7 dicas para economizar nas compras pela internet nessa quarentena

7 dicas para economizar nas compras pela internet nessa quarentena

Por conta da pandemia, um volume gigante de novas pessoas passaram a considerar a compra pela internet. Só no ano passado, mais de 13 milhões de brasileiros realizaram sua primeira compra online - um número que representa cerca de 6% da população como um todo.

Uma pesquisa feita pela Mastercard Brasil identificou que esse movimento pode ser permanente para pelo menos 20% dessas pessoas - tanto que, no varejo físico, houve uma queda de 4,4% no primeiro trimestre de 2021, comparado ao mesmo período do ano passado.

Novos entrantes no mercado online significam um aquecimento ainda maior no e-commerce, que tem apresentado índices de crescimento na maioria dos segmentos.  

Mas, será que você realmente está aproveitando as melhores oportunidades pela internet?

Por mais que seja mais prático comprar pelo seu computador ou até mesmo pelo seu smartphone, é preciso ficar atento para saber se você realmente está aproveitando suas facilidades. Com as nossas dicas a seguir, você vai conseguir ter uma boa economia, sem precisar sair de casa.

Planejar a compra

Já que você tem total acesso à internet, aproveite para fazer uma boa pesquisa do que deseja comprar. Afinal, pesquisar não custa nada.

Veja qual produto você quer comprar e, antes mesmo de tomar uma decisão, sempre mantenha o olho em seu orçamento mensal.  

Ao identificar o que precisa comprar, estipule um teto. Por exemplo, se deseja comprar um notebook novo, veja os diferentes preços e procure por análises em artigos e vídeos, para entender a qualidade. Sites de comércio eletrônico possuem uma seção dedicada às avaliações dos compradores anteriores. Veja se a qualidade realmente atende ao que você espera e tome a decisão do que irá comprar antes mesmo de se empolgar com alguma compra repentina.

Acesse sites comparativos de preços

A melhor forma de saber se você está pagando por um preço justo pelo produto é por meio de comparativos de preço. Sites como Buscapé e Zoom permitem ter esse acompanhamento de preço por um longo período, para que você possa identificar se o valor realmente vale a pena.

O Google Shopping é outra ferramenta extremamente útil para quem busca comparar os preços. Ao selecionar o modelo do produto, é possível ver um comparativo geral de todos os lugares que possuem o produto e acessar o site para prosseguir com a compra. Também é possível salvar produtos, criar alertas e filtrar por produtos semelhantes.

Ao comparar os preços e produtos, você pode ter uma melhor decisão de compra. Quando estiver na dúvida, pesquise mais, para entender se o investimento realmente vale a pena.

E-mail somente para ofertas

Um bom lugar para receber ofertas daquele produto que você tanto quis é cadastrar-se na newsletter da fabricante ou até mesmo das lojas que possuem o produto.

Porém, tome cuidado para não encher demais a sua caixa de entrada somente com e-mails promocionais. Alguns serviços de e-mail permitem criar filtros específicos para a sua mensagem. Assim você pode categorizar automaticamente o recebimento de e-mails promocionais e checar sempre que precisar investigar o preço daquele produto que tanto precisa comprar.

Em relação aos e-mails, uma boa dica é levar o produto que deseja comprar até o carrinho do site, e desistir da compra. Alguns sites de e-commerce registram sua sessão e enviam um e-mail alertando quando o preço estiver mais barato. Porém, somente alguns sites fazem essa ‘leitura’ da sua jornada de compra.

Utilize cupons

Cupons promocionais ajudam bastante a obter aquele desconto desejável no produto que você tanto deseja. Ter cadastro em algumas newsletters promocionais podem ajudar a obter o desconto. Existem marcas que também cedem algumas facilidades por meio de seu aplicativo ou por algum tipo de cadastro feito na loja física.

Aproveite as melhores condições e vá atrás dos cupons, para obter um bom desconto na compra final.

Atenção ao frete

Quem vê preço, não vê frete. E isso acontece numa frequência maior do que você imagina. Você entra no site, bate o olho em um excelente preço para compra mas, ao inserir os seus dados e verificar o CEP, tem a surpresa negativa: o valor do frete está lá no alto!

Considere sempre o valor do frete antes de tomar uma decisão de compra. Você pode ser atraído para uma boa promoção mas, se o frete for mais elevado que os concorrentes, no fim das contas a compra pode não ser assim tão vantajosa.

Fique atento às oportunidades de frete grátis e não deixe de verificar até mesmo sites que tenham um valor um pouco acima do preço. Às vezes, eles podem dar boas oportunidades de frete que, no final, podem deixar sua compra mais barata.

Baixe os aplicativos das lojas e marcas

Digamos que você queira comprar um modelo de tênis, mas está achando os valores muito caros pelos sites tradicionais.

Muitas varejistas e marcas costumam dar algum brinde promocional para quem baixar o aplicativo da loja. Aliás, em muitos casos o valor de determinados produtos dentro do app pode sair mais em conta do que os canais tradicionais pela internet.

Se você tem o costume de comprar em um lugar em específico, mantenha seus dados atualizados dentro do aplicativo, para receber boas ofertas de compra. Você pode acionar os alertas, para receber notificações em seu smartphone, ou simplesmente manter seu e-mail cadastrado, para manter os olhos abertos quando o preço daquele item tão desejável baixar.

Cuidado com as compras parceladas

Existem diversas formas de finalizar um pagamento pela internet: você pode cadastrar seu cartão de crédito, selecionar a opção de boleto ou, em alguns casos, até mesmo efetuar um Pix.

Se o site der a possibilidade de parcelar, fique atento aos juros. Veja se a quantidade de parcelas vai de acordo com os seus rendimentos e verifique se o parcelamento não vai implicar nenhum tipo de custo adicional em sua compra.

Com paciência para pesquisa, análise de ofertas e atenção às oportunidades, você pode economizar bastante comprando pela internet, mantendo-se no conforto de sua casa e, principalmente, contribuindo para o isolamento social - a única forma de conter o vírus da Covid-19.

Simulação
chat Eva