Quer comprar um carro para os filhos? Confira essas dicas!

Quer comprar um carro para os filhos? Confira essas dicas!

Quer comprar um carro para os filhos? Confira essas dicas!

Quando os filhos chegam perto de seus 18 anos, a maioria já fica ansiosa para conseguir sua carteira de motorista e começar a dirigir.  Não é à toa, já que um carro é bem útil em quase todas as situações. E, convenhamos, pode valer a pena comprar carro para os filhos se eles merecerem.

Claro, um carro não é algo que você compra na feira aleatoriamente, mas sim uma decisão planejada.

Mesmo os modelos mais baratos podem custar bem mais do que sobra no fim do mês. Por isso, é importante pensar em um orçamento específico a fim de conquistar esse sonho.

Para facilitar um pouco sua vida na hora de comprar carro para seus filhos, trouxemos aqui algumas dicas simples que você pode seguir. Confira:

Escolhendo o melhor carro

Defina as prioridades

Se o único critério para comprar um veículo fosse o deslocamento, absolutamente qualquer um serviria. Porém, esse não é o caso na maior parte das vezes.

Diferentes modelos possuem inúmeras especificidades, atendendo a demandas diversas. E tais características certamente afetarão sua escolha.

Então, antes de folhear os catálogos de carros, tente listar três ou quatro características de que você precisa. O carro vai levar muita carga? Ele precisa dar partida em dias muito frios? Vai ficar só no asfalto ou vai passar por terra também?

São pequenas perguntas que fazem uma grande diferença na hora de dirigir.

Avalie as condições de segurança

Direção segura é a primeira regra na hora de comprar um carro para os filhos. Claro que você nem sempre pode impedir que eles cometam erros, mas pode, pelo menos, evitar que as consequências sejam permanentes.

Cintos de segurança, airbags, freios calibrados, entre outras coisas são vitais para garantir a melhor proteção dos seus filhos enquanto dirigem.

Portanto, lembre-se de escolher apenas veículos que apresentem esses itens de sobrevivência.

Economia de combustível

Claro, as despesas de um carro não acabam depois que ele é comprado. E o combustível é, de longe, o primeiro que impacta o motorista. Ou, como talvez seja o caso, dos pais do motorista.Sendo assim, um modelo econômico sempre tem prioridade.

Carros flex, que usam mais de um tipo de combustível, também costumam ser mais úteis. Se a gasolina estiver cara demais, você pode trocar para o álcool, por exemplo. Basta que o custo x benefício ainda seja favorável na hora de pagar.

Valor do seguro

Outra despesa que persiste depois de comprar carro para os filhos é o seguro do veículo. Sem falar que acidentes simplesmente acontecem.

Nessas horas, o dinheiro colocado no seguro vale muito a pena.

Diferentes modelos possuem diversos preços de cobertura. Em geral, carros populares, de fácil manutenção e baixo valor de mercado, também custam menos em seguro a cada mês.

Antes de escolher, pesquise bem suas opções de seguro e já tenha uma em mente.

Negociando com os filhos

Evite os modelos mais extravagantes

Isso não é novidade para ninguém, mas os jovens costumam sonhar muito alto quando se fala em presentes.

Infelizmente, para eles, não são todos os pais que estão dispostos a pagar por uma Ferrari ou Lamborghini logo no primeiro carro.

Na hora de escolher o carro, deixe bem claro que você está pensando em algo básico. É um veículo para se deslocar entre trabalho, faculdade e a própria casa.

Planeje financeiramente para comprar carro para os filhos

Digamos que seu filho esteja na faixa dos 18 a 20 anos quando você resolve comprar um carro para ele(a). Obviamente, isso vai exigir algum tempo de avaliação e economia no orçamento familiar.

E já que as “crianças” vão ficar com um presente tão grande, é melhor que elas também contribuam.

Se seus filhos trabalham, eles podem contribuir com um pouco a cada mês. Se estão fazendo faculdade, é uma boa hora para buscarem um estágio.

E se não for o caso, ainda podem aceitar alguns cortes no orçamento familiar, como controlar o uso do cartão de crédito, abrir mão de viagens e passeios mais frequentes.

Não exclua a possibilidade de comprar um usado

É verdade que muitas pessoas não gostam da ideia de comprar um carro usado. Sempre há o risco de o veículo precisar de manutenção mais rapidamente, já que a sua vida útil foi parcialmente utilizada.

Mas isso não significa que todos sejam maus negócios. É tudo uma questão de saber procurar.

Se você examinar o veículo com cuidado, escolher o modelo certo e, na melhor das hipóteses, conhecer o vendedor, então o negócio pode render tanto quanto comprar um carro zero.

E se você não souber como fazer a avaliação, sempre pode buscar um especialista.

Leve em consideração o consórcio

Se você está firme em buscar um carro zero, maximizando sua durabilidade, então é hora de rever seu orçamento.

Normalmente, você tem que esperar um bocado para juntar o dinheiro que precisa para dar entrada no veículo.Bem, existe um meio de combinar os dois benefícios: um consórcio.

Trata-se de uma modalidade em que você planeja a compra, junto à administradora. Tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem participar do consórcio, e isso beneficia bastante quem pretende adquirir um carro para os filhos.

São combinadas contribuições mensais, a serem cumpridas por todos os participantes do consórcio. Assim, tem-se o valor necessário para a compra do bem ou serviço, o que gera as contemplações.

Uma vantagem é poder optar pelo valor de crédito mais conveniente ao seu caso e escolher em quanto tempo vai pagar. Tudo fica registrado em contrato. E, mediante as parcelas em dia, você pode ser contemplado, seja por sorteio, seja por lance.

Dessa forma, é possível realizar o sonho do seu filho, conseguindo manter o orçamento familiar saudável e conquistando um excelente automóvel!

Com essas dicas, comprar carro para os filhos vai ser uma tarefa muito mais fácil. Faça uma simulação e encontre o plano que melhor se encaixa no seu orçamento.

Conhece mais pessoas que poderiam aproveitar nossas dicas? Então, compartilhe este artigo em suas redes sociais!

Simulação de Consórcio
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Ler próximos artigos

Consórcio