Como escolher as cores de tintas para os ambientes da casa?

Como escolher as cores de tintas para os ambientes da casa?

Como escolher as cores de tintas para os ambientes da casa?

Se tem uma coisa importantíssima na hora da reforma é escolher as cores de tinta para casa. Com os tons corretos, é possível valorizar o que há de melhor no seu lar. No entanto, errar nesse quesito pode deixar a composição desagradável aos olhos.

Para saber mais, confira neste post as dicas para não errar na composição das cores. Boa leitura!

Fique atento à iluminação

É importante lembrar que a percepção das cores mudam de acordo com a hora do dia - principalmente se for uma área externa da casa - e com o tipo de iluminação que o cômodo, se é natural ou artificial. As tintas brancas, por exemplo, deixam o ambiente mais amplo e claro, enquanto as amarelas deixam as cores mais fortes.

Evite cores muito escuras em cômodos mal iluminados, pois isso pode deixar o ambiente pouco acolhedor. Além disso, é importante pensar em, dependendo do local, rever a sua iluminação.

Analise seu gosto pessoal e escolha uma família de cor

O seu gosto é muito importante, afinal, é da sua casa que estamos falando, portanto, escolha as cores que mais agradam. Depois de refletir sobre isso, é importante escolher uma tonalidade para predominar no espaço a ser pintado.

As cores são divididas em sete famílias: verde, amarelo, azul, vermelho, laranja, violeta e neutros. Ao escolher uma principal, você pode trabalhar com os vários tons dela para compor o ambiente, além de complementar a composição com outras técnicas.

Entenda o círculo cromático

O círculo cromático é semelhante a uma pizza, mas com 12 fatias, em que cada fatia representa uma cor. Elas estão dispostas de maneira a ajudar na hora de combinar cores, devido à sua disposição. Por exemplo, uma das técnicas é a combinação complementar, em que as cores opostas podem ser combinadas harmonicamente no mesmo ambiente, como o amarelo e o roxo, ou vermelho e verde.

No entanto, caso deseje trabalhar com tons parecidos no cômodo, a combinação análoga é uma boa opção. Basta usar a cor predominante escolhida anteriormente e complementar o ambiente com as cores vizinhas no círculo. Por exemplo, se a cor predominante escolhida for o azul, é possível complementar o ambiente com tons mais claros e mais escuros de azul.

Procure fotos para se inspirar

Às vezes pode ser difícil imaginar qual cor se encaixa melhor em determinado cômodo da casa. Assim, vale a pena pesquisar por fotos ou imagens de ambientes parecidos com o da sua residência para ter uma noção de como ficará o local com determinada tonalidade.

Além disso, há ferramentas online que, a partir de uma foto, permitem simular como ficaria o ambiente com determinada cor. Essas técnicas ajudam a: despertar a imaginação e a ter uma noção melhor do resultado da pintura.

Chame um especialista

Mesmo depois de muito pensar e analisar, pode ser difícil decidir quais serão as cores para a casa. Se isso acontecer, o melhor a ser feito é entrar em contato com um profissional da área e solicitar ajuda nessa decisão. Arquitetos e designers de interiores têm experiência e capacitação para te auxiliar a resolver esse impasse.

Apesar de ser extremamente importante, a escolha das cores para casa não é uma tarefa muito difícil. É preciso ficar atento a iluminação, para que o ambiente não fique nem muito escuro nem muito claro; entender como funciona o círculo cromático e, claro, escolher as tonalidades que mais gostar. Com estas dicas, é possível criar um espaço acolhedor para você e sua família.

Gostou deste post? Essas ideias ajudaram a inspirar as cores para sua casa? Que tal então compartilhá-las na aba de comentários?

Simulação de Consórcio
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Ler próximos artigos

Consórcio