Pisos de mármore: suas características e quando utilizá-lo?

Pisos de mármore: suas características e quando utilizá-lo?

Está pensando em reformar a sua casa ou adquirir o tão sonhado lar doce lar? Então, você deve considerar o piso de mármore em alguns ambientes! Além de muito bonito, esse material traz um ar de elegância, requinte e sofisticação.Para que ele fique sempre novo, contudo, é preciso ter alguns cuidados. Quer saber quais são eles? Para lhe ajudar com isso, veremos neste post as suas características e para quais ambientes ele é mais indicado! Continue lendo e confira como esse piso pode ser uma bela opção para a sua casa.Tá pensando em reformar? Com o consórcio, você consegue!

Quais são as principais características desse piso?

Além de trazer elegância ao ambiente, o piso de mármore ainda é bem versátil. Devido ao seu peso relativamente menor quando comparado com outros materiais, ele pode ser utilizado tanto para o piso quanto para revestir paredes e até belos balcões, pias e mesas.Trata-se de um material natural composto de calcita, que se assemelha bastante ao granito, mas com uma superfície que tende a ser mais lisa e suave. Ele costuma ter uma coloração clara e um brilho bem equilibrado — nem forte, nem fraco. Sinônimo de luxo, uma das pocas desvantagens do mármore é a sua pouca resistência.

Quais são as vantagens e desvantagens do piso de mármore?

Como qualquer material, o mármore tem vantagens e desvantagens. Um dos seus problemas, como dissemos, é a baixa resistência. Isso o torna muito susceptível a manchas e arranhões. Também não é tão eficiente quanto à corrosão, e o seu custo é maior se o compararmos a outros tipos de revestimentos.Em compensação, além de trazer mais sofisticação e status aos ambientes, ele é um material frio e perfeito para o clima brasileiro, pois ajuda a transmitir uma sensação de frescor. Quando usado em tonalidades mais claras, também traz um ar de limpeza e tranquilidade.

Entenda como armazenar materiais de obra para evitar perdas e estragos.

Para quais ambientes ele é mais indicado?

Por conta das características que acabamos de ver, o mármore tem mesmo um uso mais restrito. É mais aconselhado para ambientes internos e que não sejam muito movimentados — afinal, o caminhar intenso das pessoas pode acelerar o seu desgaste. Banheiros e cozinhas são os locais ideais para esse tipo de material, mas quartos e a sala de jantar também podem ter seus pisos revestidos em mármore, sem problemas. Você ainda pode aplicá-lo em uma das paredes de um ambiente para deixá-lo mais acolhedor! A dica aqui é pensar na elegância. Saiba tudo sobre o consórcio de serviços

Que cuidados devem ser tomados para mantê-lo sempre novo?

Por fim, para que o mármore permaneça com um aspecto sempre novo é preciso ter cuidado com os materiais de limpeza que você usa, além da abrasividade de panos e esponjas. Não utilize óleo ou líquido corrosivo, por exemplo, pois eles podem manchar e deteriorar o seu revestimento.Sempre que for fazer a higienização, utilize um pano macio e úmido. O mármore não costuma dar trabalho para limpar, bastando apenas isso na maioria das vezes. Evite também arrastar móveis sobre esse revestimento, e tome bastante cuidado com o salto dos sapatos, para não marcar o material.Bom, além de todas as vantagens que já foram mencionadas, o piso de mármore tem ainda outro grande ponto a seu favor: ele nunca sai de moda. Então, faça um bom planejamento e utilize esse material tão versátil e requintado. Você vai perceber como ele faz diferença! E caso o seu orçamento fique apertado, que tal um consórcio para reformas?

Consórcio de Serviços
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva