Conheça 4 formas de pagar a faculdade

Conheça 4 formas de pagar a faculdade

Conheça 4 formas de pagar a faculdade

Apesar de ser um investimento elevado, o curso superior é fundamental para qualquer pessoa que quer entrar no mercado de trabalho com o pé direito. Apesar disso, a barreira financeira às vezes é muito grande. Por isso, é interessante conhecer as formas de pagar a faculdade.

Entre as opções disponíveis, certamente alguma delas pode encaixar no seu bolso e perfil. Então, não existe motivo para deixar de lado essa parte tão importante da formação profissional, não é mesmo?

A seguir falaremos das formas que podem ser utilizadas para pagar a faculdade. Confira!

1. Fundo de Financiamento Estudantil (Fies)

O Fies é, atualmente, a forma mais popular de ingresso em um curso superior. Ele é um financiamento criado pelo governo para permitir que as pessoas possam entrar na faculdade e pagar por ela somente depois que estiverem estabelecidas profissionalmente.

Por isso, o estudante que opta por essa opção acaba não pagando nada, nem mesmo a matrícula, durante seu período de estudos. É necessário apenas que seja feita a amortização dos juros (aproximadamente R$ 50,00 a cada três meses).Após se formar, a pessoa tem um período de carência de dezoito meses antes de começar a pagar o Fies. O pagamento normalmente é feito dentro de doze anos e não existem acréscimos em relação ao valor integral que foi pago à faculdade.

2. Programa Universidade para Todos (Prouni)

Diferentemente do Fies, o Prouni é um programa governamental que tem como objetivo distribuir bolsas de estudos. Para ter acesso a elas, o estudante precisa fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e atingir notas elevadas.

O Prouni oferece bolsas de 50% e 100% de livre concorrência e com possibilidade de reserva por cotas. Cada curso e instituição recebem um número limitado de vagas, sendo comum existir apenas uma vaga por turno e curso — vence o aluno que conseguiu as maiores notas no ENEM.

3. Bolsa de iniciação científica

Se nenhuma das duas opções é interessante para você ou para seus filhos, ainda existe a bolsa de iniciação científica. Ao entrar no curso de seu interesse é possível procurar por professores pesquisadores. Caso eles tenham projetos em andamento, você pode se candidatar a uma vaga de pesquisa.Esses trabalhos exigem dedicação completa do estudante e, por isso, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) oferece uma ajuda de custo. O valor não é alto, mas é o suficiente para cuidar da alimentação e do transporte, evitando usar o orçamento familiar para isso.

4. Consórcio de pacote de educação

Apesar de todas as medidas apresentadas até agora serem relevantes, o consórcio acaba chamando um pouco mais de atenção. Caso ele seja feito com antecedência, é fácil pagar a faculdade de forma integral, sem o risco de ser recusado pelo Fies ou não alcançar a nota do Prouni.

Então, o consórcio com pacote de educação é a forma mais segura de garantir o futuro de alguém. A lógica aqui é bem simples: você paga mensalmente pelo plano e, por lance ou por sorteio, acontece a contemplação de uma carta de crédito com o valor contratado. Ela, por sua vez, será suficiente para quitar o curso inteiro em um único pagamento, caso queira fazer assim.

Graças a essas formas de pagar a faculdade fica mais fácil ter acesso a uma boa educação. Portanto, se você já está pensando no seu futuro e no de seus filhos, se programe desde já e comece a juntar o dinheiro que será necessário — ou pegue uma vaga no consórcio.

Para ter acesso a mais dicas como essas, além de conteúdos exclusivos diretamente em seu e-mail, assine nossa newsletter!

Simulação de Consórcio
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Ler próximos artigos

Consórcio