Como planejar o intercâmbio do seu filho

Como planejar o intercâmbio do seu filho

Estudar em outro país é uma experiência incrível e pode ser um marco na vida de qualquer pessoa, principalmente para os mais jovens. Isso porque o jovem tem a chance de aprender e entender, desde cedo, novas culturas e conhecer diferentes nacionalidades. Além disso, é uma ótima oportunidade de aprender novas línguas e fazer cursos e ter possibilidades de estágios fora do Brasil.

Apesar de ser uma ótima escolha para o seu filho (a), pode ser um momento com muitas dúvidas e medos, principalmente para os pais. Então quanto mais preparado você estiver para essa decisão, melhor. Para te ajudar nesse momento, fizemos uma lista de como se planejar para o intercâmbio do (a) seu (sua) filho (a). Confira:

Procure uma agência especializada em intercâmbio

A agência pode te ajudar a entender toda a burocracia e detalhes que uma viagem de longo prazo para estudar requer. Ela também pode te ajudar a escolher a cidade, o país, o melhor endereço, além de  entender o custo de cada lugar, e ajudar a pensar no planejamento completo.

Muitas agências especializadas inclusive já vendem o pacote completo para a viagem. Uma dica muito boa nessa hora é pagar à vista a viagem já pela própria agência, já que ela pode te dar um desconto nessa hora para fechar o pacote completo.

Escolha o destino

A cidade que seu (sua) filho (a) for estudar é a maior decisão a tomar. E isso vai fazer toda a diferença na hora de descobrir qual será o seu gasto. Importante lembrar que o real está super desvalorizado, então Europa e Estados Unidos estão com um valor muito acima do normal por causa da cotação do dólar e do euro.

Por isso uma ótima opção a ser considerada são os países da América Latina, que também tem a vantagem de estar mais perto do Brasil. Nessa hora é bom pensar se você prefere uma cidade pequena, mais tranquila, ou uma grande capital. Isso também é legal ser decidido pelo seu (sua) filho (a), de acordo com o estilo de vida que ele mais gosta de levar.

Leve em consideração a personalidade do seu (sua) filho (a)

Para a escolha do destino, da hospedagem e até da escola que ele (a) vai estudar é muito importante entender o que seu (sua) filho (a) tem como sonho e perspectiva de vida. O país que ele (a) vai estudar pode abrir muitas portas para o seu futuro principalmente se ele (a) já tiver objetivos traçados desde cedo. Por exemplo, se ele (a) gosta de desenhar, é legal pesquisar cursos que tenha essa pegada, ou países famosos pela sua arte.

Faça um orçamento detalhado mês a mês

Com ajuda da agência de intercâmbio você conseguirá ter noção de quanto será gasto, por mês ou mesmo todo o período. Tendo esse valor em vista, não esqueça de fazer um planejamento incluindo as despesas com alimentação e transporte.

Entenda as melhores formas de conversar com seu (sua) filho (a)

Os pais sempre vão ficar preocupados e preocupadas com a distância, especialmente em outro país. Uma boa técnica para amenizar a preocupação é pensar em horários fixos para conversar com seu (sua) filho (a) todo dia ou toda semana. Outra facilidade dos nossos tempos é que com as redes sociais vocês podem estar conectados praticamente o tempo todo.

Além das redes sociais, assim que seu (sua) filho (a) chegar ao país um dos primeiros e mais importantes passos é comprar um cartão/ SIM internacional. Dessa forma, você consegue se comunicar com seu (sua) filho (a) a qualquer hora.

Seguro saúde e dentário

Esse item já é parte da responsabilidade dos pais normalmente, mas nessa hora é fundamental. Faça um check up completo com todos os médicos para ver como está a saúde do (a) seu (sua) filho (a).

Não esqueça de checar as vacinas necessárias para entrar no país (alguns lugares só permitem a entrada com determinadas vacinas).

Além disso, o dentista é um ótimo aliado nessas horas. Ninguém quer ter dor de dente fora do seu país, mas e se tiver? Como agir?

O seguro de saúde e dentário são essenciais para uma viagem longa sem medo e com a certeza de que seu (sua) filho (a)  tem todos os médicos por perto. Alguns países pedem para checar se a pessoa tem seguro saúde na própria entrada da fronteira. E eles também vão checar se o seguro saúde cobre todo o tempo do intercâmbio, por isso é essencial ter certeza disso.

Contrate um consórcio

O consórcio é uma excelente forma de levantar a quantia que você pretende gastar com planos que cabem no seu bolso. Faça uma simulação em nosso site e conte com a Embracon para ajudar a realizar o sonho do (a) seu (sua) filho (a).
Simulação Consórcio Viagem
chat Eva