Consórcio para crescimento da empresa

Consórcio para crescimento da empresa

Os consórcios já estão em operação no Brasil há mais de 50 anos, e não é por acaso que eles se tornaram uma das modalidades de aquisição de bens mais procuradas pelos brasileiros. Desde a criação do sistema, milhares de pessoas já conseguiram realizar seus sonhos, como a casa própria e o carro tão desejado.

Por ser uma modalidade com diversos benefícios, que entrega diferenciais como a agilidade no processo de contratação e facilidade no planejamento, o consórcio já é considerado como um verdadeiro investimento, permitindo que as pessoas economizem de forma mais eficiente e direcionem seus recursos para a realização de grandes conquistas.

Embora existam inúmeras possibilidades e vantagens que o consórcio oferece para as pessoas físicas, o que nem todos sabem é que essa modalidade de aquisição também está disponível e atendendo às necessidades das empresas.

Por esse motivo, preparamos este artigo para falar um pouco mais sobre as vantagens do consórcio para empresas, mostrando de que forma é possível usar esse investimento como uma excelente estratégia para fazer o negócio crescer. Continue a leitura e confira!

Como se organizar e manter a empresa crescendo?

Qualquer empresário que queira manter seu negócio no mercado de maneira competitiva e que, além disso, visa crescer seu empreendimento, nunca pode abrir mão de um bom planejamento.

Até porque, com atenção para os passos da concorrência e para as tendências do mercado, é necessário ofertar produtos ou serviços compatíveis com as exigências dos clientes, levando os olhos também no futuro, conseguindo prever as demandas que possam surgir.

Para isso acontecer, é claro, é necessário planejar os investimentos, que serão necessários para a aquisição de novos equipamentos, para a ampliação das instalações e da frota e para a automatização dos sistemas operacionais, de produção e de administração do negócio. É por esse motivo que o consórcio se apresenta como um grande aliado do empreendedor.

Com essa modalidade, basta um investimento mensal equilibrado e compatível com o caixa da empresa e com a meta que se deseja alcançar, é possível criar um capital consistente, que vai garantir a realização de tudo o que for necessário para manter a empresa competitiva e em crescimento.

O que é necessário fazer para preservar o capital de giro?

Existem alguns casos em que o empreendedor escolhe recorrer ao capital de giro da empresa, a fim de realocar os recursos para os investimentos. Mesmo essa sendo uma alternativa emergencial, definitivamente, não é a mais aconselhável.

Até porque, é preciso considerar que os retornos dos investimentos podem não surgir com a velocidade necessária para cobrir o giro que é necessário manter. Tal prática, infelizmente, poderá deixar o negócio sem capital suficiente para dar suporte às suas atividades — o que qualquer pessoa ou instituição financeira não recomendaria.

Por conta dessa ausência de capital de giro, por exemplo, a empresa pode se ver obrigada a atrasar o cumprimento de determinados compromissos.

Mas ao analisar quando a empresa opta por fazer um consórcio que seja compatível com a sua realidade operacional e financeira, o capital de giro é preservado, possibilitando que o investimento seja realizado de forma mais eficiente e no tempo programado.

Quais os benefícios do consórcio para empresas?

Um ponto importante a destacar seria a empresa criar um fundo próprio para, no futuro, garantir o aporte de capital de que será necessário. Contudo, é preciso considerar que acumular todo o recurso necessário ao investimento pode levar algum tempo.

O consórcio, por outro lado, pode propiciar o acesso ao dinheiro de forma mais rápida. Essa possibilidade surge com a utilização de estratégias para antecipar a contemplação que são oferecidas pelo sistema. Por exemplo, se a cota da empresa for sorteada logo no primeiro mês, o dinheiro chega com maior brevidade.

Por outro lado, quem não deseja contar com a sorte pode recorrer ao lance para tentar antecipar o acesso à carta de crédito. Eles podem ser oferecidos em uma espécie de leilão que acontece durante as assembleias de consorciados, quando a cada um é dada a oportunidade de apresentar uma proposta de antecipação de um determinado número de parcelas.

Resumindo, quando tiver interesse em aumentar as chances de receber a carta de crédito, a empresa pode reservar um capital próprio para dar de lance ou, até, dar um lance embutido. Através do consórcio, o valor ofertado como lance é descontado da carta de crédito, possibilitando que, mesmo sem capital, o recurso seja liberado para o investimento necessário.

O consórcio para empresas é considerado investimento?

As parcelas que são pagas todos os meses no consórcio se destinam à composição de um fundo comum, gerenciado pela administradora do consórcio. Esse fundo é usado para contemplar cada um dos membros do grupo, possibilitando que tenham acesso ao crédito de acordo com as regras previamente estabelecidas em contrato.

Um exemplo simples: no consórcio, você paga as parcelas mensais e, ao ser contemplado, recebe a tão aguardada carta de crédito no valor total do bem desejado. Para resumir, investe-se para, no futuro, ter o valor integral como retorno.

Entretanto, na prática, o consórcio pode ser considerado como uma antecipação do investimento. Podemos dizer que se a empresa planeja adquirir um terreno para a construção de uma nova sede e não tem o valor integral para a sua aquisição, pode investir em consórcio para diluir esse valor em diversas parcelas.

Dessa forma, de um jeito programado, o empreendedor inicia o consórcio e tem a obrigação de arcar com os custos apenas das parcelas. Ao ser contemplado, tem acesso ao crédito integral, podendo adquirir o terreno à vista.

Também será preciso considerar que, como as parcelas dos consórcios são reajustadas periodicamente, o poder de compra da carta de crédito é mantido, o que nem sempre é possível garantir com outras modalidades de investimento.

O que pode ser adquirido?

Os consórcios estão sempre vinculados a alguma compra específica. Atualmente, devido ao crescimento do sistema, é possível ter acesso aos mais variados bens e serviços por meio de um plano de consórcio, como:

Tenha isso em mente quando for entrar em um grupo, pois não será possível alterar a sua escolha ao receber a carta de crédito. O que pode ser realizado é trocar de bem dentro da mesma categoria, em outras palavras, dentro de um consórcio imobiliário você pode escolher um terreno, uma sala comercial, etc.

Qualquer empresa pode fazer um consórcio?

Não importa qual é o tamanho da sua empresa, o consórcio pode ser uma ótima alternativa para ela. Com essa modalidade, podem ser realizados desde pequenos investimentos, como a decoração do escritório, a grandes aquisições, como de um imóvel para sediar uma nova unidade de produção.

O que importa, de verdade, é o empreendedor ter a certeza quanto ao tipo de investimento que vai precisar e à sua capacidade de arcar com o pagamento das parcelas, de acordo com uma programação predefinida.

Com toda certeza, pode ser extremamente vantajoso adquirir o consórcio para a empresa, viabilizando a realização de investimentos de forma muito mais acessível, programada e segura. Ainda assim, para aproveitar todas as vantagens que essa estratégia pode oferecer, é indispensável contar com o suporte de uma parceria de confiança, como a da Embracon.

Com mais de 30 anos de experiência no segmento dos consórcios, a Embracon está ao lado de pessoas físicas e jurídicas na hora de concretizar grandes objetivos. Temos à disposição os melhores planos de consórcio, com parcelas flexíveis, prazos dilatados e custos muito atrativos.

Não importa qual seja a meta para o seu negócio, a Embracon tem o consórcio para empresas e é capaz de atender à sua necessidade, além de uma estrutura, atendimento e suporte de ponta para garantir toda a tranquilidade antes, durante e depois de conseguir atingir sua meta.

Faça sua simulação conosco!
Simulação Consórcio
chat Eva