Por que fazer um consórcio de cirurgia plástica

Por que fazer um consórcio de cirurgia plástica

Muitas pessoas gostariam de corrigir o que consideram ‘imperfeições’ do corpo. Pode ser ajustar o nariz, tirar as rugas ou reduzir o estômago. O fato é que existem inúmeras justificativas para considerar uma cirurgia plástica, seja por motivos estéticos ou de saúde.

Essas cirurgias são complexas. Antes de tudo, exigem um atendimento especializado: é preciso que o médico seja especialista em procedimentos estéticos para prosseguir com esses tipos de tratamento.

E, claro, custam caro. Felizmente, hoje em dia as pessoas podem contar com as facilidades do consórcio para fazer um procedimento de cirurgia plástica.

Como funciona o consórcio de serviços

Esse procedimento faz parte da categoria de consórcio de serviços.

Antes de aderir, é preciso verificar o valor total do procedimento estético diretamente com a clínica. Após ter uma estimativa do total, você pode inserir este valor como carta de crédito quando fizer a simulação.

É possível selecionar cartas entre R$ 15 mil e R$ 30 mil, divididas em até 30 mensalidades. A grande vantagem é que você pode ajustar o valor e as parcelas de acordo com o seu orçamento.

Depois disso, você entra em um grupo de consórcio e participa das assembleias, que realizam sorteios mensalmente. Se você for sorteado, é contemplado com a carta. Mas, se quiser antecipar a aquisição do serviço, pode fazer a oferta de lances.

Tipos de cirurgia plástica que podem ser feitas com o consórcio

Confira a seguir algumas das possibilidades ao investir em uma carta de cirurgias. Em todos os casos, verifique a especialização dos cirurgiões, para evitar problemas mais graves após o procedimento estético.

Cirurgias corretivas

Você pode investir em cirurgias que têm o propósito de ‘corrigir’ partes do corpo afetadas por algum mal ou doença.

É o caso de próteses mamárias, muito procuradas por mulheres que superaram o câncer de mama, ou a realização de lipoescultura, processo que retira o excesso de gordura de alguma região do corpo através da lipoaspiração – muito requisitada por quem realiza bariátrica, por exemplo, que também pode ser paga por meio do consórcio de cirurgia.

Existem processos que deixam marcas no corpo, como queloide, cicatriz hipertrófica, entre outros, que também podem ser cobertos pelo consórcio.

Prótese de silicone

Também é possível investir em uma prótese de silicone para qualquer parte do corpo por meio do consórcio. Verifique com antecedência os tipos de prótese e os especialistas mais indicados, para que tudo saia conforme o planejado.

Outros tipos de cirurgia

Também é possível realizar outros tipos de cirurgia por meio do consórcio, como:

● Aumento e redução de mama

● Lipoaspiração

● Cirurgia de pálpebras

● Abdominoplastia (remoção de gordura no abdômen)

● Facelift (para remover rugas do rosto)

● E muitos outros

Vale lembrar que, ao ser contemplado, você tem poder de compra à vista. Negocie com a clínica: se o valor da sua carta for maior que o preço da cirurgia, você pode usar o restante para pagar as parcelas restantes do consórcio.

Se a carta for inferior, você pode completar com os seus próprios recursos.

Faça uma simulação e confira as inúmeras vantagens do consórcio de serviços para cirurgia plástica. Você não paga juros, nem entrada e conta com a segurança de uma das administradoras mais reconhecidas do País.
Simulação Consórcio
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.

chat Eva