Lifting facial: entenda como eliminar a flacidez e as rugas do rosto

Lifting facial: entenda como eliminar a flacidez e as rugas do rosto

O lifting facial é uma das cirurgias estéticas mais procuradas por pessoas que desejam minimizar os efeitos das rugas no rosto e pescoço. Permite a redução da flacidez da pele e, até mesmo, a remoção dos excessos de gordura promovendo um aspecto mais jovem e saudável.

Esse procedimento também é conhecido pelo nome de ritidoplastia e é muito procurado por mulheres acima dos 45 anos. Todo o processo de tratamento é realizado em uma clínica especializada por um médico cirurgião plástico.

O preço médio de uma cirurgia estética de lifting facial fica em torno dos dez mil reais. Porém, esse valor pode ser maior ou menor de acordo a clínica escolhida, o médico e até mesmo a região do país. Saiba mais sobre esse procedimento com este artigo!

Conheça o Consórcio de Serviços da Embracon

Indicações do lifting facial

O lifting facial é indicado para pessoas que apresentam perda de tônus muscular, flacidez e pele em excesso. Também se recomenda para quem quer eliminar rugas, vincos nasogenianos, sulcos profundos. Ainda entram na lista quaisquer outros tipos de marcas que deem à pele um aspecto de envelhecimento e falta de cuidado.

É importante ressaltar que o envelhecimento e a flacidez surgem pela ação natural do tempo e da idade. Porém, há casos em que fatores externos podem acelerar o processo. Por exemplo, pessoas com maus hábitos alimentares, problemas com radicais livres, genética e a radiação solar. Além, é claro, dos fumantes.

Leia mais: O que eu preciso saber sobre o uso do botox para correção de sorriso?

Etapas da cirurgia

O tratamento estético é relativamente simples. Mas o paciente precisa ser internado por um período em torno de três dias para recuperação e acompanhamento.

Para o procedimento, o cirurgião estético realiza a aplicação de anestesia geral. Em alguns casos, apenas sedativos são usados para diminuir a sensação de dor. Todo o processo dura cerca de 4 horas para ser concluído e o paciente ser liberado da sala de cirurgia.

Por se tratar de um processo um pouco invasivo, os pacientes precisam tomar alguns cuidados posteriores para que tudo corra como planejado. A seguir, listamos algumas orientações nesse sentido. Confira:

  • nos primeiros dias após a cirurgia é muito comum que o paciente sinta dores e por isso existe a necessidade de se tomar remédios para controlar os possíveis incômodos. Um dos mais receitados é a Dipirona;
  • dormir de barriga para cima e com a cabeça mais elevada por cerca de sete dias é essencial para que não haja inchaços;
  • a cabeça e o pescoço devem permanecer enfaixados por, pelo menos, sete dias;
  • três dias após a cirurgia, o paciente precisará passar por sessões de drenagem linfática;
  • não se deve usar cosméticos nos primeiros sete dias pois a pele ainda pode estar muito sensível;
  • é preciso ter cuidado para não mexer nas cicatrizes e não causar nenhum tipo de complicação.

Antes de passar pela cirurgia de lifting facial é importante que a pessoa compreenda que, mesmo se tratando de um procedimento prático, a recuperação demanda cuidados. O processo é lento e causa desconforto.

Mas, superada a primeira semana, não há nada com que se preocupar além de colher os elogios de uma pele mais jovem e bem cuidada.

Saiba mais: Quais são as causas da gordura localizada e como eliminá-la?

E você, tem vontade ou já fez uma cirurgia de lifting facial? Deixe em nossos comentários sua opinião sobre os resultados obtidos!

Consórcio de Serviços
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva