Entenda o motivo do consórcio não ter juros

Entenda o motivo do consórcio não ter juros

Um tema que ainda interessa a muitos é o consórcio. Você sabia que as pessoas que optam por esse método não precisam pagar juros ao ingressar no grupo? Esta é certamente uma grande vantagem e um grande motivador para quem está pensando no assunto. 

Mas você sabe por que eles não cobram? Nesta postagem do blog, explicamos por que e se existem outros tipos de taxas nesses sistemas.  

Como funciona o consórcio? 

O funcionamento para o consórcio não ter juros é simples. Tudo começa com a união de pessoas interessadas em comprar determinada mercadoria e formar um grupo para atingir esse objetivo comum. 

Para isso, eles pagam uma certa quantia a cada mês e fazem um sorteio para saber quem tem o direito de usar o valor arrecadado. A contemplação acontece durante a assembleia, que é realizado mensalmente pelas administradoras do consórcio, que cuidam de tudo. 

Além de sorteio, há outra maneira de ser contemplado. São ofertas de lances e correspondem aos percentuais oferecidos pelos consorciados para suas parcelas. O maior lance vence. 

Motivos para o consórcio não ter juros

Muitas pessoas se perguntam os motivos para o consórcio não ter juros.  A razão é que o consórcio é autofinanciado e as pessoas usam 100% de seus próprios recursos. 

Lembra quando dissemos que os consórcios reuniam doações mensais para uma determinada mercadoria? Portanto, como eles próprios financiam a compra, não há motivo para cobrar juros. 

No negócio de financiamento, por exemplo, a situação é bem diferente. Os juros são cobrados porque o banco empresta uma quantia para você e cobra o juros por isso. 

Entende agora por que não há juros no consórcio? No entanto, precisamos esclarecer que haverá algumas taxas para essa abordagem. Confira-os abaixo. 

Quais são as taxas presentes no consórcio

Taxa de Administração 

A principal despesa presente no consórcio é a taxa de administração. Ela é o valor para que as administradoras cobram pelos serviços necessários para o progresso do grupo. Por exemplo, é responsável pela cobrança de parcelas e realização de assembleias

Essa taxa geralmente é cobrada como uma porcentagem. No entanto, esse valor é diluído em parcelas. A administradora pode determinar a sua própria percentagem da taxa de administração, sempre com base no valor dos bens ou serviços do consórcio. Portanto, há diferenças nas taxas cobradas pelas diferentes administradoras de consórcio. 

As administradoras são remuneradas por seus serviços como, formação de grupos, organização de todo o processo e gestão dos interesses dos membros do consórcio. As taxas de administração não devem ser confundidas com os juros que os bancos cobram quando emprestam dinheiro aos clientes para comprar seus ativos. 

Fundo de Reserva 

O Fundo de reserva serve para garantir o funcionamento do grupo em situações como inadimplência. Ela também é cobrada em percentual e diluída por todas as parcelas. 

Seguro 

O seguro tem como objetivo assegurar o consorciado em situações difíceis, como no caso de perda da renda ou até mesmo falecimento. 

É importante dizer que todas as taxas devem estar descritas no contrato. Por isso, antes de assinar o documento, leia com muita atenção. 

Participar de um consórcio é uma opção muito atrativa para quem não tem pressa de comprar um veículo, imóvel ou serviço, ou para quem não tem muita disciplina para abrir uma poupança! 

Que tal fazer sua simulação conosco

chat Eva