Como funciona a cirurgia de correção de cicatriz? Entenda aqui!

Como funciona a cirurgia de correção de cicatriz? Entenda aqui!

Ferimentos na pele podem deixar cicatrizes, que são resultados do processo de regeneração celular. Em alguns casos, porém, o tecido da cicatrização difere em cor, textura, elasticidade e aspecto do restante da pele. Por isso, pode ser algo bastante incômodo. A cirurgia de correção de cicatriz pode ajudar nesses casos.

A correção é feita por meio de uma cirurgia plástica que minimiza a cicatriz e melhora o seu aspecto. Há diferentes tipos de cicatrizes e, em alguns casos, além de afetar a autoestima, elas podem prejudicar os movimentos e a funcionalidade da pele.

Neste artigo, você vai entender quando a cirurgia é indicada, como ela é realizada, os cuidados necessários e as possíveis complicações. Continue conosco e entenda tudo que precisa para fazer a correção de sua cicatriz. Boa leitura!

Conheça o consórcio de serviços da Embracon

Quem deve fazer a correção de cicatriz?

A cirurgia só deve ser feita por um cirurgião plástico capacitado. A indicação é para pessoas com problemas na formação da cicatriz.Veja quais são os tipos:

  • queloide: ocorre pelo crescimento anormal causado pelo excesso de produção de colágeno;
  • hipertrófica: uma cicatriz espessa por causa do desordenamento das fibras de colágeno. Pode apresentar variação de cor ao redor, quando comparadas com a pele;
  • retraída: há uma aproximação da pele ao redor, podendo dificultar a movimentação se estiverem próximas a articulações;
  • alargada: fica mais baixa do que a pele;
  • discrômica: tem a cor diferente da pele
  • atrófica: mais profunda do que o relevo da pele em volta.

Como a cirurgia é feita?

A correção da cicatriz é uma cirurgia simples. Se for realizada em cicatrizes de até 4 cm dura cerca de 30 minutos. Não é necessário que o paciente faça nenhuma preparação prévia, a menos se seja necessária a anestesia geral (nesse caso é pedido jejum).

Normalmente é usada somente anestesia local, podendo conter ou não sedação, de acordo com o local da cicatriz. A remoção é realizada por meio de incisões na extensão. Com isso, o cirurgião retira a fibrose e o tecido cicatrizado.

São aplicados pontos internos absorvíveis e outros escondidos na incisão (intradérmicos). Dependendo da extensão e localização pode-se usar fita biológica com cola para selar o local.

O intuito da cirurgia plástica de cicatriz é melhorar a aparência e uniformizar a pele. É importante ressaltar que nem sempre se garante o completo apagamento da cicatriz, e os resultados podem variar de acordo com a pele de cada pessoa.

São raras as complicações cirúrgicas, mas pode ocorrer infecção, sangramento e abertura de pontos. A recuperação total do local demora um ano, devendo ser acompanhada pelo cirurgião plástico.

O médico irá indicar pomadas e cremes que devam ser usados no pós-operatório. O paciente também deve ter cuidado para não expor a região ao sol sem proteção solar.

Consórcio de plástica: você sabe o que é?

Os resultados são bons?

Como mencionamos, a cirurgia para corrigir uma cicatriz tem como finalidade uniformizar a pele e melhorar a aparência dela. No entanto, nem sempre é possível garantir que a cicatriz seja totalmente apagada. Mesmo assim, os resultados são bastante satisfatórios.

O paciente precisa que ter em mente que a recuperação da cirurgia de correção de cicatriz depende dos cuidados pós-operatórios e, também, do seu tipo de pele. Além disso, a região onde foi feita a cirurgia também deve ser levada em consideração.

Imagem Consorcio Embracon CTA

Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.

chat Eva