Carro manual ou automático?

Carro manual ou automático?

Atualmente, existem diversas opções de compra de carro. Você pode escolher um hatch, sedan ou até um SUV, sempre de acordo com as suas necessidades. Mas, quando o assunto é câmbio, a diferença costuma ser bem clara: ou você compra um carro com câmbio manual ou com câmbio automático.

O carro com câmbio manual possui o pedal de embreagem e exige a troca de marchas de acordo com a velocidade do veículo. Quem possui carteira de habilitação muito provavelmente aprendeu a dirigir um carro com um câmbio desse tipo. Trata-se da configuração padrão de um veículo, ou seja, se você sabe como dirigir um carro manual, sabe dirigir qualquer tipo de carro.

Já o carro automático é um pouco diferente: ele não possui embreagem e, na maioria dos casos, nem precisa da troca de marchas para se locomover. Embora existam algumas diferenças entre os modelos automáticos, em sua essência ele facilita bastante a locomoção para o condutor.

Nos últimos anos, os modelos automáticos têm fortalecido sua presença no mercado automotivo. Segundo levantamento realizado pela Bright Consulting, no primeiro semestre de 2021 os carros automáticos registraram 55,5% dos emplacamentos totais, uma diferença de 10 pontos percentuais ante os carros manuais. Isso significa que os brasileiros têm se interessado cada vez mais por modelos desse tipo.

Mas, quais são as vantagens e desvantagens de cada um? Vamos explicar a seguir.

Vantagens do carro manual

Os carros manuais são um velho conhecido do brasileiro, afinal, desde que o primeiro automóvel passou a circular em nossas ruas, sua configuração padrão é ter embreagem e a troca de marchas.

Mais de 50 anos depois dos primeiros automóveis, as montadoras continuam oferecendo essa possibilidade de compra para os consumidores, principalmente por conta do preço. Investir em um carro manual sai muito mais em conta do que um modelo automático, por exemplo.

Além disso, a manutenção do câmbio fica mais em conta em modelos manuais.

É possível ter maior controle do veículo pela configuração manual, o que pode gerar economia de combustível em algumas circunstâncias.  

Por conta de tudo isso, o brasileiro ainda pesa bastante a possibilidade de comprar um modelo manual. Portanto, ele deve continuar no mercado por um bom tempo, já que traz algumas dessas vantagens.

Desvantagens do carro manual

Embora você pague um valor inferior por um carro manual, a desvantagem é que o hábito de dirigir acaba se tornando mais cansativo. Muitas pessoas ficam incomodadas em ter que utilizar a embreagem e trocar de marcha a todo o momento - principalmente nas grandes cidades, quando o trânsito acaba sendo parte da rotina do motorista.

Para quem costuma passar muitas horas do dia dirigindo, carro com câmbio manual pode gerar um cansaço adicional. Leve isso em consideração antes de considerar a compra.

Vantagens do carro automático

O carro automático é uma boa pedida para quem deseja ter mais conforto na direção, sem se preocupar em utilizar a embreagem e trocar a marcha.

Por mais que o modelo automático tenha como característica a ausência de embreagem, existem algumas diferenças entre os modelos:

  • Câmbio automatizado: funciona como o câmbio manual que muitas pessoas estão acostumadas, porém a mudança das marchas é feita por uma peça chamada atuador hidráulico, que funciona como se fosse o próprio motorista pressionando a embreagem e trocando de marcha de acordo com a necessidade do carro. Por conta disso, os câmbios automatizados podem dar alguns trancos na hora de troca de marchas, por mais que seja por um processo automático.
  • Câmbio automático: por meio da pressão de óleo, esse sistema permite a troca de marcha sempre que identificar a necessidade do veículo. O conversor de torque assume o que seria a função da embreagem, permitindo uma troca mais suave de marchas enquanto estiver dirigindo o veículo.
  • Câmbio CVT: é um tipo de câmbio que não possui marchas, mas um tipo de relação infinita com polias e cinta de aço que permitem ao motor movimentar o carro de forma linear e com aumento gradual de rotação. Por isso mesmo, ao dirigir um carro com câmbio CVT, a impressão é de que ele sempre força um movimento inicial, impedindo que ele desça em ladeiras íngremes, por exemplo. Modelos desse tipo têm um tipo de configuração que impede esse movimento (geralmente a opção P do câmbio automático). Por conta de tudo isso, ele acaba se mostrando como uma opção ainda mais confortável que o automático, por ter um funcionamento mais suave.

Com todas essas opções, você tem uma boa gama de opções antes de considerar a compra. Veja o que faz mais sentido para você e escolha um modelo que proporcione conforto na direção.

Desvantagens do carro automático

O valor de um carro automático acaba sendo a maior desvantagem. Ele pode custar até 5% mais que um carro manual. Além disso, o preço de sua manutenção tende a ser mais cara  por conta de sua configuração, que acaba sendo mais complexa.

Quem gosta de ter controle de velocidade de carro pode estranhar a forma com que o carro automático faz a transição de marchas. Alguns modelos permitem utilizar a configuração manual, com a simples troca de aumentar ou diminuir a marcha (sem a necessidade de embreagem). Mas quem já está acostumado com a boa e velha forma de dirigir o seu veículo pode não gostar da experiência de dirigir um automático.

Compre seu carro com o consórcio

Independente do modelo que deseja ter, o consórcio é a melhor forma de investir em seu próximo veículo.

Faça agora uma simulação de consórcio de automóveis e invista em seu próximo modelo, seja manual ou automático.  

Simulação
chat Eva