Por que eu devo fazer uma faculdade de educação física?

Por que eu devo fazer uma faculdade de educação física?

Para quem gosta de esportes e de cuidar do corpo, uma boa opção é a faculdade de educação física. Ao contrário do que muitos pensam, é necessário bastante estudo para alcançar o sucesso na carreira.

Além do curso superior, é preciso ter muita habilidade e paciência para mostrar e explicar como os exercícios físicos devem ser praticados. Isso requer conhecimento técnico e capacidade de se comunicar com clareza.

Neste post, vamos mostrar como funciona a graduação de educação física, o perfil dos alunos e o cenário da profissão no Brasil. Confira!

Entenda como fazer a faculdade de educação física

Depois de passar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou no vestibular, o aluno deve fazer uma graduação que dura, em média, 4 anos. Ele pode optar pela licenciatura para dar aulas em escolas ou pelo bacharelado.

Durante o curso, os universitários devem fazer uma série de matérias, como:

  • Anatomia;
  • Biométrica;
  • Fisiologia;
  • Filosofia da Educação;
  • Fundamentos da Educação Física;
  • Ortopedia;
  • Prática Esportiva;
  • Psicologia.

Dependendo da instituição de ensino superior, os semestres iniciais têm a mesma grade na licenciatura e no bacharelado. Após a metade de curso, são priorizadas as disciplinas específicas de cada área.

Para concluir a graduação, é necessário que os estudantes participem de estágio supervisionado e entreguem o trabalho de conclusão de curso. O objetivo é fazer com que os profissionais tenham conhecimento prático e teórico para exercerem a carreira de forma correta, contribuindo para o bem-estar da sociedade.

Conheça o perfil dos profissionais formados em educação física

O planejamento e o foco em resultados devem fazer parte das habilidades do profissional da área. Um dos motivos é a necessidade de elaborar um cronograma de atividades direcionado para que os exercícios físicos sejam adequados para o público-alvo.

Também é recomendado ter empatia, boa comunicação, equilíbrio emocional e habilidade para trabalhar em equipe. Com essas características, o educador físico tem mais condições de se destacar no mercado de trabalho e conquistar o respeito e a admiração dos colegas de profissão e dos alunos.

Veja como está o mercado de trabalho

Há boas oportunidades de emprego para os que concluíram a faculdade de educação física. Quem fez a licenciatura pode dar aulas nas escolas de ensino fundamental e médio, tanto públicas quanto privadas. Também podem trabalhar em academias, clubes, hotéis, pousadas e em projetos de inclusão social.

Uma alternativa que tem sido bastante adotada pelos profissionais da área é o personal trainer. Isso porque muitas pessoas desejam atendimento mais direcionado para atingir um bom condicionamento físico.

Leia também:

Fique informado sobre a remuneração

Uma pesquisa do Sistema Nacional de Empregos (Sine) aponta que um recém-formado, com até 2 anos e meio de experiência, recebe, em média, R$ 1,5 mil. Já os profissionais com até 5 anos de carreira ganham, em média, R$ 1,9 mil.

Quem tem de 6 a 9 anos de profissão e é pós-graduado recebe, em média, R$ 2,4 mil. Aqueles com mais de 10 anos de profissão e que já fizeram pós-graduação têm um salário médio de R$ 3 mil.

Um estudo da Catho revelou que a média salarial do personal trainer é de R$ 1,5 mil. É bastante comum profissionais trabalharem em academia e reservarem um período do dia para atender aos clientes de forma personalizada.

Conheça algumas especializações em educação física

Após concluir a graduação, é possível se especializar em algumas áreas para aumentar a empregabilidade. Há boas opções para se destacar no mercado de trabalho, como:

  • avaliador físico;
  • aprendizagem, desenvolvimento e controle motor;
  • gestor esportivo;
  • marketing esportivo;
  • fisiologista;
  • nutrição esportiva.

Sem dúvida, procurar um pós-graduação ou mestrado é uma iniciativa interessante para o desenvolvimento profissional. É um erro grave achar que a faculdade de educação física não exige planejamento e organização para os alunos estarem preparados para o mercado de trabalho.

Leia também:

Se você quer boas dicas sobre carreiras, vale a pena assinar a nossa newsletter. Afinal, o conhecimento sempre nos ajuda a tomar as melhores decisões!

Imagem Consorcio Embracon CTA
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.

chat Eva