Lentes de contato para os dentes: o que são?

Lentes de contato para os dentes: o que são?

Tratamentos de estética são cada vez mais requisitados pelo grande público. Plásticas e implantes, por exemplo, estão entre os procedimentos cirúrgicos mais realizados anualmente. Nesse contexto, a estética bucal também ganha grande destaque, especialmente com as lentes de contato para os dentes, um método mais recente e inovador que tem ganhado destaque diante do público.

Para aqueles que não o conhecem, o nome pode parecer estranho. Lentes de contato são geralmente associadas aos olhos, como maneira de corrigir a visão. E não aos dentes. Porém, na prática, esse tratamento é bem fácil de compreender e, dependendo do seu caso, é bem provável que você se interesse pelo uso dessa inovação.

Se quiser saber do que se trata, como essas lentes podem beneficiar você e quais são os cuidados na hora de solicitá-las, então, continue lendo e descubra tudo que precisa saber sobre o tema.

O que são as lentes de contato para os dentes?

Como já mencionamos, lentes de contato para os olhos corrigem o foco e melhoram a visão. Pegando esse mesmo princípio, as lentes de contato para os dentes são usadas para corrigir a angulação dos dentes. Assim, melhoram seu alinhamento, tornando-os esteticamente mais agradáveis.

Cada lente é, na verdade, um molde de cerâmica ultrafino feito sob medida para os dentes do paciente. Elas são criadas levando em conta a condição ideal da saúde bucal do paciente. São fixadas sobre sua dentição correspondente que precisa de correção. É aplicado também um ácido para facilitar o tratamento, com o objetivo final de mudar a conformidade da arcada dentária para que fique mais alinhada e bonita.

Leia também:

Quais benefícios elas oferecem?

As lentes de contato para os dentes têm ganhado muitos adeptos entre os procedimentos estéticos bucais. Como já dissemos, elas ajustam cada dente individualmente, tornando o processo muito mais preciso e eficaz. É excelente para quem tem pequenos desvios na arcada dentária, mas não deseja ou não precisa usar um aparelho completo.

Outra vantagem é que o processo é completamente indolor. Na realidade, é esperado que o paciente não sinta as lentes com muita frequência. Como tudo é feito sob medida para o tratamento em questão, dificilmente será notada qualquer diferença significativa na sensação.

Quais são as contraindicações?

Como qualquer tratamento, as lentes também não podem ser usadas sem discriminação. Isso porque alguns pacientes podem sofrer de outros casos que devem ser resolvidos antes que elas sejam colocadas. Pessoas com dentes trincados, cáries ou tártaro, por exemplo, não devem usá-las.

Pacientes com o hábito de roer unhas e/ou que têm bruxismo também podem ter problemas. As lentes são bem finas e, por isso, o ranger constante de dentes pode causar pequenos danos e prejudicar o tratamento. Tudo isso, além de lançar o material no seu organismo em maior quantidade.Agora que você tem todas essas informações sobre as lentes de contato para os dentes, pode decidir se esse é ou não o tratamento que você precisa.

Imagem Consorcio Embracon CTA
Gostou do nosso post? E que tal saber mais sobre as nossas novidades em tempo real? Siga-nos nas redes sociais e veja tudo na sua timeline. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, além de um canal incrível no YouTube.
chat Eva