Quais são as causas da gordura localizada e como eliminá-la?

Quais são as causas da gordura localizada e como eliminá-la?

Com a preocupação pelo bem-estar físico dos brasileiros, é comum ver debates sobre as causas da gordura localizada. Afinal de contas, a presença e o seu constante crescimento podem indicar desordens no organismo e, até mesmo, problemas de saúde que precisam de atenção e cuidado médico.

Pensando nisso, reunimos os principais motivos que estimulam o aparecimento da gordura localizada e como eliminá-la de forma correta sem fazer mal ao seu corpo e à sua mente. Acompanhe!

Já pensou em fazer uma lipo? Com o consórcio de serviços você pode!

Principais causas da gordura localizada

Sedentarismo

A primeira causa, sem dúvidas, é o sedentarismo. Isso porque quando você não se exercita ou se movimenta como deveria, o seu corpo se habitua a ter um baixo gasto energético.

A comida consumida deixa de funcionar como "combustível" e se torna apenas um"estoque" no seu organismo. Daí, quanto mais acúmulo houver, maior a presença da gordura nas coxas, barriga, quadril, peitoral etc.

Leia mais sobre: Procedimentos estéticos para emagrecer: quais são os melhores?

Consumo de alimentos com baixo valor nutricional

Outro motivo relevante e frequentemente associado ao primeiro citado é a alimentação descontrolada. Isto é, quando você abre mão de frutas e verduras, por exemplo, para ingerir apenas:

  • alimentos processados que têm alto teor de sódio;
  • bebidas alcoólicas que contam com grande quantidade de calorias;
  • refrigerantes e doces que são ricos em açúcar;
  • massas (como os pães) que são fonte de carboidrato.

Além da presença, a frequência desses alimentos aumenta a ingestão de substâncias nocivas para o seu corpo.

Tudo sobre o consórcio de cirurgia plástica Embracon.

Desequilíbrio metabólico

É importante dizer que há algumas pessoas que ganham peso sem ser sedentárias ou se alimentarem de forma errada. Isso acontece porque elas desenvolvem um desequilíbrio orgânico que deixa o metabolismo lento.

Essa condição pode ser causado por alterações hormonais, problemas na tireoide, estresse, diabetes etc. Por conta disso, a queima de gordura é menor e o acúmulo dela se torna mais intenso.

Leia também: Cirurgia bariátrica: como funciona e quem pode fazer?

Como eliminar a gordura localizada

O que causa o ganho de gordura localizada é, na maioria das vezes, o conjunto de uma má alimentação com a falta de exercício. Por isso, é importante reverter esse quadro, mudando hábitos. Uma opção é iniciar uma atividade física (como a malhação ou crossfit). Ou praticar um esporte (como o ciclismo e a natação) regularmente que mescle exercícios aeróbicos e anaeróbicos.

Assim, o seu corpo entra em movimento e a sua musculatura, a sua estrutura óssea e o seu sistema cardiovascular se desenvolvem e têm um funcionamento cada vez melhor. Afinal, quanto maior e mais intenso for o ritmo adotado, mais energia é gasta.

Porém, isso não significa começar uma dieta sem pé nem cabeça da noite para o dia, viu? O correto é que você se consulte com um nutricionista para entender quais nutrientes o seu organismo precisa e o principal: aprender a ter hábitos alimentares saudáveis no dia a dia.

Caso tenha um desequilíbrio metabólico, independentemente do motivo, não se desespere! O ideal é que você faça um acompanhamento médico para tratar o seu problema de saúde e, em paralelo, seguir os passos já citados acima.

Saiba mais: Como escolher um consórcio de cirurgia plástica em 6 passos.

Tá sem dinheiro para cuidar da aparência? Experimente o consórcio!

Agora que você já sabe como a gordura localizada se forma e como eliminá-la de uma vez por todas, não perca tempo e comece a colocar as nossas sugestões em prática. O seu bem-estar e, principalmente, a sua saúde agradecem!

Curtiu o nosso post e quer saber mais sobre saúde e estética? Então, assine a nossa newsletter e veja como um consórcio pode ajudá-lo a se realizar em ambos os assuntos!

Consórcio de Serviços
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva