Saiba mais sobre a faculdade e o mercado de engenharia civil

Saiba mais sobre a faculdade e o mercado de engenharia civil

Há dez anos, o Brasil se preparava para dois grandes eventos: a Copa do Mundo da FIFA, em 2014, e as Olimpíadas, em 2016. Isso fez com que a demanda por profissionais capazes de gerir e planejar uma obra crescesse drasticamente. Além disso, despertou a vontade de muitos jovens em fazer uma faculdade de engenharia civil.

Porém, como é esse curso? Qual o perfil necessário? Como está o mercado atualmente? Essas e outras perguntas serão respondidas neste post. Boa leitura!

Como é a faculdade de Engenharia Civil?

O curso tem, em média, cinco anos de duração. Assim como qualquer engenharia, há um foco muito grande no campo das exatas, com matérias como Cálculo e Física. Além disso, o aluno terá matérias relacionadas às mecânicas de solo, materiais de construção, desenho técnico, entre outras áreas.

Após a conclusão do curso, o profissional pode optar por especializações na área. Elas vão da construção urbana — uma das mais procuradas pelos formandos — à sustentabilidade e segurança do trabalho.

O que um profissional da área precisa ter?

O foco nas matérias de exatas é necessário porque, no seu dia a dia, o profissional lida com diversos cálculos. Então, uma das primeiras exigências é saber lidar com números e contas.

Além da afinidade com a matemática, exige-se do engenheiro civil uma organização em seus projetos, bem como atenção a todos os detalhes, uma vez que um erro pequeno pode ter graves consequências. Outra importante característica é estar sempre atualizado, observando as tendências do mercado e se modernizando.

Como está o mercado de trabalho?

Segundo especialistas e profissionais da área, sempre haverá demanda do mercado por especialistas em engenharia civil. Porém, eles alertam que é preciso manter a constância no estudo e garantir a qualificação, pois este é um mercado com muitos profissionais.

A média salarial varia de acordo com o tempo de atuação do profissional e sua especialização. Em média, um engenheiro começa ganhando por volta de R$ 5 mil. A remuneração pode superar os R$ 10 mil, dependendo também do porte da empresa na qual ele trabalha.

Leia também:

Quais são as principais áreas de atuação?

Depois de se formar, o engenheiro civil tem um leque grande de possibilidades de atuação. Entre as principais áreas estão:

  • construção civil: é uma das áreas mais tradicionais de atuação, com o profissional trabalhando diretamente em obras, lidando com materiais de construção e processos construtivos. Seu papel é de gerir os recursos e realizar projetos para cumprimento das demandas;
  • cálculo estrutural: esse profissional normalmente trabalha em escritório, longe do campo de obras, e é o braço direito do engenheiro da Construção Civil. Nessa área, o especialista, fazendo uso da matemática, realiza estudos para que as estruturas estejam de acordo com projeto, visando sempre à segurança do local;
  • estradas e transportes: essa é uma das maiores ramificações da engenharia. Aqui, o profissional é responsável por auxiliar no planejamento da construção e da manutenção de estradas, seu traçado, tipo de pavimentação, interligações entre rodovias, além do estudo tráfego, para evitar congestionamentos e acidentes.

Essa variedade de trabalho é destacada por diversos profissionais da área. Pois é possível não só mudar o foco de acordo com a demanda do mercado, como buscar uma esfera que o profissional tenha mais afinidade.

A faculdade de engenharia civil é uma das mais procuradas engenharias, seja pela sua demanda sempre constante do mercado ou pela grande quantidade de áreas de atuação que o setor abrange. Ao escolher essa formação, prepare-se para mergulhar em cálculos e estar sempre atualizado com novos cursos. Além de conhecer as novas tecnologias, te apresentará  às tendências do mercado.

Leia também:

Imagem Consorcio Embracon CTA
Agora que você conheceu um pouco mais sobre a área de engenharia civil? Que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva