Faculdade de economia: o que você deve saber sobre o curso

Faculdade de economia: o que você deve saber sobre o curso

O profissional do setor econômico é aquele responsável por criar, administrar e estudar os bens do nosso dia a dia. Sendo assim, quem cursa a faculdade de Economia tem o poder de transformar e melhorar a vida de diversas pessoas. Ainda, com a realidade que nosso país enfrenta hoje, a figura desse especialista será cada vez mais importante.

Antes de tomar qualquer decisão financeira, o economista pode ajudar com a elaboração de análises ou previsões. É preciso ter habilidades tanto matemáticas quanto relacionadas às áreas de ciências humanas, uma vez que a profissão exige conhecimentos amplos e diversificados.

Ficou interessado no assunto? Então, continue a sua leitura e tire suas dúvidas agora mesmo. Confira!

Conheça o Consórcio de Educação da Embracon!

Faculdade de Economia

Muito abrangente, o curso envolve disciplinas das áreas de Exatas e Humanas. Além disso, diversas matérias se relacionam com conhecimentos da nossa atualidade. Por isso, quem pretende cursar faculdade de Economia precisa estar disposto a se desenvolver em diferentes frentes e situações — o economista precisa ser um profissional completo.

A faculdade de Economia oferece o estudo de diversas matérias, como: Cálculo, Contabilidade, Política, Sociologia, Ética, Português, Matemática e diversas outras. Algumas instituições de ensino oferecem ainda, além da grade curricular obrigatória, disciplinas optativas.

Pela grande variedade de assunto que a faculdade de Economia abrange, poucos são os alunos que se identificam com o curso logo de cara. O índice de desistência, por outro lado, é baixo. O profissional que se forma recebe o título de bacharel e, ao todo, a graduação tem 8 semestres — 4 anos.

EAD: a educação a distância é para você?

Mercado de trabalho

O economista pode atuar com gestão de negócios de qualquer área. Ou optar por ser professor, pesquisador, por trabalhar em uma bolsa de valores e muito mais. Todo graduado em Economia pode, também, ser empreendedor e construir um negócio próprio. Ainda, ser consultor financeiro de outros empreendedores que não têm conhecimento na área financeira.

O mais interessante da faculdade de Economia é que o curso é bastante completo. Por isso, o economista costuma ser um profissional versátil, com conhecimento em diversos segmentos. O início da carreira é, normalmente, em cargos operacionais, lidando constantemente com planilhas e balanços financeiros.

Porém, assim que o profissional se desenvolve e adquire experiência, é comum que cargos de gerência ou diretoria sejam alcançados. Vale destacar também que os economistas encontram diversas oportunidades de trabalho em concursos públicos dos mais variados órgãos.

Entenda: Como funciona e por que contratar um coach de carreira?

Média de salário

Profissionais economistas ainda não possuem uma base salarial pré-definida garantida por lei. Contudo, sindicatos e associações da categoria se reúnem anualmente para determinar valores de referências que são usados como base em cada região ou estado. Em linhas gerais, profissionais recém-formados tem salário inicial de aproximadamente R$ 3 mil mensais. Por outro lado, os profissionais no auge da carreira recebem em torno de R$ 40 mil por mês.

Tire as suas dúvidas sobre o consórcio de educação Embracon.

Regulamentações

A profissão foi legalizada em 1951 e, para exercer o trabalho, o recém-formado precisa de uma habilitação legal, o Registro Profissional no Conselho Regional de Economia.

Descubra: Conheça 4 formas de pagar a faculdade.

Especializações

Como já dissemos, o profissional de Economia precisa ser bastante completo e estudar disciplinas de Humanas e de Exatas. Por isso, na hora de escolher um assunto para se especializar, o economista tem diversas opções, como atuar no mercado internacional de comércio, no setor de agroindústria, mercado financeiro, políticas públicas e muito mais.

O dia a dia de um profissional da Economia varia muito, de acordo com o cargo que exerce e da empresa em que atua. Porém, locais fechados e muita papelada se farão presentes na vida de qualquer economista.

Quem decide cursar faculdade de Economia precisa estar preparado tanto para as leituras quanto para os cálculos e, por isso, é fundamental que o aluno tenha interesse em, pelo menos, uma dessas duas áreas. Esse é um amplo setor e que está presente em praticamente todas as organizações.

Consórcio de Serviços
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva