmente pode utilizar o valor da carta de crédito para o procedimento estético selecionado.

Neste caso, é preciso fechar o serviço com a própria clínica e apresentar o comprovante do valor para a administradora. Se for aprovado, a administradora realiza a transferência do valor integral para a clínica responsável pelo procedimento estético.  

Como a carta de crédito possui poder de compra à vista, você pode negociar diretamente com a clínica o valor. Quem sabe você não consegue um bom desconto pagando dessa forma?

Ao ser contemplado, não é preciso ter pressa para utilizar a carta de crédito. Se quiser, pode deixar o valor no fundo comum da administradora até encontrar a melhor oportunidade para utilizar o valor. Com isso, você tem juros a seu favor e, ao ser contemplado, pode ter uma carta de crédito com valor ainda maior.

Como deu para perceber, são múltiplas as vantagens de investir em um consórcio. Você não precisa dar valor de entrada e, o melhor, não paga juros.  

Portanto, faça já uma simulação de consórcio de serviços e pague o procedimento estético que deseja da melhor forma possível, sem comprometer seus rendimentos mensais.

Simulação
chat Eva